Governo Federal

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (25001019021P8)
O EFEITO DA SIMULAÇÃO DE EVACUAÇÃO DE MULTIDÃO NA SEGURANÇA E NO ESTUDO DE LAYOUT
ERASMO NUNES MELO
DISSERTAÇÃO
06/07/2015

O constante crescimento populacional e as grandes concentrações de pessoas em diferentes cenários indicam a importância de se estudar o comportamento de multidões. Simulações e modelos matemáticos são destaques entre as formas pelas quais estes estudos vêm sendo desenvolvidos. Estes meios são os mais frequentes devido à falta de dados complementares para desenvolver e validar um modelo explicativo, além de questões morais, legais e éticas que impossibilitam o uso de pessoas em simulações com condições reais de pânico. Este trabalho teve como objetivo principal o desenvolvimento de um modelo de simulação de evacuação de multidões em situações de emergência. Além disso, buscou-se desenvolver um modelo adaptável a diferentes cenários com o uso de autômatos celulares, que são modelos matemáticos discretos, delimitados por uma malha contendo células homogêneas e que são identificadas pelos seus pesos, que são atribuições para proporcionar o deslocamento dos indivíduos. Fazendo uso de campo de piso estático, que são modelos de autômatos celulares em que os pesos atribuídos permanecerão os mesmos durante toda a simulação, o modelo foi aplicado em um auditório que teve suas características comparadas e adaptadas com as da NBR 9077: 2001 – Saídas de Emergência de Edifícios, e por meio da permutação do posicionamento da porta, obteve-se o tempo médio de evacuação destes diferentes cenários. A análise da média do tempo total de saída, feita através das abordagens de intervalo de confiança e da análise de variância e efetuada com três diferentes percentuais da capacidade total do auditório, expressou a não-homogeneidade dos resultados, mostrando uma forte influencia tanto do percentual da população, quanto do posicionamento da porta com o tempo médio de evacuação do auditório.

Simulação, Autômato Celular, Segurança, Estudo de Layout
The constant population growth and the large concentrations of people in different scenarios explain the importance to study the behavior of crowds. Simulations and mathematical models are featured among the ways in which these studies have been conducted. These means are the most frequent due to lack of additional data to develop and validate an explanatory model, as well as moral, legal and ethical issues that preclude the use of people in simulations with real conditions of panic. This study aims to develop a model of crowd evacuation simulation in emergency situations. In addition, we sought to develop a model adaptable to different scenarios using of cellular automata, which are discrete mathematical models, enclosed in a mesh containing homogeneous cells and that are identified by their weights, which are functions to provide the displacement. Making use of static floor field, which are cellular automata model in which the assigned weights remain the same throughout the simulation, the model was applied an auditorium that had its characteristics compared and adapted to the NBR 9077: 2001- Building Emergency Exits, and by swapping the position of the door , we obtained the average evacuation time these different scenarios. The analysis of the average total exit time made through confidence intervals and analysis of variance approaches for three different auditorium comparatives expressed non-homogeneous results. It also showed a strong influence both of population percentage and positioning of door on the mean evacuation time from the auditorium.
Simulation. Cellular Automaton. Security. Layout study.
1
70
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

Contexto

PESQUISA OPERACIONAL
OTIMIZAÇÃO DE SISTEMAS E PROCESSOS
-

Banca Examinadora

MARCIO JOSE DAS CHAGAS MOURA
Sim
Nome Categoria
ISIS DIDIER LINS Docente
GILSON LIMA DA SILVA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 24

Vínculo

-
-
-
Não