Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
RECURSOS HIDRICOS E SANEAMENTO (26001012019P6)
Influência da adição de água de produção pré-ozonizada em reator anaeróbio com biomassa imobilizada tratando esgoto sanitário
JOAO PAULO DA SILVA SIQUEIRA
DISSERTAÇÃO
24/05/2013

Água produzida, assim chamada por estar associada à produção do petróleo, é um subproduto indesejável que está sempre presente nas extrações do petróleo. Este resíduo se destaca, pelo volume gerado, toxicidade e elevada salinidade. Estas características implicam em difícil tratabilidade por processos biológicos, sendo necessário um pré-tratamento e/ou a sua diluição com outro resíduo a fim de aumentar a sua biodegradabilidade. Desta forma esta pesquisa propõe uma alternativa de tratamento para água de produção de petróleo em reator biológico sob condição anaeróbia precedida de tratamento por pré-ozonização. A água de produção pré-ozonizada (APPOz) foi misturada a um substrato sintético simulando esgoto sanitário (SES) em proporções crescentes, em 5 fases operacionais. Um reator anaeróbio com biomassa imobilizada operado em bateladas sequenciais (RBSBIan) com ciclos de 24 horas era alimentado diariamente com 8 L da mistura (APPOz+SES). Os resultados mostraram um valor médio de 75% de remoção de matéria orgânica em termos de DQO, para a fase 1 (sem adição de APPOz). Nas fases subsequentes verificou-se que a eficiência decrescia com o aumento do percentual de adição de APPOz, com valores de 73%, 64%, 47% e 23% para as fases 2 (2% de APPOz), 3 (5% de APPOz), 4 (8% de APPOz) e 5 (10% de APPOz), respectivamente. Comportamento semelhante foi verificado no processo de amonificação. As constantes cinéticas de decaimento de matéria orgânica e de amonificaçao confirmaram a inibição do processo anaeróbio. Mesmo assim, o estudo do perfil temporal de amonificação e decaimento da matéria orgânica mostraram que o tempo de reação da batelada podia ser reduzido de 22 para 8 horas. Esses resultados permitiram concluir que 5% é o maior percentual de diluição de APPOz em SES, para que o RBSBIan opere com estabilidade e eficiência de remoção de DQO superior 60%. A inibição do processo anaeróbio pode ser atribuída ao estresse osmótico causado pela elevada salinidade, que nas fases 4 e 5 eram respectivamente de 7,9 gCl-.L-1 e 11,7 gCl-.L-1.

Água de produção de petróleo, biodegradabilidade, pré-ozonização e tratamento anaeróbio.
Produced water, so called because it is associated with oil production, is an undesirable by-product that is always present in the extraction of oil. This residue is highlighted by the volume generated, toxicity and high salinity. These features imply hard treatability by biological processes, necessitating a pretreatment and / or dilution thereof with another residue to enhance their biodegradability. Thus this research proposes an alternative treatment for water oil production in biological reactor under anaerobic condition treatment preceded by pre-ozonation. The water pre-production ozonated (WPPOz) was mixed with a synthetic substrate simulating sewage (SSS) in increasing proportions in 5 operational phases. An anaerobic reactor with immobilized biomass operated sequencing batch (RBSBIan) cycles with 24 hours was fed daily with 8 L of the mixture (WPPOz + SSS). The results showed an average 75% removal of organic matter in terms of COD for stage 1 (no addition of WPPOz). In the subsequent phases has been found that the efficiency decreased with the increase of the percentage addition WPPOz, with values of 73%, 64%, 47% and 23% for stages 2 (2% WPPOz), 3 (5% WPPOz) 4 (8% WPPOz) and five (10% WPPOz), respectively. Similar behavior was observed in the process of ammonification. The kinetic constants of the decay of organic matter and ammonification confirmed the inhibition of anaerobic process. Nevertheless, the study of the temporal profile of ammonification and decay of organic matter showed that the batch reaction time could be reduced from 22 to 8 hours. These results showed that 5% is the highest percentage of dilution WPPOz in SSS for the RBSBIan operates with stability and COD removal efficiency exceeding 60%. The inhibition of anaerobic process may be attributed to osmotic stress caused by high salt, in that steps 4 and 5 were respectively 7.9 gCL-.L-1 and 11.7 gCL-.L-1.
anaerobic treatment, biodegradability, pre-ozonation and water oil production.
1
95
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

RECURSOS HIDRICOS E SANEAMENTO
PLANEJAMENTO E GESTÃO AMBIENTAL
RESÍDUOS LÍQUIDOS DO NORDESTE - RELINE/UFAL 5

Banca Examinadora

NELIA HENRIQUES CALLADO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
EDUARDO LUCENA CAVALCANTE DE AMORIM Docente - PERMANENTE
MARCIA HELENA RISSATO ZAMARIOLLI DAMIANOVIC Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Sim