Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
RECURSOS HIDRICOS E SANEAMENTO (26001012019P6)
Análise de critérios para definição de vazão de restrição para o controle do escoamento superficial urbano. Estudo de caso: bacia hidrográfica do riacho do sapo, Maceió-AL
GUSTAVO JOSE ROCHA PEPLAU
DISSERTAÇÃO
15/03/2013

No Brasil, a necessidade de estabelecer regulamentação para minimizar os alagamentos em bacias hidrográficas urbanas originou diversas iniciativas para controle do escoamento superficial. Um exemplo é o uso da vazão específica de restrição (valor máximo de vazão que uma área pode gerar após a ocupação, por unidade de área). Este trabalho propõe a capacidade máxima de cursos d’água urbanos como referência para a sua definição e realiza uma análise do método racional quando usado o mesmo propósito e com o cenário de pré-urbanização. Foram realizadas três fases principais: aplicação do modelo SWMM em uma bacia urbana (modelagem), simulação do cenário atual de uso do solo para descobrir capacidades máximas e a apreciação do Método Racional quando aplicado à cidade de Maceió. Os valores obtidos de vazão de restrição e de coeficiente de escoamento, ambos para o cenário atual quanto para o de pré-urbanização, foram comparados com aqueles alcançados para a cidade de Porto Alegre-RS. Para o método racional, verificou-se que deve haver um cuidado na adoção do valor do coeficiente de escoamento para a vazão específica de restrição de pré-urbanização, pois os valores obtidos mostraram-se restritivos para a adoção em sistemas de drenagem já consolidados. Por fim, a adoção de uma vazão específica a partir da capacidade do sistema de drenagem mostrou-se uma opção plausível, particularmente em bacias urbanas com curso d’água principal canalizado e cenário atual de uso do solo comercial e residencial bem consolidado.

Drenagem Urbana, Controle de escoamento superficial, SWMM
In Brazil, the need to establish regulations to minimize flooding in urban catchments led several initiatives to control the generation of the surface runoff. An example is the specific discharge for restriction (maximum value an area can generate after the occupation, per unit area). This dissertation proposes the capacity of urban watercourses as reference for its definition and also it performs an analysis of the rational method when used for the same purpose at a pre-urban scenario. There were three main steps: application of the SWMM model at an urban catchment (modeling), simulation of the current land use scenario to find maximum capacities and the assessment of the rational method when applied in Maceió, Alagoas, Brasil. The values of discharge for restriction and runoff coefficient, both at current and pre-urban scenario, was compared to that reached for Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. For the rational method, one should be careful with the adoption of the runoff coefficient value for pre-urban scenario; the values were considered restrictive for adoption in drainage systems already established. Finally, the adoption of a specific discharge for restriction from drainage system capacity at an urban catchment was considered a likely option, particularly in catchments with lined main watercourse and current land use scenario residential and commercial well estabilished.
Urban dreinage, Runoff control, SWMM
1
126
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

RECURSOS HIDRICOS E SANEAMENTO
MODELAGEM DE SISTEMAS AMBIENTAIS
H2URB: Indicadores de eficiência quali-quantitativos de drenagem em bacias urbanas e peri-urbanas

Banca Examinadora

MARLLUS GUSTAVO FERREIRA PASSOS DAS NEVES
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
MARCIO BENEDITO BAPTISTA Participante Externo
VLADIMIR CARAMORI BORGES DE SOUZA Docente - PERMANENTE
CHRISTOPHER FREIRE SOUZA Docente - PERMANENTE

Vínculo

Servidor Público
Empresa Pública ou Estatal
Ensino e Pesquisa
Sim