Governo Federal

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
ARTES CÊNICAS (28001010035P0)
A natureza do espetáculo revelador do cidadão dançante:uma experiência de arte educação com a dança na Fundação Cidade Mãe
MARIA DE FATIMA BORGES DO SACRAMENTO
DISSERTAÇÃO
11/03/2008

Esta dissertação de Mestrado apresenta a análise crítica de uma experiência de arteeducação,realizada na Fundação Cidade Mãe, em busca de uma dança para a cidadania. Baseia-se nos estudos póscolonialistas, desconstrucionistas e nas propostas metodológicas de Ivaldo Bertazzo para uma intervenção da dança na construção do sujeito portador de direitos e deveres. Levanta a hipótese de que há um potencial na criação em dança, que produz um espetáculo capaz de restituir para o ator social, o sentimento de pertencimento, propiciando a conquista da sua condição cidadã. Com este propósito foi utilizada uma metodologia que compreendeu várias fases: inicialmentehouve a seleção e organização da bibliografia pertinente. Logo depois, a ação de observação da experiência realizada, seguida pela organização e catalogação dos resultados, fruto da sistematização do trabalho com os sujeitos pesquisados.Toda a pesquisa consolidouse em três capítulos. No primeiro foi abordada a formação histórica da população de Salvador e suas conseqüências no que se refere às desigualdades sociais. No segundo capítulo foi apresentada uma amostra da estrutura organizacional da Fundação Cidade Mãe a partir de uma visão crítica de sua prática pedagógica calcada na formação para a cidadania, dando enfoque à arteeducação.O terceiro capítulo comprova a hipótese levantada, indicando os elementos essenciais capazes de identificar o espetáculo revelador do cidadão dançante. Para fundamentar a construção teórica desta pesquisa foram utilizados autores como: Antônio Risério na história da formação da população baiana; Edward Telles e Hélio Santos nas questões relativas à discriminação racial, social e residencial; Milton Santos e Bader Sawaia no que tange à globalização e exclusão; Michel Foucault com suas teorias sobre o corpo vigiado e punido; Ivaldo Bertazzo como um importante elemento de sustentação das noções do espetáculo e seu conceito de cidadão dançante; Steban Levin e Marcus Vinicius Machado que dão suporte para o entendimento da leitura corporal através da psicomotricidade; Michel Thiollent na orientação do conceito de pesquisaação utilizado neste texto e outros autores que reiteraram esse processo investigativo.

Espetáculo; Ator social; Cidadania; Dança
Esta dissertação de Mestrado apresenta a análise crítica de uma experiência de arteeducação,realizada na Fundação Cidade Mãe, em busca de uma dança para a cidadania. Baseia-se nos estudos póscolonialistas, desconstrucionistas e nas propostas metodológicas de Ivaldo Bertazzo para uma intervenção da dança na construção do sujeito portador de direitos e deveres. Levanta a hipótese de que há um potencial na criação em dança, que produz um espetáculo capaz de restituir para o ator social, o sentimento de pertencimento, propiciando a conquista da sua condição cidadã. Com este propósito foi utilizada uma metodologia que compreendeu várias fases: inicialmentehouve a seleção e organização da bibliografia pertinente. Logo depois, a ação de observação da experiência realizada, seguida pela organização e catalogação dos resultados, fruto da sistematização do trabalho com os sujeitos pesquisados.Toda a pesquisa consolidouse em três capítulos. No primeiro foi abordada a formação histórica da população de Salvador e suas conseqüências no que se refere às desigualdades sociais. No segundo capítulo foi apresentada uma amostra da estrutura organizacional da Fundação Cidade Mãe a partir de uma visão crítica de sua prática pedagógica calcada na formação para a cidadania, dando enfoque à arteeducação.O terceiro capítulo comprova a hipótese levantada, indicando os elementos essenciais capazes de identificar o espetáculo revelador do cidadão dançante. Para fundamentar a construção teórica desta pesquisa foram utilizados autores como: Antônio Risério na história da formação da população baiana; Edward Telles e Hélio Santos nas questões relativas à discriminação racial, social e residencial; Milton Santos e Bader Sawaia no que tange à globalização e exclusão; Michel Foucault com suas teorias sobre o corpo vigiado e punido; Ivaldo Bertazzo como um importante elemento de sustentação das noções do espetáculo e seu conceito de cidadão dançante; Steban Levin e Marcus Vinicius Machado que dão suporte para o entendimento da leitura corporal através da psicomotricidade; Michel Thiollent na orientação do conceito de pesquisaação utilizado neste texto e outros autores que reiteraram esse processo investigativo.
Espetáculo; Ator social; Cidadania; Dança
1
135
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

Contexto

-
-
-

Banca Examinadora

SUZANA MARIA COELHO MARTINS
Sim
Nome Categoria
ELIANA RODRIGUES SILVA Docente

Vínculo

-
-
-
Não