Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
LETRAS (40002012012P8)
OS FILMES DE PAPEL DE ANDRÉ DE LEONES: QUANDO LITERATURA E CINEMA SE ENCONTRAM
GUSTAVO RAMOS DE SOUZA
DISSERTAÇÃO
26/08/2014

Esta dissertação nasceu da seguinte inquietação: compreender como a ficção brasileira contemporânea tem absorvido e reelaborado a contaminação que sofre do cinema. Afinal, tendo em vista o lugar-comum segundo o qual vivemos atualmente na “sociedade da imagem”, nossa preocupação é examinar de que modo a literatura mimetiza a linguagem cinematográfica, joga com suas propriedades, tenta se fazer cinema. Para tanto, optamos por dividir o texto em três partes. Primeiramente, visamos demonstrar como o cinema surgiu na incipiente sociedade do espetáculo do século XIX e tornou-se uma autêntica forma de arte ao criar uma linguagem própria, a qual foi sedimentada no cinema clássico, entrou em crise no cinema moderno e se emancipou no “pós-cinema”. Em seguida, por meio da intermidialidade, investigamos como se dá o fenômeno da hibridização entre cinema e literatura, além de buscarmos o instrumento metodológico para a análise ulterior das obras que compõem o nosso corpus. Por fim, com base nas discussões anteriores, a nossa intenção é analisar os romances Hoje está um dia morto (2005) e Como desaparecer completamente (2010), ambos de autoria do escritor goiano André de Leones. É importante ressaltar que, embora busquemos verificar a presença da linguagem cinematográfica em obras literárias, não é de nosso interesse analisar obras fílmicas comparativamente, ou seja, o cinema é visto apenas de uma perspectiva teórica; afinal, o que nos interessa é o objeto literário.

André de Leones. Literatura contemporânea. Cinema. Intermidialidade.
This dissertation is the result of the following concern: understanding how the contemporary Brazilian fiction has been absorbing and reworking the contamination that it suffers from film language. After all, owing to the cliché accoding to which we currently live in the “society of images”, our concern is to examine how the literature imitates the film language, plays with its properties and tries to become cinema. To this end, we chose to divide the text into three parts. Firstly, we aim to demonstrate how cinema emerged into the incipient society of spectacle of the nineteenth century and became a genuine art form after creating its own language, which was sedimented in the classical cinema and got into crisis in modern cinema, and was emancipated in the “post-cinema”. Then, through intermediality, we investigate how the phenomenon of hybridization between film and literature happens, besides seeking the methodological tool for the ulterior analysis of the works that compose our corpus. Finally, based on the previous discussions, our intention is to analyze the novels Hoje está um dia morto (2005), and Como desaparecer completamente (2010), both written by writer André de Leones, born in Goiás. It’s important to note that, although we seek to verify the presence of film language in literary works, it’s not our interest to comparatively analyze film works, i.e., cinema is seen only from a theoretical perspective; after all, we are interested in the literary object.
André de Leones. Contemporary literature. Cinema. Intermediality.
1
200
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

LITERATURA COMPARADA
INTERMEDIALIDADES E NOVAS FORMAS ARTÍSTICAS
O PROCESSO DE CRIAÇÃO: OS TEXTOS DOS ARTISTAS

Banca Examinadora

REGINA CELIA DOS SANTOS
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
CLELIA MARIA LIMA DE MELLO E CAMPIGOTTO Participante Externo
CLAUDIA CAMARDELLA RIO DOCE Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 24

Vínculo

-
-
-
Não