Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
ECONOMIA (40004015007P7)
O poder de mercado e a formação dos preços da fécula de mandioca: uma análise para as principais regiões produtoras brasileiras
ALINE DE QUEIROZ ASSIS ANDREOTTI PANCERA
DISSERTAÇÃO
06/08/2013

O presente estudo teve como principal objetivo analisar a transmissão nos preços da mandioca e da fécula, abordando as principais regiões produtoras brasileiras e a relação entre produtores de raiz de mandioca e fecularias. Como objetivo específico, identificar seus comportamentos de longo prazo e verificar possíveis assimetrias na transmissão dos preços. As análises das transmissões de preços entre os mercados e o teste de cointegração indicaram que os preços se cointegraram no longo prazo levando à aplicação do Modelo Vetorial de Correção de Erro (VEC). Com o intuito de testar a Lei do Preço Único e o grau de interação entre os mercados, foi imposta a restrição de longo prazo tornando os parâmetros β de ambas variáveis iguais a um. Por meio do teste χ2 foi possível verificar que somente para o Extremo Oeste Paranaense a Lei do Preço Único seria válida. Os testes de cointegração apontaram para o modelo de assimetria entre níveis que as regiões se cointegravam no longo prazo, levando ao uso da metodologia de Modelo Vetorial de Correção de Erro (VEC). Os resultados indicaram relações assimétricas entre os preços da raiz e da fécula para a maioria das regiões analisadas. Portanto, o presente estudo concluiu que os mercados de fécula não eram espacialmente integrados e que o mercado da mandioca e fécula apontaram uma ineficiência competitiva, uma vez que as mudanças nos preços da fécula foram transmitidas diferentemente para o preço da raiz. Palavras chave: mandioca, fécula, transmissão de preços e poder de mercado.

Mandioca. Fécula. Transmissão de preços e poder de mercado
O presente estudo teve como principal objetivo analisar a transmissão nos preços da mandioca e da fécula, abordando as principais regiões produtoras brasileiras e a relação entre produtores de raiz de mandioca e fecularias. Como objetivo específico, identificar seus comportamentos de longo prazo e verificar possíveis assimetrias na transmissão dos preços. As análises das transmissões de preços entre os mercados e o teste de cointegração indicaram que os preços se cointegraram no longo prazo levando à aplicação do Modelo Vetorial de Correção de Erro (VEC). Com o intuito de testar a Lei do Preço Único e o grau de interação entre os mercados, foi imposta a restrição de longo prazo tornando os parâmetros β de ambas variáveis iguais a um. Por meio do teste χ2 foi possível verificar que somente para o Extremo Oeste Paranaense a Lei do Preço Único seria válida. Os testes de cointegração apontaram para o modelo de assimetria entre níveis que as regiões se cointegravam no longo prazo, levando ao uso da metodologia de Modelo Vetorial de Correção de Erro (VEC). Os resultados indicaram relações assimétricas entre os preços da raiz e da fécula para a maioria das regiões analisadas. Portanto, o presente estudo concluiu que os mercados de fécula não eram espacialmente integrados e que o mercado da mandioca e fécula apontaram uma ineficiência competitiva, uma vez que as mudanças nos preços da fécula foram transmitidas diferentemente para o preço da raiz. Palavras chave: mandioca, fécula, transmissão de preços e poder de mercado.
Mandioca. Fécula. Transmissão de preços e poder de mercado
1
120
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

TEORIA ECONÔMICA
ECONOMIA APLICADA
-

Banca Examinadora

ALEXANDRE FLORINDO ALVES
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
MARIO ANTONIO MARGARIDO Participante Externo
JOSE LUIZ PARRE Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 24

Vínculo

CLT
Empresa Privada
Ensino e Pesquisa
Não