Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
ECONOMIA (40004015007P7)
A dinâmica recente dos investimentos públicos federais (2003-2013)
RAFAEL MONTANARI DURLO
DISSERTAÇÃO
23/02/2015

Em conformidade com a teoria de Keynes e Kalecki, os investimentos públicos devem ser estimulados por terem os mesmos efeitos dos investimentos privados, contribuindo de maneira direta para a evolução do produto das economias capitalistas. No Brasil, esta afirmação se traduz na destinação de recursos para os investimentos federais, através dos orçamentos componentes do orçamento federal. A alocação de receitas para inversões aumentou consideravelmente no período para os qual os dados estão disponíveis, de 2003 a 2013. A dinâmica deste aumento esteve muito atrelada ao ambiente político e à conjuntura econômica. Ao longo dos onze anos estudados, o investimento público federal deixou de ser coadjuvante nas despesas primárias do governo central para assumir papel principal no crescimento, principalmente quando o país foi atingido pela crise financeira internacional, no fim de 2008 e início de 2009. A alteração de ministro da fazenda, em 2006, representou uma mudança ideológica na condução da gestão fiscal, que foi pano de fundo para o crescimento das inversões federais em proporção do PIB. Contudo, as constantes reduções na taxa de crescimento do investimento público, no fim do período, colocaram em dúvida a continuidade desta política. São necessários novos dados e tempo para que novas conclusões sejam apresentadas. A metodologia utilizada no desenvolvimento da pesquisa foi revisão bibliográfica por artigos, revistas e jornais especializados, além da pesquisa documental de documentos oficiais, análise quantitativa e qualitativa dos dados e a análise gráfica descritiva.

Investimento público federal, orçamentos federal, metas de superávit primário, crescimento econômico.
In accordance with the Keynes and Kalecki theories, public investment should be encouraged to have the same effects of private investment, contributing directly to the evolution of the product of capitalist economies. In Brazil, this statement is reflected in the allocation of funds for federal investments, budgets through the components of the federal budget. The allocation of revenues to investments increased significantly over the period for which data are available from 2003 to 2013. The dynamics of this increase was closely tied to the political environment and economic conditions. Over the eleven years studied, the federal public investment is no longer supporting the primary expenditure of the central government to take lead role in the growth, especially when the country was hit by the financial crisis in late 2008 and early 2009. The amendment of finance minister in 2006, represented an ideological shift in the conduct of fiscal management, which was the backdrop for the growth of federal investments to GDP. However, the constant reductions in the growth rate of public investment at the end of the period, questioned the continuation of this policy. Are necessary new data and more time for new findings can be presented. The methodology used in the research was literature review for articles, magazines and trade journals, in addition to the documentary research of official documents, quantitative and qualitative data analysis and descriptive graphical analysis.
Federal Public investment, federal budgets, primary surplus targets, economic growth.
1
100
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

TEORIA ECONÔMICA
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
-

Banca Examinadora

JOAQUIM MIGUEL COUTO
Sim
Nome Categoria
LUCIANA APARECIDA BASTOS Participante Externo
MARIA DE FATIMA GARCIA Docente

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 24

Vínculo

-
-
-
Não