Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
LETRAS (23002018004P7)
O conto e o reconto de histórias como forma de desenvolvimento do sujeito com deficiência intelectual
JESIANE MARIA DE SENA ARAUJO
DISSERTAÇÃO
11/08/2015

Este trabalho evidencia o modo pelo qual a leitura literária, por meio do conto e reconto de histórias, influencia na vida dos sujeitos com deficiência intelectual no que diz respeito ao seu desenvolvimento, nos aspectos de constituição enquanto leitor literário, autoestima, inclusão social e reconstituição de si mesmo. Na realização e análise dessa pesquisa foram vivenciados momentos de conto e reconto de histórias com 13 alunos da APAE de Pau dos Ferros/RN, todos com deficiência intelectual. A escolha dos sujeitos foi feita através da livre participação deles por meio de nossa visita à referida instituição. A abordagem teórica se dá à luz da psicanálise, mais especificamente, as vertentes lacaniana (1998; 2008) e freudiana (2006), que por sua vez consideram o sujeito e o seu inconsciente, bem como as relações com as pessoas que fazem parte do seu convívio. No que diz respeito ao conto e reconto de histórias, a análise se apoia nos estudos de Bettelheim (1980), Corso e Corso (2006), Winnicott (2005; 1982), Amarilha (2003; 2006; 2009), Coelho (2000; 2008), Sampaio (2005), dentre outros. As contribuições referentes à leitura de imagens ancoram-se em Bakhtin (2003; 2010; 1993), Abramovich (1997), Santaella (2012) e Bitar (2002). Trata-se de uma pesquisa de caráter qualitativo – Bogdan e Biklen (1998), e bibliográfica com apoio da descrição e análise, uma vez que o interesse maior está no processo como ocorrem as interações entre os sujeitos e si mesmo, os sujeitos e o Outro, e seu relacionamento com a literatura mediante observação direta, tendo-se a participação da pesquisadora nesse processo. Os resultados evidenciam que as limitações encontradas nos sujeitos com deficiência intelectual, em relação à leitura, autoestima e interação social, são desenvolvidas a partir de um olhar diferenciado para tais questões, pois nos momentos em que lhes são oportunizados espaços para que a leitura de imagem substitua a ânsia pela leitura decodificada das palavras, um novo sujeito aparece através da fala livre que cada um deles desenvolve por meio do que as imagens os suscitam. Desse modo, percebe-se um avanço no contato com as pessoas que fazem parte do seu convívio, como também as que não tinham um conhecimento prévio, como também, a melhoria em sua autoestima, uma vez que ao se reconhecerem leitores e contadores de histórias, passaram também a valorizar mais a leitura, a utilizar o livro de modo adequado e refletir sobre questões adversas que tratam as narrativas. Assim, observa-se que as reais barreiras propostas por uma educação de ensino rígido e etiquetada por padrões de aprendizagem, quando substituídas, através da literatura de imagens e suas possibilidades de contar e recontar histórias por parte dos sujeitos com deficiência intelectual e por momentos de encontro com eles mesmos e deles com o outro, surge a capacidade de desenvolver seus potenciais criativos e proporcionar lhes espaços de inclusões sociais através de suas produções.

Conto. Reconto. Histórias. Leitura literária.
This paper highlights the way in which the literature, through the story and retelling of stories, can influence the lives of individuals with intellectual disabilities, with regard to the development on the aspects of constitution as a literary reader, self esteem, social inclusion and reconstitution of yourself, taking into account the subjective aspects of each one. In order to conduct this research and analysis, moments of story and retelling stories were experienced with 15 students of APAE of Pau dos Ferros/RN, which intellectual disabilities. The choice of the participants was made through the free willing from our visit to referred institution. The theoretical approach was made using the psychoanalysis, more specifically on Lacanian (1998/2008) and Freudian (2006) movements, which in turn realizes the subject, according to the unconscious, taking account the relationships with the people who makes part of their lives. Considering the story and retelling of stories, the analysis are based on studies of Bettelheim (1980), Corso and Corso (2006), Winnicott (2005; 1982), Amarilha (2003; 2006; 2009), Coelho (2000; 2008), Sampaio (2005) and others. The contributions related to the image reading aspects, are supported by the linguist Bakhtin (2003; 2010; 1993), Abramovich (1997), Santaella (2012) and Bitar (2002). This is a qualitative research Bogdan and Biklen (1998) and bibliographic based on Lacan (1998; 2008), which has the focus the descriptive and qualitative research, since the greatest interest is in the process in how occurs the interactions between the subject and himself, the subject and the Other, and its relationship with literature, with the participation of the researcher in this process. The results evidence that the limitations now found in subjects with intellectual disabilities, regarding reading, self esteem and social interaction, are developed from a different perspective to such issues because at the moment that they are provided with spaces to replace the craving for reading the decoded words by image reading, a new subject appears through free speech that each of them develops through what the images contribute to them. Thereby we see a breakthrough in the contact with people who are part of their lives, but also those without prior knowledge noticed an improvement in their self-esteem, since they recognized themselves as readers and storytellers, starting, also, to appreciate reading even more, to use books properly and to reflect about adverse issues of the narratives. Thus, we can realize that the real obstacles proposed by a hard teaching education according to learning standards, when replaced through literature of images and their possibilities of telling and retelling stories by the people with intellectual disability, and by moments of meeting of themselves and by them and the Other, creates the capacity of developing their creative potential, providing to them opportunities for social inclusion through their own productions.
Tale and retelling of stories. Constitution of the subject.
Único
150
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

ESTUDOS DO DISCURSO E DO TEXTO
TEXTO E CONSTRUCAO DE SENTIDOS
Práticas exitosas de leitura e a formação do leitor literário

Banca Examinadora

MARIA LUCIA PESSOA SAMPAIO
Sim
Nome Categoria
FRANCILEIDE BATISTA DE ALMEIDA VIEIRA Participante Externo
ANA SANTANA SOUZA Participante Externo

Vínculo

CLT
Empresa Privada
Ensino e Pesquisa
Não