Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
RECURSOS HIDRICOS E SANEAMENTO (26001012019P6)
O Brasil no contexto do gerenciamento de áreas contaminadas: um olhar crítico para as regiões desiguais do país
ANTONIA ANGELICA CORREIA DE ARAUJO MOURA
DISSERTAÇÃO
16/06/2014

Atualmente o mundo discute a problemática da contaminação do solo e busca gerenciar essa contaminação de forma que os riscos relacionados aos danos ambientais e a saúde da população possam ser minimizados. Neste trabalho foi avaliada a situação dos Estados brasileiros em relação ao nível de gerenciamento de suas áreas contaminadas, de acordo com a aplicação dos critérios e diretrizes da Resolução CONAMA 420/09. Foram obtidas informações junto aos órgãos ambientais estaduais através de consultas aos seus sítios eletrônicos, de contatos telefônicos e da aplicação de um questionário específico. O maior nível de gerenciamento foi encontrado na região Sudeste. Considerando-se o nível de industrialização em cada Estado, bem como sua densidade demográfica, foi feita uma análise de risco dos impactos ambientais ocasionados pela contaminação do solo em virtude do desempenho de cada Estado em relação ao nível de gerenciamento de suas áreas contaminadas. O risco foi considerado crítico nos Estados do Ceará, Pernambuco, Bahia, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, e no Distrito Federal. Os Estados brasileiros apresentam uma grande desigualdade em relação à aplicação das diretrizes da Resolução CONAMA 420/09. Nas regiões em processo de industrialização, como o Nordeste, é preciso avançar nas práticas de gestão da qualidade do solo, sob pena de repetirem-se os injustificáveis danos ao meio ambiente e à saúde pública que ocorreram nas regiões industrializadas em décadas passadas.

Contaminação do Solo. Gerenciamento de Áreas Contaminadas. CONAMA 420/2009. Análise Preliminar de Perigo.
Currently the world discusses the problem of soil contamination and seeks to manage such contamination so that risks related to environmental damage and population health can be minimized. In this work the situation of Brazilian states in relation to the level of contaminated site management, according to the application of the criteria and guidelines of CONAMA 420/09 Resolution was evaluated. Information was obtained from the state environmental agencies through consultations in their electronic websites, telephone contacts and the application of a specific questionnaire. The highest level of management was found in the Southeast region. Considering the level of industrialization in each state as well as its population density, a risk analysis of the environmental impacts caused by soil contamination due to the performance of each State in relation to the level of contaminated site management was taken. The risk was considered critical in the states of Ceará, Pernambuco, Bahia, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul and the Federal District. Brazilian states have a great inequality in the application of the guidelines of CONAMA 420/09 Resolution. In regions undergoing industrialization, such as the Northeast, progress must be made in soil quality management practices, lest the unjustifiable damage to the environment and public health that have occurred in industrialized regions in past decades is repeated.
Soil contamination, Contaminated site management, CONAMA 420/09, Preliminary Hazard Analysis.
1
36
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

RECURSOS HIDRICOS E SANEAMENTO
PLANEJAMENTO E GESTÃO AMBIENTAL
-

Banca Examinadora

ROBERTO AUGUSTO CAFFARO FILHO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
MARIA INES ZANOLI SATO Participante Externo
KARINA RIBEIRO SALOMON Docente - PERMANENTE

Vínculo

-
-
-
Não