Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
RECURSOS HIDRICOS E SANEAMENTO (26001012019P6)
ASSOCIAÇÃO DE TRATAMENTO FÍSICO-QUÍMICOS PARA REMOÇÃO DE MATÉRIA ORGÂNICA E COR DE CHORUME ESTABILIZADO PRODUZIDO NO LIXÃO DA CIDADE DE MACEIÓ
VALESKA CAVALCANTE DA COSTA
DISSERTAÇÃO
20/12/2010

O aterro sanitário é o método mais empregado para a disposição final dos resíduos sólidos urbanos (RSU) no mundo. Ao serem enterrados os mesmos sofrem processos físico-químicos e biológicos, provocando a degradação da fração orgânica que, juntamente com água da chuva, são os responsáveis pela geração de um líquido altamente contaminado, denominado chorume. O tratamento desse efluente é um dos desafios do gerenciamento dos RSU, visto que o mesmo apresenta características de um poluidor em potencial, além de ser de difícil tratamento. Na tentativa de atenuar os problemas ambientais causados por este lixiviado, pesquisadores vêm estudando diferentes técnicas de tratamento. A escolha da técnica mais adequada depende de vários fatores, exigindo muitas vezes a associação de mais de uma técnica para que a qualidade do efluente final atinja os padrões requeridos. Neste estudo três tratamentos físico-químicos foram avaliados, isoladamente e combinados, na remoção da cor verdadeira e demanda química de oxigênio (DQO) do chorume. O chorume objeto do estudo foi coletado no lixão de Maceió, cuja caracterização mostrou que o mesmo é um poluidor em potencial, não podendo ser lançado em corpos d’água receptores, sem prévio tratamento, sob pena de gerar grandes impactos ambientais. Esses dados também mostraram que esse resíduo é recalcitrante, devido à baixa relação DBO/DQO e a alta concentração de nitrogênio amoniacal e, possivelmente, resistente ao tratamento biológico. Os tratamentos físico-químicos estudados, acidificação, coagulação e adsorção em carvão ativado, mostraram-se capazes de remover uma grande parcela de DQO e cor deste lixiviado. A análise dos resultados da combinação dos três processos mostrou que, para os níveis utilizados, todas as variáveis estudadas foram significativas sobre as respostas avaliadas. A combinação dos processos envolvidos que resultou em maior remoção de matéria orgânica e cor do chorume se deu em pH 5, concentração de PAC de 500 mg/L e concentração de carvão ativado de 5,0 g/L. Neste caso, as remoções experimentais de cor e DQO foram 99,9% e 88,1%, respectivamente, sugerindo que a combinação dos tratamentos aqui avaliados constitui uma promissora alternativa de tratamento para chorume oriundo de resíduos em estado avançado de degradação.

chorume, coagulação, adsorção, acidificação
-
-
1
82
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

RECURSOS HIDRICOS E SANEAMENTO
TECNOLOGIAS APLICADAS AO MEIO AMBIENTE
-

Banca Examinadora

SELEUDE WANDERLEY DA NOBREGA
DOCENTE - COLABORADOR
Sim
Nome Categoria
IVETE VASCONCELOS LOPES FERREIRA Docente - COLABORADOR
ELIANE BEZERRA CAVALCANTI Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Sim