Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
Interdisciplinar em Ciências da Saúde (33009015070P2)
Efeitos da terapia laser de baixa intensidade no desempenho muscular isocinético em mulheres idosas.
PATRICIA GABRIELLI VASSAO ALVES ARAKAKI
DISSERTAÇÃO
16/03/2015

O envelhecimento envolve diversas alterações estruturais do corpo que levam ao declínio da função muscular, particularmente no sexo feminino. Essa diminuição da reserva funcional predispõe o sistema músculo esquelético ao desenvolvimento da fadiga muscular. Dentro deste contexto, a terapia laser de baixa intensidade (LLLT) demonstra ser um importante recurso na atenuação da fadiga muscular. Assim, o objetivo deste estudo foi analisar a influência da LLLT na fadiga e desempenho muscular de idosas submetidas a um protocolo de fadiga isocinético. Para isso, 30 mulheres, entre 60 e 70 anos, foram randomizadas e submetidas a duas sessões experimentais de protocolo de fadiga. Pelo desenho simples de lotes em dois grupos: laser placebo (n=30) e laser ativo (n=30). Em ambas as sessões, foi analisado a fadiga muscular periférica por meio da eletromiografia de superfície (EMG) e coleta de amostras sanguíneas. O desempenho muscular foi avaliado por meio do dinamômetro isocinético (Índice de Fadiga do Trabalho, Pico de Torque, Potência Média e Trabalho Total). O LLLT foi aplicado previamente ao protocolo de fadiga isocinético ao longo do músculo reto femoral do membro dominante. Para comparação entre os grupos, foi utilizado o teste de análise de variância (ANOVA) para medidas repetidas para experimentos em crossover e o método de comparações múltiplas de Tukey. Os resultados demonstraram que a LLLT foi capaz de atenuar a fadiga muscular observados por maior índice de fadiga eletromiografica (IFE) (p=0,047) e menor da concentração de lactato no momento 6 minutos após o protocolo de fadiga (p=0,0006) do grupo laser em relação ao grupo placebo. Entretanto, a LLLT não foi capaz de aumentar o desempenho muscular medido pelas variáveis do dinamômetro isocinético. Assim, pode-se concluir que o efeito agudo da LLLT foi eficaz em proporcionar um maior IFE e reduzir a concentração de lactato 6 minutos após o protocolo quando aplicada previamente ao protocolo de fadiga.

Idoso, Fadiga Muscular, Terapia Laser de Baixa Intensidade (LLLT), Eletromiografia, Dinamômetro de Força Muscular.
Aging involves several changes in body that lead to decline of muscle function, particularly in females. This functional reserve reduction predisposes the musculoskeletal system to the development of muscle fatigue. In this context, low-level laser therapy (LLLT) demonstrate to be an important resource in attenuation of muscle fatigue. Thus, the objective of this study was to analyze the influence of LLLT in fatigue and muscle performance in elderly women submitted to an isokinetic fatigue protocol. For this, 30 women, between 60 and 70 years, were randomized and submitted to two experimental sessions of fatigue protocol. By the simple drawing of lots into two groups: laser placebo (n = 30) and active laser (n = 30). In both sessions, peripheral muscle fatigue was analyzed by surface electromyography (EMG) and collection of blood samples. The muscle performance was evaluated using the isokinetic dynamometer. The LLLT was previously applied to the isokinetic fatigue protocol over the rectus femoris muscle of the dominant limb. To compare the groups, we used the analysis of variance (ANOVA) for repeated measures for experiments in crossover and the Tukey’s method of multiple comparison. The results showed that LLLT was able to reduce muscle fatigue by a significant increase of the electromyographic fatigue index (EFI) (p = 0.047) and attenuation lactate concentration at time 6 minutes after the fatigue test (p = 0. 0006) compared the laser sessions placebo. However, LLLT was not able to increase muscle performance measured by the variables of the isokinetic dynamometer. Thus, can be conclude that the acute effect of LLLT was effective in increase the IFE and reduce lactate concentration 6 minutes after the fatigue protocol when previously applied to execution of the exercise.
Aged, Muscle Fatigue, Low Level Laser Therapy (LLLT), Electromyography, Muscle Strength Dynamometer.
1
57
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

PROMOÇÃO, PREVENÇÃO E REABILITAÇÃO EM SAÚDE
ESTRATÉGIAS INTERDISCIPLINARES EM PROMOÇÃO, PREVENÇÃO E REABILITAÇÃO
AVALIAÇÃO, PREVENÇÃO E REABILITAÇÃO DE PESSOAS COM DOENÇAS REUMATOLÓGICAS E GERIÁTRICAS

Banca Examinadora

ANA CLAUDIA MUNIZ RENNO
DOCENTE - PERMANENTE
Não
Nome Categoria
SHEILA DE MELO BORGES Participante Externo
VICTOR ZUNIGA DOURADO Docente - PERMANENTE
KARINA GRAMANI SAY Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não