Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
LETRAS (23002018004P7)
O uso do tempo presente no português brasileiro: análise funcionalista
TELMA PATRICIA NUNES CHAGAS ALMEIDA
DISSERTAÇÃO
27/03/2015

O propósito desta pesquisa foi analisar o uso do tempo presente nas amostras textuais dos informantes do Ensino Superior e da Alfabetização do Corpus Discurso & Gramática (D&G) do Natal, com intuito de verificar o nível textual-discursivo (figura e fundo) e seu estatuto discursivo/pragmático. Para tanto, a análise foi realizada tendo como base teórica, a Línguística Funcional Centrada no Uso, abordagem que defende o estudo da linguagem com base no ato comunicativo, isto é, a língua em uso. Dentre os estudos funcionalistas mais conhecidos, temos os trabalhos de Dubois (1985); Hopper (1987); Nichols (1984); Martelotta, Votre e Cezário (1996); Martelotta (2013); Oliveira (1998); Furtado da Cunha (2000); Furtado da Cunha, Rios de Oliveira e Martelotta (2003); Neves (1999); Martelotta e Cezário (2006); Furtado da Cunha e Oliveira (2003); Neves (1997); entre outros. Já, com relação aos estudosacerca dos gêneros e do tempo presente utilizamos os pressupostos teóricos de Bakhtin (1999); Marcuschi (1995); Koch (2002); Bechara (2006); Rocha Lima (1985); Castilho (2012), dentre outros. Se trata de uma pesquisa de caráter qualiquantitativo, uma vez que as análises de seus dados voltaram-se para a discussão dos fatos pesquisados dentro de variáveis qualitativas e bibliográficas, bem como, quantificáveis relacionados aos elementos sequênciais cronológicas que dão sentido às narrativas (figura-fundo) e à frequência de uso do tempo presente no modo indicativo e subjuntivo. Do mesmo modo, na pesquisa utilizou o método comparativo ao confrontar as amostras textuais dos informantes do Ensino Superior e da Alfabetização do D&G Natal conforme o nível de escolaridade, idade e gênero, sendo um dos critérios verificados no evento comunicativo. Assim como, o estatuto pragmático/semântico quanto a organização dos enunciados a partir das ideias centrais (figura) e secundárias (fundo) conforme o nível de aprendizagem dos sujeitos pertencentes ao corpus do D&G do Natal. Os resultados mostram que os informantes da Alfabetização embora estejam no processo de aquisição do conhecimento linguístico conseguem moldurar e organizar seu discurso dando um sequenciamento cronológico nos eventos comunicativos. Do mesmo modo, ocorre nas disposição dos dados analisados pertencentes aos informantes do Ensino Superior. E, por último, com relação à frequência de uso do tempo presente; é possível destacar que com relação aos dados da Alfabetização só constatou-se o uso voltado para o presente do indicativo, enquanto os dados do Ensino Superior nos revelaram a frequência de uso do tempo presente tanto no indicativo como no subjuntivo.

Linguística Funcional Centrada no Uso. Figura e fundo. Frequência de uso do Tempo Presente.
The purpose of this research was to analyze the use of the present tense in the textual samples of informants of Higher Education and Literacy Corpus Discurso & Grámatica (D & G) of Natal, in order to verify the text and discourse level (figure and background) and its status discursive / pragmatic. Therefore, the analysis was performed and the theoretical background, the Functional Linguistics Centered in use, approach which advocates the study of language based on the communicative act, that is, the language in use. Among the best known functionalist studies, we have the work of Dubois (1985); Hopper (1987); Nichols (1984); Martelotta, Your e Cezário (1996); Martelotta (2013); Oliveira (1998); Furtado da Cunha (2000); Furtado da Cunha, Rios de Oliveira and Martelotta (2003); Neves (1999); Martelotta and Cezário (2006); Furtado da Cunha and Oliveira (2003); Neves (1997); among others. Also, related to the studies on the genres and present tense use the theoretical assumptions of Bakhtin (1999); Marcuschi (1995); Koch (2002); Bechara (2006); Rocha Lima (1985); Castilho (2012), among others. It is a qualitative and quantitative research study, since the analysis of your data is bases on the facts researched in qualitative and bibliographic variables, as well as quantifiable related to chronological sequential elements that give meaning to narratives (figurative background) and the frequency of use of the present tense in the indicative and subjunctive moods. Also, the comparative method was used to confront the textual samples of informants of Higher Education and the D & G Natal Literacy according to the level of education, age and gender, being one of the criteria checked during the communication event. As well as the pragmatic / semantic status as the organization of the statements from the central ideas (figure) and secondary (background) as the level of learning of the subjects belonging to the corpus of the D & G Natal. The results show us that the informants Literacy although they are in the acquisition of linguistic knowledge process can create and organize your speech giving a chronological sequencing in communicative events. In the same way, it occurs by the provision of analyzed data belonging to informants of Higher Education. And to conclude, related to the frequency of this tense use; it is possible to point out that in relation to Literacy data only found the use facing the present tense, while the data of higher education revealed to us the frequency of the verbal tense use both as indicative and subjunctive.
Functional Linguistics Centered in Use. Figure and background. Frequency of the use of present tense.
Único
81
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

ESTUDOS DO DISCURSO E DO TEXTO
TEXTO E CONSTRUCAO DE SENTIDOS
A produção e o ensino de texto em perspectiva interacionalista: questões de heterogeneidade, argumentação e funcionalidade da linguagem

Banca Examinadora

ROSANGELA MARIA BESSA VIDAL
Sim
Nome Categoria
MARIA DO SOCORRO MAIA FERNANDES BARBOSA Docente
VALDECY DE OLIVEIRA PONTES Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUNDACAO DE APOIO A PESQUISA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - FAPERN - Programa de Apoio aos Programas de Pós-Graduação das IES do Estado do RN 23

Vínculo

CLT
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim