Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
CIÊNCIAS DA SAÚDE APLICADAS À REUMATOLOGIA (33009015031P7)
Tradução, Adaptação Cultural e Reprodutibilidade do Questionário Oxford Shoulder Score para a Língua Portuguesa.
EIDER DA SILVA LIMA
DISSERTAÇÃO
11/02/2015

Objetivos: Traduzir, adaptar à cultura brasileira e testar a reprodutibilidade do questionário Oxford Shoulder Score (OSS). Métodos: Primeiramente, o OSS foi traduzido para o português por dois professores de inglês e depois foi retraduzido para o inglês por dois professores nativos da língua inglesa. Essas traduções foram revisadas por um comitê para estabelecer a versão brasileira do OSS. A primeira versão foi aplicada em 30 pacientes com artrite reumatoide e dor no ombro para testar a adaptação cultural. A validade e reprodutibilidade do OSSBrasil foram aplicadas em outros 30 pacientes com artrite reumatoide e dor no ombro, ambos os gêneros com idade entre 18 a 65 anos. A reprodutibilidade interavaliador e teste reteste foram testados. A escala numérica de dor (END) no ombro; a versão brasileira do (OSS); Disabilities of the Arm, Shoulder and Hand Scale (DASH); Health Assessment Questionnaire (HAQ) e o Short Form-36 (SF- 36) foram aplicados. Resultados: Todos os pacientes compreenderam o questionário, sendo assim a primeira versão foi considerada a versão brasileira final do OSS. O valor de alfa de Cronbach foi 0,957. A correlação intraclasse intraavaliador e interavaliador foi 0,917 e 0,861, respectivamente. O coeficiente de Spearman mostrou alto nível de correlação do OSS-Brasil com os questionários HAQ (-0,663), DASH (-0,731) e os domínios do SF-36: capacidade funcional (0,589); aspectos físicos (0,507); dor (0,624); estado geral de saúde (0,444); vitalidade (0,634); saúde mental (0,578). Conclusão: A versão brasileira do OSS foi traduzida e adaptada com sucesso, com uma boa consistência interna, confiabilidade e validade de construção

1. Tradução; 2. Validação; 3. Qualidade de vida; 4. Dor no ombro; 5. Questionários
-
-
1
85
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

TERAPÊUTICA REUMATOLÓGICA
COLUNA VERTEBRAL E REABILITAÇÃO
TRADUÇÃO, ADAPTAÇÃO CULTURAL E REPRODUTIBILIDADE DO QUESTIONARIO “OXFORD SHOULDER SCORE” PARA A LINGUA PORTUGUESA

Banca Examinadora

ANAMARIA JONES MARTINEZ
Não
Nome Categoria
NICOLA ARCHETTI NETTO Participante Externo
LUCIA STELLA SEIFFERT DE ASSIS GOULART Participante Externo
MARIA ELISABETE GUAZZELLI Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Bolsa de Mestrado GM e Doutorado GD 24

Vínculo

Colaborador
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Não