Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA
METEOROLOGIA (42002010040P0)
CARACTERIZAÇÃO DA FORMAÇÃO DE NEVOEIROS SEM PRECIPITAÇÃO EM SANTA MARIA, RS, NO PERÍODO DE 2003 A 2013.
NORTON FRANCISCATTO DE PAULA
DISSERTAÇÃO
09/11/2015

A região Central do Rio Grande do Sul Região é importante para muitas atividades neste Estado. A alta ocorrência de nevoeiro é uma característica particular desta região no Sul do Brasil e está diretamente relacionada com o teor de água líquida na superfície próxima a atmosfera. Desta forma, o fenômeno nevoeiro pode ser originado pelo resfriamento radiativo da superfície através da emissão de ondas longas na região continental ou pela advecção de massa de ar úmido sobre a superfície fria, por exemplo, em áreas costeiras. Além disso, a formação de nevoeiros também pode estar associada à passagem de frentes frias. O principal objetivo deste trabalho é caracterizar a ocorrência de nevoeiro na Região Central do Rio Grande do Sul. Para tanto, mensagens de Meteorological Aerodrome Report (METAR) foram utilizadas para selecionar os eventos de nevoeiro a serem estudados. Estas mensagens foram obtidas da Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica (REDEMET). Os casos de nevoeiro foram agrupadas em eventos com precipitação e sem precipitação. A fim de descrever as condições sinóticas dos eventos sem precipitação, dados de Final Analysis (FNL) (National Centers for Environmental Prediction) foram utilizados. Os resultados mostraram que nevoeiros sem precipitação são mais comuns do que com precipitação entre às 09 e 14 UTC. Também, os eventos de nevoeiros são frequentes no outono e inverno, enquanto nevoeiros com precipitação são distribuídos uniformemente ao longo do ano. Quando relaciona-se nevoeiros com a condição sinótica, os eventos associados aos anticiclones correspondem à 62% dos nevoeiros sem precipitação e a posição relativa destes anticiclones à Santa Maria é predominante de leste.

Caracterização de nevoeiros; Região Central do Rio Grande do Sul; Condições sinóticas.
The Rio Grande do Sul Central Region is important for many activities in this State. High fog occurrence is the characteristic of this particular region in Southern Of Brazil. Fog is directly associated with liquid water content in the atmosphere nearby surface. In this way, fog phenomenom can be originated by surface radiative cooling by the longwave emission in land areas or by the moist air mass advection over the cold surface, for exemple inshore areas. Furthermore, fogs can be form associated with cold frontal passage. The main goal of this work is characterize the fog occurence in the Central Region of Rio Grande do Sul. To accomplish this task METAR (Meteorological Aerodrome Report) was applied to select fog events. This data are provide by REDEMET. The fog cases was grouped in precipitation and noprecipitation events. To descrive the conditions synoptic Final Analysis (FNL National Centers for Environmetal Prediction) data was employed. The results shown que noprecipitaion fogs are most commun than precipitaion fogs between 09-14 UTC. Moreover, fog events are frequently in autumn and winter seasons, while precipitation is uniformly distributed over the year in the fog of events with precipitation. Related to synoptic conditions, fog associated to anticyclones are 62% about non-precipitating events, with high pressure center positioned east of Santa maria.
Fog characterization; Rio Grande do Sul Central Region; Synoptic conditions.
1
62
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

Contexto

METEOROLOGIA
ESTUDOS E APLICAÇÕES EM TEMPO E CLIMA
FRA - AVALIAÇÃO DAS VARIÁVEIS METEOROLÓGICAS DURANTE A FORMAÇÃO DE NEVOEIRO RADIATIVO PARA A REGIÃO DE SANTA MARIA/RS.

Banca Examinadora

FRANCIANO SCREMIN PUHALES
Sim
Nome Categoria
MATEUS DA SILVA TEIXEIRA Participante Externo
EVERSON DAL PIVA Docente

Vínculo

-
-
-
Sim