Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (BIOLOGIA MOLECULAR) (33009015001P0)
Efeitos inibidores de proteases extraídos de plantas, EcTI, BbKI e CrataBL, sobre o desenvolvimento da agiogenese.
FABRICIO PEREIRA BATISTA
DISSERTAÇÃO
20/12/2013

Embora a angiogenese seja essencial para a progressão de muitas doenças, como o câncer, existem outras condições patológicas, como isquemia, nas quais está reduzida. Assim, são necessários ferramentas terapêuticas que atuem sobre este processo. Apesar.· do pouco conhecimento sobre o controle da angiogênese, sabe-se que o microambiente tecidual e várias proteases exercem grande influência sobre esse evento. Dessa forma, o " objetivo desse trabalho foi investigar o efeito de inibidores de proteases, EcTI , rBbKI e CrataBL, purificados de plantas, sobre os processos que levam à angiogênese. Os resultados indicaram que EcTI 100 urnol/L reduziu 35% da viabilidade de células HUVEC, rBbKI reduziu em 65% e CrataBL aumentou em quase 50%. Além disso, apenas 10 umol/L desta proteína, em ensaio in vitro de formação de tubo, foi capaz de aumentar em 150% o número de estruturas angiogênicas, em contraste com EcTI 100 umol/L e rBbKI 60 urnol/L que reduziram em 30% e 70 %, respectivamente. Além disso, CrataBL atua como um potente quimioatraente, operando como compostos semelhantes ao VEGF, aumentando a migração e invasão celular em ensaio in vitro, enquanto EcTI e rBbKI e reduziram a mobilidade celular. Tomados em conjunto, estes resultados indicam o potencial uso terapêutico de BbKI e EcTI em doenças onde ocorre uma exacerbação do processo angiogênico, tal como o câncer; e CrataBL em doenças relacionadas com a deficiência de perfusão de sangue, como a isquemia e os infartos. XlII

angiogenese;isquemia;cancer;sinalização celular;crataBL;EcTI;7.BbKI
Embora a angiogenese seja essencial para a progressão de muitas doenças, como o câncer, existem outras condições patológicas, como isquemia, nas quais está reduzida. Assim, são necessários ferramentas terapêuticas que atuem sobre este processo. Apesar.· do pouco conhecimento sobre o controle da angiogênese, sabe-se que o microambiente tecidual e várias proteases exercem grande influência sobre esse evento. Dessa forma, o " objetivo desse trabalho foi investigar o efeito de inibidores de proteases, EcTI , rBbKI e CrataBL, purificados de plantas, sobre os processos que levam à angiogênese. Os resultados indicaram que EcTI 100 urnol/L reduziu 35% da viabilidade de células HUVEC, rBbKI reduziu em 65% e CrataBL aumentou em quase 50%. Além disso, apenas 10 umol/L desta proteína, em ensaio in vitro de formação de tubo, foi capaz de aumentar em 150% o número de estruturas angiogênicas, em contraste com EcTI 100 umol/L e rBbKI 60 urnol/L que reduziram em 30% e 70 %, respectivamente. Além disso, CrataBL atua como um potente quimioatraente, operando como compostos semelhantes ao VEGF, aumentando a migração e invasão celular em ensaio in vitro, enquanto EcTI e rBbKI e reduziram a mobilidade celular. Tomados em conjunto, estes resultados indicam o potencial uso terapêutico de BbKI e EcTI em doenças onde ocorre uma exacerbação do processo angiogênico, tal como o câncer; e CrataBL em doenças relacionadas com a deficiência de perfusão de sangue, como a isquemia e os infartos. XlII
angiogenese;isquemia;cancer;sinalização celular;crataBL;EcTI;7.BbKI
1
134
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

BIOQUIMICA
PROTEASES E INIBIDORES DE PROTEASES
PROTEASES NA HEMOSTASIA

Banca Examinadora

MARIA LUIZA VILELA OLIVA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
MARIA APARECIDA DA SILVA PINHAL Docente - PERMANENTE
JULIANA LUPORINI DREYFUSS REGATIERI

Vínculo

-
-
-
Sim