Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
ENSINO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE (33009015066P5)
CUIDADO, FRÁGIL: aproximações e distanciamentos de trabalhadores de um CAPS na atenção ao suicidio
LUCIANA FRANCA CESCON
DISSERTAÇÃO
30/11/2015

Este trabalho teve como objetivo estudar a atenção ao suicídio em um dos NAPS (Núcleos de Atenção Psicossocial) de Santos/SP, visando propor intervenções que possam qualificar a atenção a estes casos. Trata-se de uma pesquisa-intervenção de abordagem cartográfica, na qual foram utilizados diversos instrumentos para a produção dos dados. Pretendeu-se inicialmente compreender a organização do processo de trabalho para atender a esta demanda e para tal foram realizados levantamentos dos registros de atendimentos da triagem no período maio de 2012 a dezembro de 2013, estudo de prontuários de pessoas com relato de tentativa de suicídio e/ou ideação suicida, análise do fluxo de atendimento do usuário no serviço e um levantamento de materiais sobre suicídio. Foram realizadas também entrevistas semiestruturadas com trabalhadores de saúde envolvidos nesse atendimento para compreender suas concepções a respeito do tema. Esses materiais, bem como a implicação da pesquisadora, que também integrava a equipe desta unidade, foram analisados em espaços de orientação individual e coletiva. Constatou-se que as ofertas de atenção estavam centradas na medicalização do sofrimento mental e a organização do serviço era predominantemente centrada na oferta de consultas médicas. As primeiras análises dispararam questionamentos que permitiram a construção de um material que também se constitui como produto de pesquisa, denominado como caixa de afecções (com livros, artigos, filmes, músicas e poesias) que traz diferentes percepções sobre suicídio e foi utilizado nas rodas de conversa, podendo ser consultado e/ou utilizado por profissionais, estudantes e outros que se interessem pelo tema – disponibilizado no anexo e também em blog. Na fase seguinte da pesquisa, foram realizadas quatro rodas de conversas com a equipe, nas quais os materiais e as questões sistematizadas foram apresentados e dispararam novas conversas que permitiram problematizar as concepções predominantes sobre o tema e repensar o processo de trabalho da equipe na unidade, não apenas em relação à atenção ao suicídio, mas também para as outras demandas de sofrimento mental. Também emerge como aspecto importante o sofrimento dos trabalhadores desse equipamento e a medicalização do sofrimento. Posteriormente, foram entrevistados também os psiquiatras da unidade, dada a importância da consulta médica e da prescrição de medicamentos na organização do serviço para atender a esta e outras demandas. Esta etapa trouxe novos dados que contribuíram para a ampliação dessa discussão. As intervenções produzidas por esta investigação ocorreram desde os momentos iniciais da pesquisa e se expressam no protagonismo dos trabalhadores, que se mobilizaram para a criação de espaços de encontro e de educação permanente, com o objetivo de analisar seu processo de trabalho e o cuidado produzido. Desta forma, espera-se contribuir para a reflexão e propostas de cuidado para este importante problema da saúde pública.

1)Suicídio;2)Educação Permanente;3)Saúde Mental;4)Processos de trabalho em saúde
This work aimed to study suicide care in a Psychosocial Care Center from Santos/SP, proposing interventions that may qualify attention to these cases. It is an intervention research with cartographic approach, in which several instruments have been used to produce data. It is intended to initially understand the organizational work process to meet this request and, for that, screening appointment records from May 2012 to December 2013 were collected, study of medical records from people with suicidal ideation and/or suicide attempt, examination of user’s appointment flow and a survey of materials about suicide. They were also carried out semi-structured interviews with health workers involved in these cases to understand their views on the subject. These materials, as well as the implication of the researcher who was part of this unit staff, were analyzed in individual and collective orientation spaces. It was found that care offers were focused on mental distress medicalization and the service organization was predominantly focused on providing medical appointments. First analyzes create questions that allowed the construction of a material that also represents a research product, called as affection box (with books, articles, movies, music and poetry) that brings different perceptions about suicide and was used on the conversation circles. It can be consulted and/or used by professionals, students and others who are interested in the subject – available in attachment and blog. On the next phase of this research, four conversation circles were made with the team, in which the materials and systematic issues were presented and provoked new conversations that allowed to question the prevailing views on the subject and rethink work process in the unit, not only in terms of suicide care, but also for other mental suffering issues. Another important aspect is workers suffering and the medicalization of this suffering. Later, unit's psychiatrists were also interviewed, considering the importance of medical appointment and drug prescription in this service organization to meet these and other requests. This step brought new data what contributed to the expansion of this discussion. Interventions produced by this investigation appeared since the early stages and they are expressed in the leadership of these workers, who have reunited to create spaces for meeting and continuing education in order to analyze their work processes and the produced care. In this way, it aims to contribute to reflection and attention proposals for this important public health problem.
1) Suicide 2) Continuing Education 3) Mental Health 4) Work Processes in Health
1
186
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

ENSINO EM CIENCIAS DA SAÚDE
EDUCAÇÃO EM SAÚDE NA COMUNIDADE
-

Banca Examinadora

ANGELA APARECIDA CAPOZZOLO
DOCENTE - PERMANENTE
Não
Nome Categoria
DAMIAN JOSE KRAUS Participante Externo
SIDNEI JOSE CASETTO Docente - PERMANENTE

Vínculo

-
-
-
Não

Produções Intelectuais Associadas

Não existem produções associadas ao trabalho de conclusão.