Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC
NANOCIÊNCIAS E MATERIAIS AVANÇADOS (33144010006P9)
Matrizes poliméricas funcionais preparadas por eletrofiação: Estudos das propriedades estruturais e processos de biodegradação
MICHELLE DA SILVA LIBERATO
TESE
09/12/2015

Os biopolímeros mostram-se materiais promissores na construção de dispositivos para aplicações na área biomédica. Dentro desta classe a policaprolactona vêm sendo amplamente empregada em sistemas de liberação controlada, uma vez que permite a incorporação de drogas preservando a atividade farmacológica. Neste trabalho, apresentamos a proposta de um material híbrido composto por policaprolactona (PCL) e micro-/nanotubos de L,L-difenilalanina (MNTs-FF). O biomaterial foi avaliado à temperatura ambiente nas concentrações de 0% a 50% de MNTs-FF. As propriedades morfológicas e estruturais dos compósitos foram investigadas por diferentes técnicas analíticas, espectroscópicas e microscópicas. Os resultados obtidos mostraram que, o peptídeo promoveu variações microestruturais na rede polimérica, impactando no diâmetro médio das fibras (~570-360 nm), na cristalinidade (34,6 - 6,6%) e na porosidade (74 - 50%). Como consequência, tais variações foram associadas ao comportamento elástico-plástico da matriz. O aumento da concentração de MNTs-FF contribuiu para um maior módulo de Young para as fibras de PCL (12,47-18,96 MPa). Testes de biodegradação enzimática mostraram uma perda significativa de massa para as membranas com peptídeos em relação ao polímero puro. Os compósitos de MNTs-FF/PCL foram avaliados na liberação controlada do fármaco lipofílico, benzocaína. As membranas apresentaram uma eficácia progressiva de liberação de ~13 horas, sendo este um resultado superior ao gel disponível no mercado atualmente. Logo, o compósito exibiu elevada resistência mecânica e características biodegradáveis, sendo propriedades favoráveis na aplicação como sistemas carreadores de fármacos.

Eletrofiação, liberação controlada, propriedades mecânicas, biodegradação e compósitos
The biopolymers appear to be promising materials for the development of devices for the biomedicine area. Within this class, the polycaprolactone has been widely used in systems of controlled liberation, once it allows the incorporation of drugs preserving the pharmacological activity. In this essay, we propose a hybrid material composed by polycaprolactone (PCL) and micro-/nanotubes of L,L-diphenylalanine (FF-MNSs). The biomaterial was evaluated under room temperature in the concentrations from 0% to 50% of FF-MNSs. The morphological and structural properties were investigated by different analytical, spectroscopical and microscopical techniques. The results showed that the peptide promoted microstructural variations in the polymeric net, having impact on the average diameter of the fibers (~570-360 nm), in the crystallinity (34.6- 6.6%) and in the porosity (74 - 50%). As a result, such variations were associated to the elastic-plastic behavior of the matrix. The increase in concentration of FF-MNSs contributed for a bigger Young module for the PCL fibers (12.47-18.96 MPa). Enzymes biodegrading tests showed a significant loss of mass for the membranes with peptides comparing to the pure polymer. The composite of FF-MNSs/PCL were evaluated in the controlled liberation of the lipophilic drug, benzocaine. The membrane presented a progressive liberation efficiency of ~13 hours, being this a superior result to the gel available in the market currently. Therefore, the composite showed high mechanical resistance and biodegradable features, which are favorable features in its use as drug carrier systems.
Electrospinning, controlled release, mechanical properties, biodegradation and composites.
1
127
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC

Contexto

NANOCIÊNCIAS E MATERIAIS AVANÇADOS
POLÍMEROS
-

Banca Examinadora

WENDEL ANDRADE ALVES
Sim
Nome Categoria
RODRIGO VILLARES PORTUGAL Participante Externo
DENISE FREITAS SIQUEIRA PETRI Participante Externo
HERCULANO DA SILVA MARTINHO Docente
ALEXANDRE JOSE DE CASTRO LANFREDI Docente

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - Pró reitoria de Pós Graduação 12
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Bolsa de Doutorado no País GD 30

Vínculo

-
-
-
Não