Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
SAÚDE COLETIVA (33009015067P1)
Laboratório de Humanidades como Paidéia Crítica: percurso estético em confronto a noção de Perfectibilidade como dinâmica humanizadora em Saúde
JACQUELINE IZUMI SAKAMOTO
TESE
12/03/2015

Este trabalho integra o Projeto de Pesquisa Regular FAPESP As Patologias da Modernidade e os Remédios das Humanidades: investigação e experimentação, desenvolvido sob responsabilidade do Prof. Dr. Dante Marcello Claramonte Gallian (processo 10/ 50448-0) e pretende com ele problematizar, na confluência entre investigação e experimentação, em que medida a desumanização pode ser vista como “sintoma patológico” da Modernidade quando segue como fundamento uma Antropologia da Perfectibilidade humana. E até que ponto a experiência das Humanidades podem ser apresentadas como “remédio” ou caminho de humanização (Paidéia crítica) no âmbito da saúde. A abertura à dimensão humanística do conhecimento conta com repertórios da Literatura, Filosofia, Religião, História e Artes como meio privilegiado das discussões acerca da humanização. E tem como Objetivo Geral investigar o papel das Humanidades como caminho de humanização efetiva no âmbito da saúde partindo de uma experiência educacional concreta: o Laboratório de Humanidades, em especial, em seu percurso estético compreendido com base no referencial teórico de Mikhail Bakhtin, na dinâmica entre fruição de obras literárias e repertório filosófico conjugados. Para tanto realizaremos esta pesquisa numa abordagem metodológica Qualitativa, de cunho Etnográfico e na perspectiva da Observação Participante, por ser aquela que nos permite acesso à experiência, interações e documentos no contexto de um campo diferenciado.

Laboratório de Humanidades; Humanidades e Saúde, Humanização em Saúde, Humanização como Paidéia Crítica, Percurso Estético Humanizador, Antropologia da Perfectibilidade.
This study is part of the FAPESP Regular Research Project The pathologies of modernity and the remedies from humanities: investigation and experimentation, developed under the responsibility of Prof. Dr. Dante Marcello Claramonte Gallian (process 10/50448-0), and it intends to discuss, at the confluence of research and experimentation, to what extent dehumanization can be seen as a “pathological symptom” of Modernity, when following an Anthropology of Human Perfectibility as its basis; this work also intends to discuss to what extent the experience of Humanities can be presented as a “remedy” or a humanization journey (critical Paideia) within the health scope. The opening to the humanistic dimension of knowledge relies on repertoires of Literature, Philosophy, Religion, History and the Arts as a privileged means of discussion about humanization. The study has also the General Purpose of investigating the role of Humanities as a way of effective humanization within the health scope, starting from a practical educational experience: the Laboratory of Humanities, particularly, in its aesthetic journey, based on the theoretical framework of Mikhail Bakhtin, in the dynamics between the enjoyment of literary works and the conjugated philosophical repertoire. To this end, we have carried out this research in a Qualitative methodological approach, of ethnographical nature, on the perspective of Participant Observation, for being the one which allows us to access experience, interactions and documents in the context of a distinct area.
Humanities Laboratory, Humanities and Health, Humanization in Health, Humanization as Critical Paideia, Humanizing Aesthetic Journey, Perfectibility Anthropology.
1
103
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS EM SAÚDE
CORPO, SAÚDE E DOENÇA.
-

Banca Examinadora

DANTE MARCELLO CLARAMONTE GALLIAN
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
LUIZ FELIPE DE CERQUEIRA E SILVA PONDE Participante Externo
FRANCISCO DE ASSIS MORENO DE CARVALHO Participante Externo
ELENA VASSINA Participante Externo
RAFAEL RUIZ GONZALEZ Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Sim