Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE
Física (42004012019P0)
A Inclusão da ∆(1232) no Cálculo do Potencial NN com Violação de CP
RICARDO LAUXEN
DISSERTAÇÃO
15/12/2015

A Teoria de Perturbação Quiral (TPχ) é a teoria efetiva da interação forte no regime de baixas energias (< MQCD ∼ 1GeV) . Sua construção respeita todos os princípios requeridos pela teoria fundamental da interação, a QCD. As simetrias da QCD, em particular a simetria quiral, ditam as normas de construção dos termos da lagrangiana da interação NN que, posteriormente, usando contagem de potências, são organizados em uma série de potências quirais. Dessa maneira, pode-se estender a teoria para incluir termos que violam CP (C = conjugação de carga e P = paridade) imitando a maneira como a simetria CP é quebrada no regime de altas energias. Além disso, a TPχ permite que, adotando a chamada expansão de pequena escala (SSE), a ressonância Delta (∆) possa ser incluída como um grau de liberdade efetivo. Com este processo, as lagrangianas livres dos bárions que são obtidas nessa construção contém termos de massa da ordem da escala MQCD, o que estraga a contagem de potências. Para eliminar este problema adota-se o formalismo de bárions pesados. Neste trabalho, abordamos a inclusão da ∆ como grau de liberdade efetivo na teoria de perturbação quiral estendida para incluir violação de CP, no formalismo de bárions pesados, para calcular a contribuição dos diagramas de um loop para o potencial VNN , no espaço dos momentos. Os diagramas que calculamos envolvem a troca de dois píons, uma ∆ como estado intermediário e um vértice violando CP.

Teoria de Perturbação Quiral. Violação de CP. Ressonância Delta.
Chiral Perturubation Theory (ChPT) is the effective theory of the strong interaction in the low energy regime (< MQCD ∼ 1GeV), and it’s construction respects the same principles required by the underline theory of the strong force, quantum chormodynamics (QCD). The symmetries of QCD, in particular the Chiral Symmetry, provide the rules to construct the nucleon-nucleon interaction terms of the lagrangian and a power couting schem allows one to organize the lagrangian in a series of chiral power. In this way, the theory can be extended to include CP violation (C = charge conjugation and P = parity) terms mimicking the way CP is broken in the high-energy regime. With the aid of the so-called Small Scale Expasion, the Delta resonance (∆) is also consider an effective degree of freedom and its contribution to NN potential can be evaluated consitently according to EFT requirements. Following this process, the free baryon lagrangian will contain mass terms that are of the order MQCD, which breaks the power couting, but can be eliminated using the heavy baryon formalism. In this work, we deal with the inclusion of the ∆ in the ChPT extended to include CP violation, in the heavy baryon formalism, to evaluate the contribution of loop diagrams to the NN potential in the momentum space. The loops that will be evaluated involve two-pion exchanges, one delta as intermediate state and one vertex that violates CP.
Chiral Perturbation Theory. CP Violation. Delta Resonance.
1
81
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE

Contexto

FÍSICA
FÍSICA DE PARTÍCULAS E CAMPOS
TEORIA DE PERTURBAÇÃO QUIRAL E O SETOR NÃO-LEPTÔNICO SEM ESTRANHEZA DO MODELO PADRÃO

Banca Examinadora

CLAUDIO MASUMI MAEKAWA
Sim
Nome Categoria
OTAVIO SOCOLOWSKI JUNIOR Docente

Vínculo

CLT
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim