Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO ( BOTUCATU )
ZOOTECNIA (33004064048P2)
FRANGOS DE CORTE DE PRODUTORES DO ESTADO DE SÃO PAULO: RASTREABILIDADE DA ALIMENTAÇÃO POR DELTA13C e DELTA15N
BARBARA CRISTINA DA SILVA FERNANDES
TESE
19/01/2016

RASTREABILIDADE DE SUBPRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL NO MÚSCULO PEITORAL E MUCOSA INTESTINAL DE FRANGOS DE CORTE DE GRANJAS COMERCIAIS POR δ13Ce δ 15N Objetivou-se rastrear a presença de subprodutos de origem animal na alimentação de frangos de corte de granjas comerciais por meio da metodologia dos isótopos estáveis de carbono e nitrogênio (δ13Ce δ15N), no músculo peitoral e mucosa intestinal, assim como iniciar um banco de dados de valores bromatológicos e isotópicos dos ingredientes da ração de maior interesse na avicultura de corte. Foram amostradas aleatoriamente oito aves (machos) semanalmente de sete granjas de diferentes empresas avícolas dentro do Estado de São Paulo para obtenção das amostras de músculo peitoral e mucosa intestinal. Nos mesmos dias de coletas foram retiradas três amostras aleatórias de ração, adquiridas dos comedouros de cada granja. Para o banco de dados foram amostrados os ingredientes milho, soja, farelo de soja e farinhas de origem animal dos departamentos de recepção e controle de qualidade dos ingredientes das fabricas de ração visitadas. Todas as amostras foram submetidas à análise de espectrometria de massa de razão isotópica, sendo que a ração também foi avaliada quanto à presença de DNA de origem animal por PCR. Os dados isotópicos das amostras foram submetidos à análise de variância em cada idade de coleta, sendo complementados pelo teste de Tukey, e o conjunto de todos os dados foram avaliados pelas análises multivariadas de componentes principais e discriminante linear. Foi possível verificar pela análise de PCR na ração que somente as empresas D e F utilizaram ração estritamente vegetal ao longo do período de criação das aves. Houve diferença entre os valores isotópicos da ração, músculo peitoral e mucosa intestinal das aves das empresas D e F em relação às demais, sendo esta mais definida para o δ15N dos sete aos 42 dias de idade. Esse mesmo resultado foi obtido pelas análises multivariadas. Portanto, foi possível diferenciar as empresas que utilizaram alimentação estritamente vegetal em relação às demais, demonstrando a possibilidade de rastrear a presença de subprodutos de origem animal na alimentação dos frangos de corte de granjas comerciais pela metodologia dos isótopos estáveis. DETECÇÃO DE SUBPRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL POR δ13C e δ15N NO SANGUE E PENAS DE FRANGOS DE CORTE DE GRANJAS COMERCIAIS A metodologia dos isótopos estáveis tem-se mostrado uma ferramenta analítica promissora na autentificação de alimentos e poderia auxiliar a testar a veracidade das informações constantes no histórico alimentar de lotes de produtos diferenciados, como os frangos com alimentação estritamente vegetal. Entretanto, há necessidade de estudos de campo com animais de granjas comerciais assim como amostragem de tecidos/frações corporais sem necessidade de sacrifícios dos animais. Portanto, objetivou-se rastrear a presença de subprodutos de origem animal na alimentação de frangos de corte de granjas comerciais, por meio da metodologia dos isótopos estáveis de carbono e nitrogênio (δ13C e δ15N) no sangue e penas. Foram amostradas aleatoriamente oito aves (machos) semanalmente de sete granjas de diferentes empresas avícolas dentro do Estado de São Paulo para obtenção das amostras de sangue e penas. Nos mesmos dias de coletas foram retiradas três amostras aleatórias de ração, adquiridas dos comedouros de cada granja. Todas as amostras foram submetidas à análise de espectrometria de massa de razão isotópica, sendo que a ração também foi avaliada quanto à presença de DNA de origem animal por PCR. Os dados isotópicos das amostras foram submetidos à análise de variância em cada idade de coleta, e o conjunto de todos os dados foram avaliados pelas análises multivariadas de componentes principais e discriminante linear. Foi possível verificar pela análise de PCR na ração que somente as empresas D e F utilizaram ração estritamente vegetal ao longo do período de criação das aves e que houve diferença significativa entre os valores isotópicos da ração, sangue e penas das aves das empresas D e F em relação às demais pela análise de variância para o δ15N e pelas análises multivariadas testadas dos sete aos 42 dias de idade. Portanto, foi possível diferenciar as empresas que utilizaram alimentação estritamente vegetal em relação às demais, demonstrando a possibilidade de rastrear a presença de subprodutos de origem animal na alimentação dos frangos de corte de granjas comerciais pela metodologia dos isótopos estáveis.

1. Análise multivariada. 2. Isótopos estáveis. 3. Reação em cadeia de polimerase. 4. Carbono 13. 5. Nitrogênio 15.
TRACEABILITY OF ANIMAL BY-PRODUCTS IN PECTORAL MUSCLE AND INTESTINAL MUCOSA OF COMMERCIAL BROILER FARMS BY δ13CAND δ15N The aim of this study was to trace the presence of animal by-products in commercial broiler farms feed using the methodology of stable isotope ratios of carbon and nitrogen (δ13Cand δ15N) in the pectoral muscle and intestinal mucosa, and start a database of bromatological and isotopic values of feed ingredients with greatest interest in poultry production. Eight male birds were sampled randomly week-by-week in seven broiler farms of different poultry companies in the São Paulo State to obtain samples of pectoral muscle and intestinal mucosa. Were taken on the same day of sampling three random samples of feed, acquired from feeders of each commercial broiler unit. For the database were sampled corn, soybean, soybean meal and animal by-products obtained from reception and quality control departments of visited feed factories. All samples were analyzed using isotope ratio mass spectrometry, and feed was also evaluated for the presence of animal DNA by PCR analysis. The isotopic data of the samples were submitted to analysis of variance in each age collection, complemented by Tukey test, and the set of all data were analyzed by multivariate analysis of major and linear discriminant components. It was verified by PCR analysis in feed that only D and F companies used strictly vegetable diet throughout the period of raising birds. There was difference between isotopic values of feed, pectoral muscle, and intestinal mucosa of birds from D and F companies compared with others, which is most definitely for the δ15N from seven to 42 days old. The same result was obtained by multivariate analysis. Therefore, it was possible to differentiate the companies that used strictly vegetable diet from the others, demonstrating the ability to trace the presence of animal by-products in commercial broiler farms feed using the methodology of stable isotopes. Keywords: multivariate analysis, PCR, stable isotope DETECTION OF ANIMAL BY-PRODUCTS BY δ13CAND δ15N IN BLOOD AND FEATHERS OF COMMERCIAL BROILER FARMS The methodology of stable isotopes has been shown to be a promising analytical tool in authentication of food and could help test the veracity of the information contained in the food history of lots of different products such as chickens strictly vegetable diet. However, there is need for animal studies field of commercial farms as well as sampling tissue/body fractions without sacrifice of the animals. Therefore, the goal of this study was to investigate the presence of animal by-products in commercial broiler farms feed, using the methodology of stable isotope ratios of carbon and nitrogen (δ13Cand δ15N) in blood and feathers. Eight male birds were sampled randomly week-by-week in seven broiler farms of different poultry companies in the São Paulo State to obtain samples of blood and feathers. Were taken on the same day of sampling three random samples of feed, acquired from feeders of each commercial broiler unit. All samples were analyzed using isotope ratio mass spectrometry, and feed was also evaluated for the presence of animal DNA by PCR analysis. The isotopic data of the samples were submitted to analysis of variance in each age collection, and the set of all data were analyzed by multivariate analysis of major and linear discriminant components. It was verified by PCR analysis in feed that only D and F companies used strictly vegetable diet throughout the period of raising birds and that was a significant difference between isotopic values of feed, blood, and feathers of birds from D and F companies compared with others by δ15N analysis of variance and multivariate analysis tested from seven to 42 days old. Therefore, it was possible to differentiate the companies that used strictly vegetable diet from the others, demonstrating the ability to trace the presence of animal by-products in commercial broiler farms feed using the methodology of stable isotopes. Keywords: analysis of main components, carbon-13, nitrogen-15
Keywords: multivariate analysis, PCR, stable isotope Keywords: analysis of main components, carbon-13, nitrogen-15
01
81
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO ( BOTUCATU )
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

NUTRICAO E PRODUCAO ANIMAL
DESEMPENHO ANIMAL E SUSTENTABILIDADE
ESTUDO DA VARIABILIDADE ISOTÓPICA DO CARBONO (13C E 12C)

Banca Examinadora

CARLOS DUCATTI
DOCENTE - PERMANENTE
Não
Nome Categoria
MARIA MARCIA PEREIRA SARTORI Participante Externo
DIRLEI ANTONIO BERTO Docente - PERMANENTE
JULIANA CELIA DENADAI Participante Externo
ANTONIO CELSO PEZZATO Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 12
FUNDACAO DE AMPARO A PESQUISA DO ESTADO DE SAO PAULO - Bolsa de Doutorado 23

Vínculo

CLT
Empresa Privada
Profissional Autônomo
Sim