Governo Federal

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
ARTES CÊNICAS (28001010035P0)
Flores D’América: memória e imaginário sertanejo em cena
RAFAEL ALMEIDA PEREIRA DO REGO
DISSERTAÇÃO
06/02/2015

Este trabalho tem por objetivo a análise do “drama seco”, de João Denys Araújo Leite, “Flores D’América” (1998). Observa-se como o dramaturgo faz uso do imaginário sertanejo, com destaque para o singular universo do cangaceirismo na construção de sua dramaturgia, e como aplica as imagens fornecidas pelo imaginário, imbuindo-as de diversas outras significações. Para o entendimento e interpretações da simbologia das imagens existentes no texto dramático enfocado, o presente trabalho discute as possibilidades de significados contidos na denominação criada pelo próprio dramaturgo para as suas obras, “dramas secos”, na tentativa de esclarecer o que seria a dramaturgia seca e suas possíveis origens. Nota-se, ainda, como a região natal do autor influenciou na criação das imagens poético-dramáticas presentes nos textos da “Trilogia do Seridó”, da qual “Flores D’América” é a última peça integrante. Interpretam-se as imagens suscitadas no “drama seco” por meio da sustentação teórica de alguns estudos socioantropológicos. Analisam-se, ainda, as imagens de tempo e espaço construídos pelo dramaturgo, a personagem que dá título ao texto dramático, bem como as imagens de decapitação que alçam significações mais amplas, para além do mero aspecto cultural regional.

dramaturgia, imaginário, seca, cangaço.
This research aims to analyze the "drama seco" (dry drama) by João Denys Araújo Leite, "Flores D'America"(1998) (Flowers of America). It proposes to analyze how the playwright uses the 'sertanejo' cultural imaginary, highlighting the unique universe of 'cangaceiros', to build his drama, and how he applies these images provided by the imaginary, impregnating them with various other meanings. For a better understanding and interpretation of the symbolism of images in this dramatic piece, this inquiry discusses the possibilities of meaning contained in the denomination of this work as “drama seco” (dry drama), created by the writer himself. It attempts to build a vision of what could mean “dry dramaturgy” and its possible origins. It also observes how the author's native region influenced the creation of poetic-dramatic images that appears in the pieces of the “Trilogia do Seridó” (Seridó Trilogy), in which "Flores D'América" (Flowers of America) is the last one. The piece is interpreted through several images and their respective correspondences with socioanthropological studies. It analyzes the symbols of time and space constructed by the author; the character that gives title to the dramatic text; and the decapitation images which brings us a broader meaning than a simply cultural aspect.
dramaturgy, imaginary, drought, cangaço.
1
129
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

Contexto

ARTES CÊNICAS
DRAMATURGIA, HISTÓRIA E RECEPÇÃO
ESPAÇO, HISTÓRIA e IMAGINÁRIO no teatro de Michel Vinaver: um estudo interdisciplinar 1956-2001

Banca Examinadora

CATARINA SANTANNA
Não
Nome Categoria
LUIS AUGUSTO DA VEIGA PESSOA REIS Participante Externo
RAIMUNDO MATOS DE LEAO Docente

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Apoio à Pós-Graduação 15

Vínculo

-
-
-
Não