Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Ensino de Ciências da Natureza (31003010085P0)
Elaboração, Aplicação e Avaliação de Material de Apoio para Aprendizagem de Química do Colégio Estadual Walter Orlandini.
LUCIANO PERES DE CASTRO
DISSERTAÇÃO
09/12/2014

Neste trabalho, através de questionários diagnósticos realizados com professores e alunos do Colégio Estadual Walter Orlandini (CEWO) constatou-se que a pouca utilização do laboratório de Química do colégio devia-se, principalmente, a falta de material de apoio à experimentação. Pelo fato do laboratório ser considerado pelos docentes e discentes do CEWO um importante recurso didático na melhoria do ensino-aprendizagem de Química, foi elaborado materiais de apoio às aulas experimentais dos três anos do Ensino Médio desse colégio fundamentados nos aportes teóricos da aprendizagem significativa crítica de Marco Antonio Moreira e epistemológicos de Gaston Bachelard. O caderno do professor possui orientações para organização e desenvolvimento de atividades laboratoriais que foram testadas no ano de 2013 e 2014. Os cadernos de experimentos dos alunos foram escritos de forma simples visando a autonomia dos alunos nas atividades experimentais e na liberdade de ação do professor para que o ensino se tornasse socialmente ativo. Nesses cadernos os alunos desenvolverão a aprendizagem investigativa, anotarão e analisarão dados, elaborarão hipóteses e pré-conclusões, desenvolverão a capacidade de argumentação numa relação dialógica com o professor no intercâmbio de ideias e na construção do conhecimento. Os cadernos de conclusões dos alunos foram elaborados para que os alunos possam desenvolver uma aprendizagem investigativa e crítica pós-atividade experimental, buscando as implicações CTSA do estudo realizado, a alfabetização científica e a leitura de novas fontes de informação. A aplicação dos cadernos de atividades experimentais iniciou -se em 2013 para 227 alunos distribuídos em duas turmas do primeiro ano, uma do segundo e três turmas do terceiro ano. Já em 2014 as atividades práticas foram realizadas com 223 alunos distribuídos em uma turma do primeiro ano, duas do segundo e três turmas do terceiro ano. Através de questionário os materiais de apoio foram avaliados por todos os professores de Química do diurno do CEWO constatando que 100% dos professores avaliaram positivamente o trabalho desenvolvido. Os cadernos de experimentos também foram avaliados pelos alunos de 2013 e observou-se que a maioria dos discentes aprovou o material de apoio. Uma breve percepção da contribuição dos materiais de apoio foi realizada comparando o índice de aprovação do ano de 2012, ano em que não foi aplicada a metodologia desenvolvida, e do ano de 2013, ano em que os materiais de apoio foram usados; bem como a análise das anotações dos alunos registradas em seus Cadernos de Conclusão. Dessas análises podemos considerar de forma geral que houve melhoria e/ou motivação no aprendizado de Química dos alunos do CEWO.

Ensino de Química; Experimentação; Ensino e aprendizagem.
In this paper, through diagnostic surveys conducted with teachers and students of the Public High School Walter Orlandini (CEWO) it was found that the low use of chemical laboratory of the school was due mainly to the lack of support for experimental purposes. Because the laboratory may be considered by teachers and students of CEWO an important teaching tool in improving the teaching / learning of chemistry, was developed to support experimental classes three series of High School this college, based in the framework of meaningful learning of critical theory of the Marco Antonio Moreira and epistemological Gaston Bachelard. The teacher's notebook has guidelines for the organization and development of laboratory activities that were tested in 2013 and 2014. The notebooks of student experiments writings were simply seeking the autonomy of students in experiential activities and freedom of action of the teacher for that teaching became socially active. In these notebooks, the students will develop investigative learning, will note and analyze data, prepare hypotheses and pre-conclusions, develop the ability to reason in a dialogic relationship with the teacher in the exchange of ideas and knowledge construction. The notebooks of conclusions students were elaborated to allow students to develop a critical and investigative learning after experimental activity, seeking the CTSA implications of the study, the scientific literacy and reading new information sources. The application of experimental activities notebooks began in 2013 to 227 students divided into: two classes of the first year, one class of the second year and three classes of the third year. Already in 2014 the practical activities were conducted with 223 students divided into one class of the first year, two classes the second and three classes of the third year. Through questionnaire support materials were evaluated by all CEWO’s teachers of chemistry at the day-shift., noting that 100% of teachers evaluated the work positively. The notebooks experiments were also evaluated by the students of 2013 and it was observed that most of the students approved. A brief insight of the contribution of the support materials was performed by comparing the approval ratings of the year 2012, the year in which the methodology was not applied, and the year 2013, in which the supporting materials were used; as well as analysis of the notes of the students registered in its of conclusion notebooks. These analyzes can be considered that there was improvement and / or motivation of the students in the chemistry of CEWO learning.
Chemistry Teaching; Experimentation; Teaching and learning
1
409
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

Contexto

ENSINO DE QUÍMICA (EQ)
EQ-ENSINO APRENDIZAGEM
AS PRÁTICAS EDUCATIVAS EM ENSINO DE QUÍMICA

Banca Examinadora

CARLOS MAGNO ROCHA RIBEIRO
Sim
Nome Categoria
PEDRO IVO CANESSO GUIMARAES Participante Externo
LUCIDEA GUIMARAES REBELLO COUTINHO Docente
FATIMA DE PAIVA CANESIN Docente

Vínculo

Servidor Público
Ensino e Pesquisa
Sim