Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
CIÊNCIAS SOCIAIS EM DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE (31002013007P9)
MODERNIZAÇÃO DA AGRICULTURA E PESQUISA NO BRASIL: A EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA
ALEX ALEXANDRE MENGEL
TESE
15/06/2015

Com a presente tese objetivamos identificar e analisar os elementos relevantes da ação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Esta empresa, criada em 1973 pelo governo militar, tornou-se central na estruturação da pesquisa agropecuária nacional naquele período. Por conseguinte, transformou-se, em quarenta anos, na instituição com mais recursos, mais pesquisadores e mais pesquisas nessa área, o que a define, atualmente, como a maior produtora brasileira de tecnologia e inovação agropecuária. Discutiremos a formação desta empresa como parte constituinte do projeto de modernização da agricultura brasileira, momento em que fazia-se necessário a modificação na forma como o conhecimento científico para a agropecuária era construído. Para tanto, utilizamos como instrumental teórico os conceitos de ação social e de instituição de Weber (2009), bem como o conceito de campo de Bourdieu (1997) e o conceito de path dependence empregado por Douglass North (1990). Para a realização da pesquisa, executamos 22 entrevistas semiestruturadas com indivíduos que haviam atuado em 11 centros da empresa e/ou em departamentos e secretarias da Embrapa Sede. Além de realizar tais entrevistas, utilizamos a técnica de análise documental. Com a pesquisa, percebemos que as principais inovações introduzidas pela Embrapa, inovações estas que definem sua ação, foram: 1) planejamento de pesquisa extremamente detalhado e sistematizado; 2) equipe com consistente formação em ciências sociais e economia, desempenhando papel central nesse planejamento; 3) estrutura verticalizada, de modo que a ação é definida, predominantemente, no comando central da empresa; 4) o produto final da pesquisa tornou-se o sistema de produção ou pacote tecnológico e não mais uma tecnologia específica; 5) o sistema tornou-se o método de pesquisa, foram extintos os departamentos em favor de unidades de pesquisa que objetivam desenvolver diferentes sistemas de produção ou pacotes tecnológicos para um produto; 6) a pesquisa agropecuária passou a adotar todo o complexo agroindustrial, como cliente, e não mais o agricultor, de modo que, se uma tecnologia é positiva para o agricultor e não para os outros componentes daquele complexo, ela não é estimulada; 7) os centros nacionais de pesquisa são a expressão destas modificações; 8) a ideia dos centros provém de organizações internacionais, mas a definição dos centros necessários, bem como os locais de instalação, provém de discussão interna, particularmente através das Comissões Nacionais de Produto, anteriores à criação da Embrapa.

EMBRAPA, tecnologia e inovação agropecuária.
We objective, with this thesis, identify and analyse the relevant elements of the action of the Brazilian Company of Agriculture Research. This company, created in the 1973 by the military government, became the hard core of the national agriculture research that time. It became, in forty years, in the institution with more wherewithal, more researchers and more researches in the agriculture research area; consequently, it's the biggest Brazilian generating of technology to agriculture. We'll discuss the formation this company as constitutive part of the modernization project of Brazilian agriculture. For achieve the objective of the thesis, we used as theoretical framework the concept of social action and institution of Weber (2009), as well as the field concept of Bourdieu (1997) and the path dependence concept utilized by Douglass North (1990). As method, we used documental research and semi-structured interviews. Thereby, we executed 22 semi-structured interviews with researchers who worked in 11 Embrapa centres and/or Embrapa head office. With the research we realize which the main innovations introduced by Embrapa, innovations that define its action are: 1) detailed and systematic research planning; 2) staff with consistent training in social sciences and economics, playing a central role in planning; 3) verticalized structure, being the action set predominantly in the central control of the company; 4) The final product of research become the production system or technological package, no longer a particular technology; 5) The system becomes the research method, were extinguished the research departments in favour of research units that aim develop different production systems and technological packages for a product; 6) the Embrapa adopted the agro-industrial complex as the customer, and not the farmer; in this way, if some technology is good for the farmer and not to the other components of complex, it isn't encouraged; 7) national research centers are the expression of these modifications; 8) the idea of centers comes from international organizations, but the definition of the needed centers, as well as the installation locations, comes from internal discussion, particularly from the Product National Commissions, prior to the creation of Embrapa.
EMBRAPA, tecnologia e inovação agropecuária.
1
188
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE
POLÍTICAS PÚBLICAS, ESTADO E ATORES SOCIAIS
ENTRE CONTINUIDADES, MUDANÇAS E NOVAS INSTITUCIONALIDADES: POLÍTICAS PÚBLICAS E MEIO RURAL BRASILEIRO (2003-2013)

Banca Examinadora

NELSON GIORDANO DELGADO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
SONIA REGINA DE MENDONCA Participante Externo
CLAUDIA JOB SCHMITT Docente - PERMANENTE
LEONILDE SERVOLO DE MEDEIROS Docente - PERMANENTE
JOSE DE SOUZA SILVA Participante Externo
NELSON GIORDANO DELGADO Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Bolsa de Doutorado no País GD 48

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim