Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
LETRAS (23002018004P7)
As representações ideológicas em verbetes de dicionários escolares da Língua Portuguesa
JOSE VALTER REBOUCAS
DISSERTAÇÃO
19/03/2015

Esta dissertação, partindo do pensamento de Bakhtin (2009) de que não existe imparcialidade no discurso, dá visibilidade à seleção lexical como uma ação que decorre em função da aquisição e da categorização da palavra, das intenções comunicativas e das condições de produção e recepção dos textos. Tem como objetivo analisar os posicionamentos ideológicos das vozes enunciativas da tessitura lexicográfica no que se refere às formas de estruturação social e econômica a partir das definições de verbetes em diferentes contextos históricos. Com o intuito de alcançar esse fim, pretende-se identificar que mudanças ocorrem em relação aos significados veiculados às unidades lexicais em quatro exemplares de dicionário escolar, sendo dois contemporâneos: Ferreira (2011) e Bueno (2009) e os outros dois de tempos de outrora, datando de 1969, pertencentes aos referidos autores. Os 10 (dez) verbetes selecionados pertencem ao campo semântico dos modos de produção e consumo da sociedade capitalista. Salienta-se que as representações ideológicas são compreendidas como formas de perceber o mundo e as relações sociais sob a perspectiva da materialidade discursiva, respaldando-se no pensamento de Fairclough (2001), que concebe o discurso como um modo particular de representar e também de construir aspectos da vida social. Além disso, tendo em vista o poder ideológico do gênero verbete, fundamenta-se na abordagem sociológica da concepção de Bakhtin (2004/2009). Esta pesquisa norteia-se pelos estudos da Análise de Discurso Crítica (ADC), defendida por Fairclough (2001), por van Dijk (2003a/2008) dentre outros, inscrevendo-se à luz da Lexicografia Discursiva (LD). Consideram-se, para tanto, as contribuições de Orlandi (1997/1999a) e Nunes (1996/2006). Ademais, procura estabelecer uma interface com a Lexicografia Pedagógica (LP), orientando-se pelas produções de Pontes (2009/2010); Krieger 2003/2006) e Welker (2008). Metodologicamente, optou-se pela técnica de análise do significado de verbetes. Trata-se de um estudo comparativo descritivo-bibliográfico sob o viés de uma abordagem qualitativa. No que se refere à análise, considera-se o modelo tridimensional de Fairclough (2001), que compreende o discurso como texto, prática discursiva e prática social e os modos de operacionalização da ideologia (legitimação, dissimulação, unificação, fragmentação, reificação), propostos por Thompson (2009). Esta pesquisa, enfim, revelou que o dicionário, indo de encontro a algumas crenças, não constitui uma obra objetiva e neutra. Por conseguinte, é possível entrever, pelas definições em verbetes, as subjetividades dos lexicógrafos/dicionaristas a partir das escolhas lexicais, bem como pela manutenção e legitimação dos sentidos das palavras. Nessa instância, investe-se na tentativa de manter a hegemonia da ordem vigente a partir da massificação do pensamento das camadas menos favorecidas. Com isso, pretendeu-se contribuir com a compreensão do fazer e do dizer dicionarísticos.

Representações ideológicas. Lexicografia Discursiva. Dicionário.
This dissertation, based on Bakhtin‘s theory (2009) assumes that there is no neutrality in the discourse, emphasizes the lexical selection as an action that takes place due to the acquisition and word categorization, the communicative purposes, the conditions of production and reception of texts. It aims to analyze the ideological positions of the enunciative voices of the fabric lexicographical with regard to the forms of social and economic structure from the entries of definitions in different historical contexts. In order to achieve this, we intend to identify what changes are related to the meanings conveyed to the lexical units in four copies of school dictionary, two contemporaries: Ferreira (2011) and Bueno (2009) and two of times gone by, dating from 1969 belonging to these same authors. The ten (10) selected entries belong to the semantic field of sustainable production and consumption of capitalist society. We point out that the ideological representations are understood as ways of perceiving the world and social relations from the discursive materiality perspective, basing themselves on Fairclough (2001), which sees the speech as a particular way of representing and also building aspects of social life. In addition, given the ideological power of the genre entry, it is based on the sociological approach of Bakhtin‘s conception (2004-2009). This research is guided by studies of Critical Discourse Analysis (CDA), defended by Fairclough (2001), by van Dijk (2003a / 2008) and others scholars of Lexicography Discourse (LD). It is considered, therefore, the contributions of Orlandi (1997 / 1999a) and Nunes (1996/2006). Moreover, seeks to establish an interface with the Pedagogical Lexicography (LP), guided by Bridges Productions (2009/2010); Krieger 2003/2006) and Welker (2008). Methodologically, we opted for the analysis technique of the meaning of entries. This is a descriptive and comparative study under the bias of a qualitative approach. With regard to the analysis, we consider the three-dimensional model of Fairclough (2001), considering speech as text, discourse and social practice and the operation modes of ideology (legitimation, dissimulation, unification, fragmentation, reification) proposed by Thompson (2009). This research, finally, revealed that the dictionary, going against some beliefs, is not an objective and neutral work. Therefore, it is possible to infer, through the definitions in entries, the subjectivities of lexicographers from the lexical choices, as well as the maintenance and legitimation of meanings of words. In this instance, it invests in the attempt to maintain the hegemony of the ruling order from the mass of thought of disadvantaged layers. Thus, it aims to contribute to the understanding of doing and saying lexicographic.
Ideological representations. Discursive Lexicography. Dictionary
Único
131
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

ESTUDOS DO DISCURSO E DO TEXTO
TEXTO E CONSTRUCAO DE SENTIDOS
Verbete lexicográfico, Multimodalidade e Estilo: uma abordagem semiótica

Banca Examinadora

ANTONIO LUCIANO PONTES
Sim
Nome Categoria
LUCINEUDO MACHADO IRINEU Participante Externo
MARCIO SALES SANTIAGO Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim