Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
CIÊNCIAS SOCIAIS EM DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE (31002013007P9)
Costurando roupas e roçados: as linhas que tecem trabalho e gênero no Agreste Pernambucano.
RENATA BEZERRA MILANES
DISSERTAÇÃO
03/06/2015

O Polo de Confecções do Agreste de Pernambuco teve origem em meados dos anos 50, através da Feira da Sulanca e atualmente consiste em um dos mais importantes aglomerados econômicos existentes na Região Nordeste, particularmente no setor de confecções de roupas, pois atualmente é considerado o segundo maior polo têxtil do Brasil. Este espaço destoa de inúmeros polos econômicos de seu porte, por não contar com uma presença do investimento estatal, seja no seu surgimento, na sua consolidação e até mesmo nos dias atuais. Suas atividades produtivas e comerciais têm a informalidade como marca decisiva de seu perfil e se encontram instaladas principalmente nas cidades de Santa Cruz, Toritama e Caruaru, englobando também alguns povoados rurais da região. Este estudo foi realizado na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, pioneira na produção e nas feiras do Agreste e em três comunidades rurais pertencentes ao município de Taquaritinga do Norte. O objetivo principal desta dissertação é observar e analisar como a atividade da costura perpassa as estratégias de reprodução social de famílias rurais e como vem reconfigurando o exercício das atividades agrícolas na região. Privilegiando espacialmente os domicílios rurais, esta abordagem focará também nas relações sociais de trabalho e de gênero, a partir da inserção dos homens e das mulheres na atividade da costura. Dando prioridade ao ponto de vista dos(as) agricultores(as) e/ou costureiros(as), este trabalho busca também analisar as estratégias de vida destas pessoas, que vem sendo desenvolvidas ao longo do tempo, a partir de laços sociais, de vínculos e valores nos quais os indivíduos do Agreste pernambucano estão envolvidos. Cabe ressaltar que esta dissertação procura oferecer uma análise desta realidade, em específico sob um ponto de vista antropológico, a partir das ações individuais ou coletivas, valores ou expectativas das pessoas que moram e trabalham nas suas próprias residências. Será através das experiências, narrativas, trajetórias e das categorias de pensamento dos(as) próprios trabalhadores, que se buscará compreender as representações acerca dos processos de trabalho, da sua prática econômica e das suas vidas, levando em conta principalmente as relações familiares que se tornam estruturantes nesse processo.

Sulanca, Trabalho Domiciliar, Produção Familiar, Costura, Relações de Gênero.
The Polo of Pernambuco Agreste Clothing was originated in the mid-50s by the Sulanca open market that currently consists in one of the most important existing economic clusters in the Northeast, particularly in the clothing sector of clothes, it is currently considered the second largest textile pole in Brazil. This space clashes of numerous economic centers of its size, they haven’t the presence of state investment, either in its appearance, consolidation and even today. Their productive and commercial activities have an informality as decisive brand profile and they are mainly installed in the cities of Santa Cruz, Toritama and Caruaru, also encompassing some rural villages around. This study was conducted in the city of Santa Cruz do Capibaribe, a pioneer in the production and trades in the Agreste and also in three rural communities belonging to the municipality of North of Taquaritinga. The main objective of this dissertation is to observe and analyze how the seam activity permeates to the strategies of the social reproduction of the rural households and comes reconfiguring the exercise of agricultural activities in the region. Spatially favoring rural households, this approach will also focus on the social relations of work and gender, departing in the sewing activity of mens and womens. Prioritizing the point of view of farmers and/or tailor, this work also seeks to analyze the livelihood strategies of these people, which has been growing over the time, from social ties, bonds and values in each individual of Pernambuco Agreste are involved. Note that this dissertation look to provide an analysis of this reality itself, in particular from an anthropological point of view, from the individual or collective actions, values and expectations of the people who live and work in their own homes. It will be through the experiences, stories, trajectories and categories thought of the workers themselves, trying understand the representations about the work processes, their economic practice and their lives, primarily taking into account the family relationships that are the most important in the process.
Sulanca, Homework, Family Production, Sewing, Gender Relations
1
136
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE
ESTUDOS DE CULTURA E MUNDO RURAL
PRÁTICAS E SABERES NA RURALIDADE CONTEMPORÂNEA

Banca Examinadora

MARIA JOSE TEIXEIRA CARNEIRO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
FERNANDO RABOSSI Participante Externo
MARIA JOSE TEIXEIRA CARNEIRO Docente - PERMANENTE
DEBORA FRANCO LERRER Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Bolsa de Mestrado no País GM 24

Vínculo

Colaborador
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim