Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
LETRAS (40002012012P8)
Desalienação e a configuração do Bildungsroman em “Sozaboy: a novel in rotten english”, de Ken Saro-Wiwa.
CELINA DE OLIVEIRA BARBOSA GOMES
DISSERTAÇÃO
07/05/2015

Estudar a África sob uma perspectiva que diverge dos discursos imperialistas e colonialistas é contemplar sua pluralidade e caracterizações de forma a construir uma leitura mais coerente dos modos de vida e de sobrevivência dos habitantes daquele continente; é possibilitar uma compreensão alternativa sobre contextos pré-coloniais, coloniais e pós-coloniais e sobre as consequências das empreitadas Europeias naqueles cenários. Pensando no escopo da Nigéria, país considerado nesta investigação, tal perspectiva pode elucidar como a ação das forças inglesas no período colonial e pós-colonial enfraqueceram conceitos de identidade, autonomia e sociedade, bem como a importância de heranças étnicas e culturais. Por outro lado, está, também, atenta para questões como as disputas internas entre as maiorias étnicas, a saber, os grupos Ioruba, Igbo, Haussá e Fula, e as minorias, como é o caso da etnia Ogoni, localizadas no Delta do Níger, região de farta concentração de petróleo e palco, por conseguinte, de intensos conflitos territoriais. Esta dissertação evidencia, a partir da análise do romance Sozaboy: a novel in rotten English, do escritor nigeriano Ken Saro Wiwa, e de extensa pesquisa bibliográfica, o caos provocado pela guerra em uma dessas problemáticas regiões nigerianas e o processo de desalienação pelo qual passam seus habitantes, metaforizados na comunidade de Dukana e, mais especificamente, no personagem Mene, o Sozaboy. Tem-se neste cenário, uma desalienação que, em realidade, é sintomática do próprio autor, haja vista as profundas correspondências entre ele e o protagonista do texto. O trabalho demonstra de que forma problemas como a corrupção, a falência da liderança estatal, a ganância pelo poder e o desprezo pela identidade autóctone colaboraram para a dizimação ambiental, humana e social de Dukana; ao mesmo tempo em que propiciaram o amadurecimento do jovem Mene, num processo que considero próprio do Bildungsroman. Assim, o trabalho conta com uma metodologia que relaciona literatura e história da África, especialmente da Nigéria, e emprega a categoria genérica do Bildunsroman a fim de acentuar tanto o processo de desalienação e maturação do personagem principal como a estrutura antiguerra do texto.

Desalienação. Bildungsroman. Nigéria. Ogoni. Guerra.
Studying Africa from a perspective that diverges from imperialist and colonialist discourses amounts to contemplating its plurality and characterizations so as to build a more coherent reading of its inhabitants’ modes of living; it also amounts to engage in an alternative understanding of its precolonial, colonial and postcolonial contexts and of the consequences of the European enterperises on the continent. As related to Nigeria, the country considered in this investigation, such perspective can elucidate how the action of English forces during the colonial and postcolonial period weakend concepts of identity, autonomy and society, as well as of the importance of ethnic and cultural heritages. On the other hand, it is also alert to questions such as the internal disputes between ethnic majorities, namely, the Igbo, Hausa, Yoruba, and Fula, and minorities, as is the case of the Ogoni people, who live in the Niger Delta, an oil-prolific and conflict-stricken region. Through the analisis of Nigerian Ken Saro-Wiwa’s Sozaboy: a novel in rotten English and by recourse to extensive bibliographical research, this dissertation evinces the chaos caused by war in one of those problematic Nigerian regions as well as the process of disalienation undergone by its inhabitants, metaphorically represented by Dukana and the novel’s protagonist, Mene, or Sozaboy. The work demonstrates the ways in which problems such as corruption, failure of State leadership, greed for power and contempt for one’s own indigenous identity collaborate to the environmental, human and social decimation of Dukana; at the same time that they propiciate the maturation of Mene in a process that I consider akin to Bildungsroman as a genre. The work thus rely on a methodology that relates African literature and history, especially Nigerian history, and employs the generic category of the Bildungsroman in order to emphasize both the main character’s process of disalienation and the novel’s anti-war structure.
Disalienation. Bildungsroman. Nigeria. Ogoni. War.
1
107
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

LITERATURA COMPARADA
REPRESENTAÇÕES E TEXTUALIDADES
-

Banca Examinadora

ANGELA LAMAS RODRIGUES
DOCENTE - PERMANENTE
Não
Nome Categoria
LUIZ CARLOS MIGLIOZZI FERREIRA DE MELLO Docente - PERMANENTE
DIVANIZE CARBONIERI Participante Externo
ANDRE LUIZ JOANILHO Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 22

Vínculo

-
-
-
Não