Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA APLICADAS (31003010058P2)
CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DO CIRCOVÍRUS SUÍNO TIPO 2 E TORQUE TENO VÍRUS SUÍNO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
ANA CLAUDIA DE MENEZES CRUZ
DISSERTAÇÃO
27/03/2015

Na suinocultura moderna, um dos objetivos mais importantes é otimizar ao máximo a eficiência biológica dos animais. Um dos fatores que dificultam alcançar esse objetivo é a ausência de saúde; desse modo, o conhecimento das afecções que afetam os suínos é primordial nos sistemas produtivos. Dentre os vírus que merecem atenção estão o circovírus suíno tipo 2 (PCV-2) e o torque teno vírus suíno (TTSuV). Esses agentes já foram identificados em vários estados brasileiros, mas até o momento não existem dados sobre quais variantes de PCV-2 e TTSuV 1 e 2 estão circulando em suínos no estado do Rio de Janeiro. O objetivo desse trabalho foi realizar a detecção e caracterização molecular de PCV-2 e TTSuV 1 e 2 em amostras de sangue provenientes de granjas de suínos, comerciais e não comerciais, de diferentes regiões do estado do Rio de Janeiro, além de procurar uma associação entre a presença dos vírus e fatores como sinais clínicos dos animais, fases de produção e características das granjas. Após a extração do DNA viral das amostras, foi realizada a nested-PCR com pares de iniciadores que amplificaram um fragmento de 225 pb do gene que codifica a proteína do capsídeo (Cap) do PCV-2, e a PCR com pares de iniciadores que amplificaram fragmentos de 309 pb e 252 pb da região não codificante (UTR) dos TTSuV-1 e TTSuV-2, respectivamente. Com a amplificação foi possível detectar o genoma do PCV-2 em 64/257 amostras estudadas. A análise de 30 sequências do PCV-2 obtidas a partir da amplificação parcial do gene que codifica a proteína de capsídeo permitiu caracterizar dois genótipos (PCV-2a e PCV-2b) que cocirculam na população de suínos no estado. As amostras também foram submetidas à análise filogenética, observando-se a formação de dois clusters distintos, além de um subcluster formado pelo protótipo do genótipo 2d e três amostras deste estudo. A reação de PCR utilizando o gene que codifica para a UTR permitiu detectar a presença dos TTSuV 1 e 2 em 98/257 e 109/257 das amostras, respectivamente. Através do sequenciamento e da análise filogenética dos TTSuVs foi observada a formação de dois clusters distintos com a cocirculação de dois genótipos principais para cada espécie, TTSuV 1a e 1b e TTSuV 2a e 2b. Em relação às fases de produção, houve associação estatisticamente significativa entre o PCV-2 e a recria (p=0,003) e a terminação (p=0,0005). A presença do vírus foi estatisticamente significativa nas granjas comerciais (p=0,000). Não foi observada a associação entre a presença do PCV-2 e os sinais clínicos dos animais, nem mesmo com a distribuição geográfica das propriedades. Em relação à presença do TTSuV não foi observada a associação entre estes e a distribuição geográfica das propriedades. Quanto à fase de produção, a associação entre a presença do TTSuV-2 e a creche foi significativa (p=0,009). A presença do TTSuV-1 foi estatisticamente significativa (p=0,015) nos animais com sinais multissistêmicos. As coinfecções foram detectadas em 83/257 amostras testadas. Animais coinfectados apresentaram uma baixa significativa no peso, sugerindo que atraso no ganho de peso necessitam de um diagnóstico diferencial de PCV-2 e TTSuV e medidas de controle e prevenção da circulação desses agentes nas propriedades, devem ser adotadas.

PCV-2, TTSuV, PCR, suinocultura, sequenciamento
In modern pig farming, one of the most important goals is to optimize the most of the biological efficiency. One of the factors that hinder achieving this goal is the lack of health; thus, knowledge of diseases that affect pigs is essential in production systems. Among the viruses that deserve attention are the porcine circovirus type 2 (PCV-2) and the torque teno sus virus (TTSuV). These agents have been identified in several Brazilian states, but so far there are no data on which PCV-2 variants, TTSuV 1 and 2 are circulating in pigs in Rio de Janeiro state. The aim of this study was to perform the detection and molecular characterization of PCV-2 and TTSuV 1 and 2 in blood samples from commercial and non-commercial swine herds in different locations of Rio de Janeiro. In addition, the association between the presence viruses and clinical signs of animals, stages of production and characteristics of farms was investigated. After viral DNA extraction of samples was performed a nested-PCR with primer pairs that amplified a 225 bp fragment of the gene encoding the capsid protein (Cap) of PCV-2 and PCR with pairs primers that amplified fragments of 309 bp and 252 bp of noncoding region (UTR) of TTSuV 1 and 2, respectively. After amplification, the PCV-2 genome was detected in 64/257 samples. The analysis of 30 PCV-2 sequences derived from the partial amplification of the capsid protein gene revealed the formation of two phylogenetically distinct clusters, of both genotypes (PCV 2a and 2b) confirming the co circulating in the pig population in the state. The samples were also subjected to phylogenetic analysis, observing the formation of two distinct clusters, and a sub-cluster formed by the genotype 2d prototype and three samples of this study. The PCR reaction using the gene coding for the UTR has detected the presence of TTSuV 1 and 2 in 98/257 and 109/257 of the samples, respectively. After sequencing and phylogenetic analysis of TTSuV was observed the formation of two distinct clusters with two main genotypes for each species, TTSuV 1a and 1b and TTSuV 2a and 2b. Regarding the production stages, there was a statistically significant association between PCV-2 and growing (p = 0.003) and termination (p = 0.0005). The presence of virus was statistically significant in commercial farms (p = 0.000). There was no association between the presence of PCV-2 and clinical signs of animals, not even with the geographic distribution of properties. Regarding TTSuV presence was not observed the association between these and the geographical distribution of properties. As the production phase, the association between the presence of TTSuV-2 and nursery was significant (p = 0.009). The presence TTSuV-1 was statistically significant (p = 0.015) in animals with multiple signs. Co-infections were detected in 83/257 samples tested. Co-infected animals showed a significant reduction in weight, which suggests that a delay in weight gain requires a PCV-2 and TTSuV differential diagnosis and control and prevention measures of action of these agents on the properties, should be adopted.
PCV-2, TTSuV, PCR, swine, sequencing
1
95
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

MICROBIOLOGIA
VIROLOGIA
DETECÇÃO E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DOS CIRCOVÍRUS SUÍNOS (PCV) EM SUÍNOS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Banca Examinadora

TATIANA XAVIER DE CASTRO
Não
Nome Categoria
RITA DE CASSIA NASSER CUBEL GARCIA Docente
MARCELO ALVES PINTO Participante Externo
DEBORA REGINA LOPES DOS SANTOS Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim