Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
ENSINO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE (33009015066P5)
COMPETÊNCIA INFORMACIONAL (COINFO): mapeamento do uso de fontes de informação por docentes e discentes da área da saúde
DAIANNY SEONI DE OLIVEIRA
DISSERTAÇÃO
30/11/2015

Com as constantes mudanças decorrentes do uso da tecnologia e da comunicação, o acesso à informação requer em certos contextos a adoção de estratégias, com o objetivo de localizá-la de forma eficiente. A Competência em Informação (CoInfo) surge da preocupação com a formação em pesquisa e do uso das tecnologias por parte de futuros profissionais. Na área da saúde, o uso da informação científica fundamenta a tomada de decisão, pois os resultados de pesquisa potencialmente podem vir a ser transformados em ação. Assim essa pesquisa propõe, como objetivo geral, mapear a competência em informação dos graduandos da área da saúde na utilização de fontes de informação para fins de pesquisa científica, com base nos padrões de competência em informação para o ensino superior da Association of College and Research Libraries - ACRL. Como objetivos específicos, pretendeu-se: identificar o processo de busca e uso da informação dos graduandos (de todos os períodos) dos cursos do Instituto de Saúde e Sociedade da UNIFESP/BS; comparar o desempenho com os padrões 1 (um) ao 5 (cinco) da ACRL; identificar o conhecimento do docente dos cursos do Instituto de Saúde e Sociedade da UNIFESP/BS em relação ao tema; e verificar se o objetivo do Projeto Político Pedagógico (PPP) do Instituto de Saúde e Sociedade da UNIFESP/BS, que se propõe a formar um profissional com ampla formação científica, vem sendo cumprido no contexto do desenvolvimento da competência em informação dos estudantes. A pesquisa trata-se de um estudo transversal do tipo descritivo, de abordagem quantitativa e qualitativa. Foi aprovada pelo CEP/UNIFESP (655903/2014). A coleta de dados foi por meio de questionário semiestruturado do tipo Survey, elaborado com base nos padrões de competência em informação para o ensino superior da Association of College and Research Libraries – ACRL. A amostra foi composta por 318 graduandos e 38 docentes do Instituto de Saúde e Sociedade da Unifesp/BS dos cursos de graduação em Educação Física – modalidade saúde, Fisioterapia, Nutrição, Terapia Ocupacional, Psicologia e Serviço Social. Foi constatado em relação aos docentes, que: a maioria indica fontes de informação e usam tecnologias para o ensino, mas, não consideram suficiente a formação em pesquisa e o uso dessas tecnologias por parte dos graduandos. O conceito de CoInfo ainda é pouco conhecido. Em relação aos discentes, identificou-se: dificuldades em estabelecer a necessidade de informação, pouco conhecimento em relação ao acesso as bases de dados disponíveis, dificuldades em avaliar a qualidade das fontes de informação utilizadas, necessidade de se discutir o uso ético da informação e desconhecimento do conceito de CoInfo. Ao identificar o perfil informacional dos graduandos, foram propostas diretrizes para a elaboração do programa de CoInfo nas bibliotecas da UNIFESP/BS. Os benefícios de se estudar a competência em informação são muitos, estudos internacionais vêm comprovando que o uso de programas nas universidades, com a participação de bibliotecários e docentes, tem sido fundamental na capacitação dos discentes no uso efetivo da informação.

Competência em Informação;Estudantes de Ciências da Saúde;Educação Superior;Comportamento de Busca de Informação;Conhecimentos em Informática.
Constant changes resulting from the use of technology and communication, the access to information requires the use of strategies in certain contexts in order to locate it efficiently. The information literacy comes from a concern for research and training in the use of technologies by future professionals. In health, the use of scientific information based decision making, because the search results can potentially turn out to be transformed into action. The research proposes, as a general goal, to map information literacy of students from the health area in the use of sources of information for purposes of scientific research, based on information literacy standards for higher education of the Association of College and Research Libraries - ACRL .The specific goals, intended to: identify the process of search and use of information of the students (of all periods) of the courses of Health Institute and Society at UNIFESP/BS; compare performance to the standards one (1) to five (5) of the ACRL; identify the teacher's knowledge of the Health of Institute courses and Society at UNIFESP/BS courses by topic information literacy; and verify that the goal of the Pedagogical Political Project (PPP) of the Health Institute and Society at UNIFESP/BS, which aims to train professionals with extensive scientific training, has been fulfilled in the development of information literacy of students. Research it is a cross-sectional descriptive study, quantitative and qualitative approach. It was approved by the CEP/UNIFESP (655903/2014). Data collection was through semi-structured questionnaire Survey type, prepared based on information literacy standards for higher education of the Association of College and Research Libraries - ACRL. The sample consisted of 318 undergraduate students and 38 teachers of the Health Institute and Society at UNIFESP/BS undergraduate courses in Physical Education - Health mode, Physiotherapy, Nutrition, Occupational Therapy, Psychology and Social Work. It was found in relation to teachers, that: a majority indicate sources of information and use technologies for teaching but do not consider sufficient training in research and the use of these technologies by the graduates. The concept of information literacy is still little known. Regarding the students, it identified difficulties in establishing the need for information, little knowledge with respect to access the databases, difficulties in assessing the quality of information sources used need to discuss the ethical use of information and lack of knowledge the concept of information literacy. By identifying the informational profile of graduates, have been proposed guidelines for the preparation of the information literacy program in the libraries of UNIFESP/BS. The benefits of studying the information literacy are many, international studies is proving that the use of information literacy programs in universities, with the participation of librarians and teachers, have been instrumental in the training of students in the effective use of information.
Information Literacy;Students, Health Occupations;Education;Higher;Information Seeking Behavior;Computer Literacy.
1
181
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

ENSINO EM CIENCIAS DA SAÚDE
AVALIAÇÃO, CURRÍCULO, DOCÊNCIA E FORMAÇÃO EM SAÚDE
EDUCAÇÃO FÍSICA, SAÚDE E FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Banca Examinadora

NARA REJANE CRUZ DE OLIVEIRA
DOCENTE - PERMANENTE
Não
Nome Categoria
SYLVIA HELENA SOUZA DA SILVA BATISTA Docente - PERMANENTE

Vínculo

-
-
-
Não

Produções Intelectuais Associadas

Não existem produções associadas ao trabalho de conclusão.