Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
ZOOTECNIA (25003011009P0)
LÍQUIDO DA CASTANHA DE CAJU COMO FONTE DE ÁCIDO ANACÁRDICO NA ALIMENTAÇÃO DE POEDEIRAS COMERCIAIS
NADIA DE MELO BRAZ
TESE
23/03/2015

A pesquisa teve como objetivo avaliar os parâmetros bioquímicos do sangue, a atividade enzimática, a peroxidação lipídica do fígado e de tecidos do sistema reprodutor (ovário, magno e útero), assim como o desempenho e a qualidade dos ovos de poedeiras comerciais alimentadas com ração contendo o líquido da castanha de caju (LCC). Um total de 216 poedeiras comerciais Hisex White foi distribuído ao acaso em seis tratamentos, com seis repetições de seis aves. Os tratamentos consistiram em: ração sem promotor de desempenho (PD); ração com PD e rações sem PD e adição de níveis crescente de LCC (0,25; 0,50; 0,75 e 1,00%). A adição de LCC na ração não influenciou nos parâmetros bioquímicos do sangue (ácido úrico, creatinina, alanina aminotransferase, aspartato aminotransferase, colesterol total, HDL, LDL e triglicerídeos), na atividade enzimática (superóxido dismutase e grupos sulfidrílicos não-protéicos) nos órgãos (fígado, ovário, magno e útero), na peroxidação dos lipídeos do soro sanguíneo, fígado, magno e útero, nas variáveis de desempenho e nas características dos ovos. No entanto, os níveis de 0,75% e 1,00% de LCC proporcionaram menor valor de TBARS no ovário das aves, enquanto, o tratamento sem promotor de desempenho proporcionou maior valor. A cor da gema pelo leque colorimétrico foi superior para os tratamentos sem o PD e com 0,75% de LCC na ração e inferior no tratamento com PD. Pela análise de regressão, houve efeito quadrático significativo dos níveis de inclusão de LCC sobre a coloração da gema medida pelo leque colorimétrico da DSM, com o melhor nível estimado para 0,62%. O componente de cor a* foi superior no nível de 0,50% de LCC, enquanto o tratamento com o PD obteve o menor valor. Foi observado efeito quadrático na oxidação lipídica na gema do ovo recém-posto, atingindo o mínimo de 0,58% de LCC na ração. Na comparação entre as médias o nível de 0,75% de LCC apresentou menor valor de TBARS, enquanto os tratamentos com PD, sem PD e com o nível de 1,00% de LCC apresentaram maiores valores de TBARS. A adição de até 1% do LCC, como fonte de ácido anacárdico na ração das poedeiras, não influencia os parâmetros bioquímicos do sangue, a atividade das enzimas superóxido dismutase (SOD) e grupos sulfidrílicos não-protéicos (NP-SH) no fígado, ovário magno e útero, o desempenho e a qualidade de ovos, mas melhora a cor da gema e, a partir da inclusão de 0,75% de LCC, reduz a peroxidação lipídica no ovário, sendo o nível de 0,75% de LCC efetivo em reduzir a oxidação lipídica das gemas frescas.

ácido orgânico; antioxidante natural; desempenho; oxidação lipídica
The objective of this study was to evaluate the blood biochemical parameters, the enzymatic activity, lipid peroxidation of liver and tissues of the reproductive system (ovary, magnum, and uterus), as well as the effects of adding the cashew nut shell (CNSL) in the diet of laying hens on performance, quality and stability of lipid eggs. A total of 216 Hisex White commercial laying hens were distributed randomly into six treatments, with six replicates of six birds. Treatments consisted of a diet without performance promoter (PP); a diet with PP; and diets without PP, with addition of increasing levels of CNSL (0.25, 0.50, 0.75, and 1.00%). Addition of CNSL to the diet did not affect the blood biochemical parameters (uric acid, creatinine, alanine aminotransferase, aspartate aminotransferase, total cholesterol, HDL cholesterol, LDL cholesterol, and triglycerides), in the enzymatic activity (superoxide dismutase and non-protein sulfhydryl groups) in the organs (liver, ovary, magnum and uterus), in the peroxidation of lipids from the blood serum, liver, magnum and uterus, in the performance variables and characteristics of eggs. However, the levels of 0.75% and 1.00% CNSL provided a lower TBARS content in the birds’ ovary, whereas the treatment without the growth promoter provided a higher value. The color of the yolk was superior to treatment with and without PP CNSL 0.75% in the feed in the bottom and PP treatment. Regression analysis showed a significant quadratic effect of dietary inclusion of CNSL on yolk color measured color fan, with the best estimated level to 0.62%. The color component a* was superior level of 0.50% CNSL, while treatment with PP had the lowest value. Quadratic effect was observed in lipid oxidation in the yolk of the egg station recently, reaching a minimum of 0.58% in the feed LCC. Comparing the average level of 0.75% of CNSL showed the lowest TBARS, while treatments with PP, without PP and the level of 1.00% of LCC had higher TBARS. Addition of up to 1% of the CNSL as a source of anacardic acid in the laying hen diets does not influence their blood biochemical parameters, the activity of the superoxide dismutase enzyme and non-protein sulfhydryl groups in the liver, ovary, magnum, and uterus, but improves the color of egg yolk and that the level of 0.75% of CNSL is effective in reducing lipid oxidation in the ovary and fresh gems.
Organic acid; natural antioxidant; performance; lipid oxidation
1
94
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

PRODUÇÃO ANIMAL
-
-

Banca Examinadora

EDNARDO RODRIGUES FREITAS
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ALEX MARTINS VARELA DE ARRUDA Participante Externo
GERMANO AUGUSTO JERONIMO DO NASCIMENTO Participante Externo
PEDRO HENRIQUE WATANABE Participante Externo
SILVANA CAVALCANTE BASTOS LEITE Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 48

Vínculo

CLT
Não