Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Ensino de Ciências da Natureza (31003010085P0)
Alfabetização Científica com um Olhar Inclusivo: Estratégias Didáticas para Abordagem de Conceitos de Astronomia no Ensino Fundamental
CAROLINA TEREZA DE ARAUJO XAVIER
DISSERTAÇÃO
26/08/2015

A educação especial com uma perspectiva inclusiva tem sido foco de políticas governamentais, no sentido de garantir aos alunos com necessidade educacionais especiais (NEE), além da presença na escola regular, um ensino que valorize as diferenças, oportunizando a todos os alunos qualidade na aprendizagem. No Brasil, é perceptível o aumento de alunos com NEE matriculados na rede regular e, segundo dados do Censo Escolar 2013, 78% desses alunos estavam no Ensino Fundamental. No intuito de evitar uma pseudo inclusão, torna-se necessário um novo olhar sobre os recursos didáticos como maneira de atender às diferenças na aprendizagem dos conteúdos escolares. Os conceitos científicos têm se mostrado relevantes a sua familiarização no início da escolarização para o processo de alfabetização científica na Educação Básica. Desse modo, apresentamos como objeto de pesquisa um estudo sobre as possibilidades e os obstáculos encontrados para se construir um processo de alfabetização cientifica, nos anos iniciais do Ensino Fundamental, em uma perspectiva de incluir estudantes com deficiência visual em classes comuns das escolas regulares, de modo a subsidiar professores para práticas educativas inclusivas. Para tal, utilizamos como referencial teórico as visões interacionistas de Vygotsky, pois este trata o professor como mediador para a construção do conhecimento e reforça a necessidade do social para desenvolvimento do indivíduo. A curiosidade dos alunos nos anos iniciais proporciona um campo fértil para a apresentação de situações problematizadoras, cujas soluções resultem na concretização de conceitos. Nessa etapa da escolarização a ludicidade se torna uma aliada ao desenvolvimento do aprendizado. Por esta razão o uso da literatura infantil, das brincadeiras e de representações são recursos que favorecem não só o processo de alfabetização científica, mas também auxilia a alfabetização na língua materna, a formação de sujeitos leitores e no processo de interação e integração de forma ativa de todos os alunos. Sendo assim, constitui-se como objetivo desta dissertação a apresentação de sugestão didático- metodológica para ensino introdutório de astronomia permitindo que todos os alunos tenham acesso e possibilidade de construção dos conceitos científicos, isso quer dizer, videntes e não-videntes aprendendo juntos em classes regulares.

Alfabetização científica. Inclusão. Deficiência visual. Astronomia.
The special education from the perspective of inclusion has been the focus of government policies, to ensure students with special educational needs (SEN), besides the presence in the regular school, an education that values differences, providing opportunities to all students a quality learning. In Brazil, it is noticeable the increase of SEN pupils enrolled in the regular network and, according to the School Census 2013 data, 78% of these students were in elementary school (ES). In order to avoid a pseudo inclusion, a new look at the didactic resources becomes necessary as a way to address the differences in learning of school contents. Scientific concepts have proven relevance to their acquaintance at the beginning of schooling to the scientific literacy process in Basic Education. Thus, we present as a research subject a study on the possibilities and obstacles found to build a scientific literacy process in the early years of elementary school, in a perspective of including students with visual impairments in regular classes in regular schools, so to subsidize teachers for inclusive educational practices. To do so, we use as a theoretical interactionism views of Vygotsky, for this one treats the teacher as mediator for the construction of knowledge and reinforces the need for the social development of the individual. The curiosity of students in the early years provides a fertile ground for the presentation of problem-solving situations which solutions result in the realization of concepts. At this schooling stage, playfulness becomes an ally to the development of learning. For this reason the use of children's literature, the games and representations are resources that favor not only the scientific literacy process but also helps literacy in the mother language, the formation of readers and in the process of interaction and actively integration of all students. As such, constitutes the objective of this dissertation the presentation of methodological didactic suggestion to the introductory astronomy schooling allowing all students to have access to and possibility of construction of scientific concepts, this means that seers and non-seers together in regular classes.
Scientific Literacy. Inclusion. Visual Impairment. Astronomy.
99
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

Contexto

ENSINO DE FÍSICA (EF)
EF-ENSINO APRENDIZAGEM
EDUCAÇÃO INCLUSIVA E A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE FÍSICA

Banca Examinadora

LUCIA DA CRUZ DE ALMEIDA
Sim
Nome Categoria
MARCELO DE OLIVEIRA SOUZA Participante Externo
RUTH BRUNO Participante Externo
LUIZA RODRIGUES DE OLIVEIRA Docente

Vínculo

-
-
-
Não