Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
DISTÚRBIOS DA COMUNICAÇÃO HUMANA (FONOAUDIOLOGIA) (33009015026P3)
PERCEPÇÃO DE FALA COM PRÓTESES AUDITIVAS EM IDOSOS SEM EVIDÊNCIAS DE ALTERAÇÕES COGNITIVAS
FERNANDA CORRAL DA FONSECA
DISSERTAÇÃO
29/04/2015

Introdução: A perda de audição resultante do envelhecimento, denominada presbiacusia, é caracterizada como uma lesão do sistema auditivo, que leva a uma perda auditiva neurossensorial simétrica, progressiva com a idade, de grau e severidade variáveis. A presbiacusia causa um impacto devastador no processo de comunicação do indivíduo levando, muitas vezes, ao isolamento da pessoa idosa. A adaptação de próteses auditivas tem como função amplificar os sinais sonoros do ambiente na tentativa de restabelecer a audição. Indivíduos com perda auditiva, usuários de próteses auditivas ou não, devem ser avaliados em situações próximas às experienciadas na comunicação diária com estímulos verbais e não verbais. Objetivo: Verificar, por meio da avaliação audiológica comportamental do processamento auditivo, com e sem próteses auditivas segundo a idade e do questionário de auto avaliação o desempenho de idosos usuários de próteses auditivas dispensadas pelo SUS. Material e método: Este estudo que obteve a aprovação da Plataforma Brasil por meio do número 08316012.3.0000.5505 foi realizado no Núcleo Integrado de Assistência, Pesquisa e Ensino em Audição (NIAPEA) do Departamento de Fonoaudiologia da Universidade Federal de São Paulo. Foram selecionados 30 idosos, com idade igual ou superior a 60 anos, com deficiência auditiva neurossensorial simétrica, de grau moderado bilateral, usuários de próteses auditivas micro canais bilateralmente há três meses distribuídos em dois grupos: G1 com idades entre 60 e 69 anos (46,7%) e G2 70 anos ou mais (53,3%). Após concordarem em participar da pesquisa e assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Foram aplicados os testes: teste Listas de sentenças em português (LSP), teste Gaps in Noise (GIN), teste de Identificação de Sentenças Dicóticas (DSI - Dichotic Sentence Identification), o teste Mini Exame do Estado Mental (MEEM), e o Questionário Internacional de Avaliação dos Aparelhos de Amplificação Sonora Individual – QI-AASI (IOI – HA – International Outcome for Hearing Aids). Resultados: A amostra foi constituída por idosos com diferentes níveis de escolaridade. Dos 30 idosos, apenas 1 (3,4%) apresentou pontuação alterada no MEEM que foi considerado critério de inclusão. A avaliação comportamental do processamento auditivo evidenciou melhora nas respostas nos testes realizados com Próteses Auditivas evidenciando que a amplificação, que possibilita a audibilidade, auxilia o processamento da informação botton up. A pontuação média obtida no QI-AASI (27,9) indicou bom desempenho com as próteses auditivas. A média do datalloging foi de 7 horas de uso diário das próteses auditivas. Conslusão: Conclui-se que idosos fazendo uso de próteses auditivas dispensadas pelo SUS apresentam melhora do mecanismo fisiológico de atenção seletiva e avaliação de resultados satisfatória.

1. Auxiliares de Audição 2. Idosos 3. Perda Auditiva Neurossensorial 4. Testes auditivos 5. Testes de Discriminação de Fala
Introduction: The age-related hearing loss, called presbycusis, is characterized as a lesion in the auditory system, which leads to a symmetrical sensorineural hearing loss, gradual with aging, having variable degree and severity. Presbycusis causes a devastating impact on the individual's communication process, often leading to the isolation of the elderly person. The fitting of hearing aids has the function of amplifying the sound signals in the environment in an attempt to restore hearing. Individuals with hearing loss, hearing aids users or not, should be evaluated in situations similar to the ones experienced in daily communication with verbal and non-verbal stimuli. Objective: Verify, using the behavioral auditory processing evaluation, with and without hearing aids according to age and the self-assessment questionnaire, the performance of elderly users of hearing aids dispensed by SUS (Unified Health System). Material and method: This study was approved by Plataforma Brasil through the number 08316012.3.0000.5505 and was performed in Núcleo Integrado de Assistência, Pesquisa e Ensino em Audição (NIAPEA - Integrated Center for Assistance, Research and Teaching in Hearing) of the Speech Pathology Department of Universidade Federal de São Paulo. 30 seniors were selected, aged over 60 years, with symmetrical sensorineural hearing loss, with a moderate bilateral degree, micro bilateral hearing aids users for three months, divided into two groups: G1, aged between 60 and 69 years (46.7%) and G2, aged 70 or more (53.3%). After agreeing to participate in the research and signed the Free and Informed Consent. The following tests were applied: Listas de sentenças em português (LSP - Lists of sentences in Portuguese), Gaps in Noise (GIN), Dichotic Sentence Identification (DSI), Mini Exame do Estado Mental (MEEM - Mini-Mental State Examination), and the International Outcome for Hearing Aids (IOI – HA). Results: The sample was consisted of elderly people with different levels of education. Of the 30 elderly, only 1 (3.4%) presented a modified score in MEEM that was considered criteria for inclusion. Behavioral auditory processing evaluation demonstrated an improvement in responses in tests with hearing aids highlighting that the amplification, which enables the hearing, assists the processing of the bottom-up information. The average score obtained in the IOI-HA (27.9) indicated good performance with hearing aids. The average data logging was 7 hours of daily use of hearing aids. Conclusion: It was concluded that elderly using hearing aids dispensed by SUS present an improvement of the physiological mechanism of selective attention and evaluation of satisfactory results. xi
-
1
89
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

FONOAUDIOLOGIA
AVALIAÇÃO, PREVENÇÃO E TRATAMENTO DOS DISTÚRBIOS DE AUDIÇÃO POR MEIO DE AUXILIARES DE AUDIÇÃO
-

Banca Examinadora

MARIA CECILIA MARTINELLI
DOCENTE - PERMANENTE
Não
Nome Categoria
KATIA DE ALMEIDA Participante Externo
LILIANE DESGUALDO PEREIRA Docente - PERMANENTE

Vínculo

CLT
Empresa Privada
Empresas
Sim