Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
MEDICINA (RADIOLOGIA CLÍNICA) (33009015029P2)
ABLAÇÃO POR RADIOFREQUÊNCIA PERCUTÂNEA NO TRATAMENTO DE ADENOMAS FUNCIONANTES DE ADRENAL: RESULTADOS CLÍNICOS E LABORATORIAIS
DENIS SZEJNFELD
TESE
20/08/2015

Objetivo: Avaliar os aspectos clínicos e laboratoriais dos pacientes com adenomas de adrenal funcionantes submetidos à ablação por radiofrequência. Métodos: Onze pacientes com adenomas de adrenal funcionantes, nove com síndrome de Conn e 2 com síndrome de Cushing foram submetidos à ablação percutânea guiada por tomografia computadorizada. As pressões sistólica, diastólica e média e o número de classes de anti-hipertensivos utilizados por cada paciente foram analisados em até 30 dias antes do procedimento e em 1, 4 e 12 semanas após a ablação. A dosagem dos hormônios séricos relacionados à síndrome em questão foram medidos em até 30 dias antes do procedimento e em 12 semanas após a ablação Resultados: Dos nove pacientes com síndrome de Conn, oito apresentaram normalização do nível sérico hormonal. O nono paciente tinha nódulo muito próximo à veia cava e possivelmente pela ablação incompleta, permaneceu nível sérico de aldosterona alterado. Os dois pacientes com síndrome de Cushing apresentaram níveis normais de cortisol sérico e salivar após o procedimento. A média da concentração de aldosterona inicial medida foi de 63,3 (±28,0) ng/dL e decresceu para 13,3 (± 13,5) ng/dL após 12 semanas do pós-procedimento (p=0,008). As pressões sistólica, diastólica e média decresceram significativamente na primeira semana após o o procedimento (p<0,001) e não houve variação significativa no seguimento. Conclusões: A ablação por radiofrequência de nódulos adrenais funcionantes em pacientes com síndrome de Conn e Cushing pode resultar em normalização hormonal, melhora na pressão arterial e redução da necessidade de anti-hipertensivos.

1. Ablação. 2. Radiofrequência. 3. Adenoma adrenal. 4. Tomografia computadorizada.
Abstract PURPOSE: To evaluate clinical and laboratory findings in patients undergoing radiofrequency (RF) ablation for functioning adrenal adenomas. MATERIALS AND METHODS: Eleven adult patients, nine with Conn syndrome and two with Cushing syndrome, underwent percutaneous computed tomography-guided RF ablation for benign adrenal neoplasms. Systolic, diastolic, and mean blood pressure and the number of classes of antihypertensive drugs used by each patient were analyzed before and 1, 4, and 12 weeks after the procedure. Serum hormone levels were analyzed within 30 days before and 12 weeks after the procedure. RESULTS: Of the nine patients with Conn syndrome, eight showed normal serum aldosterone levels after the procedure and one patient had a nodule located very close to the inferior vena cava, resulting in incomplete ablation. The two patients with Cushing syndrome had normal serum and salivary cortisol levels after the procedure. Mean aldosterone concentration at baseline was 63.3 ng/dL ± 28.0 and decreased to 13.3 ng/dL ± 13.5 at 12 weeks postoperatively (P = .008). Systolic, diastolic, and mean blood pressures decreased significantly in the first week after the procedure (P?< .001) and remained stable during further follow-up. CONCLUSIONS: In patients with Conn syndrome or Cushing syndrome, percutaneous RF ablation of functioning adrenal adenomas may result in normalization of hormone secretion, improvement in blood pressure, and reduced need for antihypertensive drugs.
-
0
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM
DIAGNÓSTICO POR IMAGEM E TERAPIA EM MEDICINA INTERNA
Diagnóstico por imagem e terapia do sistema geniturinário

Banca Examinadora

SUZAN MENASCE GOLDMAN
Não
Nome Categoria
CLAUDIO ELIAS KATER Participante Externo
FERNANDO KORKES Participante Externo
MARCOS ROBERTO DE MENEZES Participante Externo
JOAO PADUA MANZANO Participante Externo
NELSON MARCIO GOMES CASERTA Participante Externo
PATRICIA PRANDO CARDIA Participante Externo

Vínculo

Colaborador
Empresa Pública ou Estatal
Ensino e Pesquisa
Não