Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
Ecologia e Evolução (33009015076P0)
Custos e benefícios da deserção temporária do cuidado paternal em Thoropa taophora (Anura: Cycloramphidae
RAFAEL CAMARGO CONSOLMAGNO
DISSERTAÇÃO
25/03/2014

RESUMO O cuidado parental aumenta a sobrevivência da prole, mas pode promover uma diminuição na sobrevivência e sucesso reprodutivo dos indivíduos parentais. A deserção temporária é uma estratégia que atenua custos do cuidado ao preço de comprometer a sobrevivência da prole. Neste trabalho utilizamos Thoropa taophora, um anuro que desova sobre filetes d’água em costões rochosos e apresenta cuidado paternal, como modelo de estudo para quantificar custos e benefícios da deserção temporária. Testamos as seguintes hipóteses: (1) a deserção temporária é maior de dia, especialmente em sítios expostos à incidência do sol; (2) a deserção temporária minimiza a perda hídrica dos machos durante o dia, especialmente em sítios expostos; (3) o número de ovos consumidos é maior durante o dia, especialmente em sítios expostos. Para testar a hipótese (1), registramos a presença dos machos sobre suas desovas ao longo de 3 dias. Para testar a hipótese (2), realizamos um experimento de perda hídrica expondo, no costão, modelos de ágar (com tamanho e forma de um macho adulto) por períodos de 3 h, tanto de dia quanto de noite. Para testar a hipótese (3), estimamos as taxas naturais de predação diurna e noturna e realizamos um experimento de remoção de machos guardiões por 48 h. Os resultados indicam que a deserção foi maior de dia e em sítios expostos. A perda hídrica foi maior de dia e esteve positivamente relacionada com a temperatura e negativamente relacionada com a umidade do ar. Apesar da alta frequência de deserção diurna, a predação de ovos de dia foi menor do que de noite. Na ausência completa do guardião, a predação foi ainda maior durante a noite, promovida principalmente por coespecíficos juvenis e adultos. Em conclusão, a deserção diurna do cuidado paternal em T. taophora parece proporcionar benefícios fisiológicos relacionados à diminuição da perda hídrica dos machos e impõe custos relativamente baixos em termos de mortalidade de ovos. Palavras-chave: cuidado à prole, microclima, perda hídrica, predação de ovos, reprodução, sítio reprodutivo 

cuidado à prole, microclima, perda hídrica, predação de ovos, reprodução, sítio reprodutivo 
ABSTRACT Parental care increases offspring survival, but may promote a decrease in parental survival and reproductive success. Temporary brood desertion is a strategy that mitigates the costs of parental care at the cost of compromising offspring survival. In this study, we used Thoropa taophora, an anuran species with paternal care that lays eggs on wet stripes on rock cliffs, as a model organism to quantify the costs and benefits of temporary brood desertion. We tested the following hypotheses: (1) temporary broad desertion is higher during the day, especially in sites exposed to sunlight, (2) temporary brood desertion minimizes water loss of brooding males during the day, especially in sites exposed to sunlight, (3) the number of eggs consumed by predators is higher during the day, especially in exposed sites. To test hypothesis (1), we recorded the presence of brooding males on their breeding sites during three days. To test hypothesis (2), we conducted an experiment estimating water loss by exposing agar models (with exactly the same size and shape of an adult male) on the rock cliffs for periods of 3 h, both during the day and at night. To test hypothesis (3), we estimated the natural rates of predation during day and at night, and also conducted an experiment removing brooding males for 48 h. Our results show that temporary brood desertion was higher during the day and on exposed sites. Water loss was higher during the day, and it was positively correlated with temperature and negatively correlated with humidity. Despite the high frequency of daytime desertion, egg predation was lower during the day than at night. In the absence of paternal care, predation was even higher at night, and it was mainly promoted by juvenile and adult conspecifics. In conclusion, daytime desertion of paternal care in T. taophora seems to provide physiological benefits decreasing the water loss of brooding males, and imposes relatively low costs in terms of egg mortality. Key-words: offspring desertion, water stress, parental investment, egg predation, reproduction
offspring desertion, water stress, parental investment, egg predation, reproduction
01
38
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

ECOLOGIA E EVOLUÇÃO
PADRÕES E PROCESSOS ECOLÓGICOS
ECOLOGIA DE PAISAGENS

Banca Examinadora

CINTHIA AGUIRRE BRASILEIRO
DOCENTE - PERMANENTE
Não
Nome Categoria
JOAO MIGUEL DE BARROS ALEXANDRINO Docente - PERMANENTE
FERNANDO RIBEIRO GOMES Participante Externo
EDUARDO DA SILVA ALVES DOS SANTOS Participante Externo

Vínculo

CLT
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Não