Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
ZOOTECNIA (40004015006P0)
Influência da idade das matrizes pesadas e da estimulação térmica durante a incubação no desenvolvimento embrionário e no desempenho da progênie.
ISABELLE NAEMI KANEKO
DISSERTAÇÃO
31/03/2015

Objetivou-se avaliar a influência da idade das matrizes e da estimulação térmica durante a incubação no desenvolvimento embrionário e no desempenho dos frangos de corte, machos e fêmeas. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 2, com duas idades de matrizes (30 e 60 semanas) e 2 programas de temperatura nos últimos 3 dias de incubação (sem estimulação 37,2- 37,4ºC e com estimulação 38,2-38,4ºC por 4h / dia). Foram incubados 2.520 ovos/tratamento, distribuídos em 15 repetições, contendo 168 ovos cada. Considerou-se a unidade experimental o andar do carrinho de incubação, composto por 4 bandejas de 42 ovos. Após a eclosão, os pintos (n=1.088) foram sexados e alojados em galpão experimental, no mesmo delineamento experimental utilizado no incubatório, acrescentando-se o fatorial o sexo (machos e fêmeas), totalizando 8 tratamentos, com 4 repetições e 34 aves por unidade experimental. A idade da matriz influenciou o peso dos ovos e embriões aos 16 e 19 dias de idade, o comprimento do fêmur e tibiotarso de embriões de 16 dias, o Índice de Seedor e a porcentagem de cinzas de embriões aos 21 dias de idade, a espessura do ventrículo esquerdo aos 16 dias de incubação, o peso do saco vitelino, do trato gastro intestinal e do fígado, em que aves de matrizes mais velhas apresentaram maiores valores A idade da matriz também influenciou o ganho de peso o consumo de ração dos frangos. A estimulação térmica influenciou o peso dos embriões aos 21 dias de incubação, a porcentagem de calcificação do fêmur e do tibiotarso de embriões de 16 e 19 dias de incubação, e o peso relativo do peito aos 7 dias de idade, sendo que os estimulados termicamente apresentaram menores valores para essas variáveis. O sexo influenciou a força de quebra e a porcentagem de cinzas aos 7 dias de idade, o índice de Seedor, a força de quebra, e a porcentagem de cinzas aos 42 dias de idade, sendo que os valores de índice de Seedor e força de quebra foram mais elevados nos machos e a porcentagem de cinzas foi maior nas fêmeas. O sexo também influenciou o peso médio, o ganho de peso, o consumo de ração, a conversão alimentar e o rendimento de pernas aos 42 dias de idade, em que machos tiveram maiores valores que fêmeas para todas as variáveis. Houve interação entre idade da matriz e estimulação térmica para peso do vitelo aos 19 dias de incubação, sendo que animais oriundos de matrizes de 60 semanas apresentaram menor peso de vitelo quando não estimulados termicamente. E à eclosão, machos apresentaram maior absorção de vitelo quando estimulados termicamente. A idade da matriz, estimulação térmica e o sexo influenciaram o desenvolvimento e o desempenho de frangos de corte de 1 a 42 dias de idade, de formas distintas.

Osso, coração, músculo, idade da matriz, estimulação térmica.
The objective was to evaluate the influence of age of the breeders and thermal stimulation during incubation on embryonic development and performance of male and female broilers. The experimental design was completely randomized in a factorial 2 x 2 with two breeder ages (30 and 60 weeks) and 2 temperature programs in the last 3 days of incubation (without stimulation 37,2 - 37,4ºC and stimulation 38,2 - 38,4ºC for 4 h / day). For that 2,520 eggs / treatment were incubated on 15 replicates of 168 eggs each.The floor of the incubation basket composed by 4 trays of 42 eggs was considered the experimental unit. After hatching, the chicks (n=1,088) were sexed and housed in experimental shed, in the same experimental design used in the hatchery, adding the factor sex (male and female), totaling eight treatments, with 4 replicates and 34 birds per experimental unit. The Breeder`s age influenced the weight of eggs and embryos at 16 and 19 days of age, the length of femur and tibiotarsus of 16-day embryos, the Seedor Index and the ash percentage of embryos at 21 days of age, the thickness of left ventricle after 16 days of incubation, the weight of yolk sac, liver and gastrointestinal tract, where birds from older matrix showed higher values. Breeder`s age also influenced the weight gain, feed intake and feed conversation. The thermal stimulation influenced weight of embryos at 21 days of incubation, the percentage of calcification in the femur and tibiotarsus in embryos at 16 and 19 days of incubation and the relative weight of chest at 7 days age, and the thermal stimulation showed lower values for these variables. Sex affected breaking strength and ash percentage at 7 days of age, the Seedor index, breaking strength, and ash percentage at 42 days of age, the Seedor index values and strength higher break shaped core and ash percentage was higher in females. Also influenced average weight, weight gain, feed intake and feed conversion and yield of the legs 42 days, and males had greater values than females for all variables. There was an interaction between Breeder`s age and thermal stimulation for weight of yolk at 19 days, and animals originated from Breeders with 60 weeks had lower yolk weight when not heat stimulated. And at outbreak males had higher yolk absorvation when heat stimulated. The matrix age, thermal stimulation and sex influenced the development and performance of broilers from 1 to 42 days of age in different way.
Bone, heart, muscle, breeder age, thermal stimulation.
1
89
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

PRODUÇÃO ANIMAL
III. ESTUDO DA INTERFACE: NUTRIÇÃO - AMBIENTE - COMPORTAMENTO ANIMAL - REPRODUÇÃO.
-

Banca Examinadora

TATIANA CARLESSO DOS SANTOS
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ALICE EIKO MURAKAMI Docente - PERMANENTE
RICARDO VIANNA NUNES Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Excelência Acadêmica 3

Vínculo

-
-
-
Não