Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Ensino de Ciências da Natureza (31003010085P0)
Inclusão e Ensino de Física: estratégia didática para a abordagem do tema energia mecânica
KARLA SILENE OLIVEIRA MARINHO SATHLER
DISSERTAÇÃO
13/02/2014

De acordo com a Constituição da República Federativa do Brasil, a educação é um direito de todos, o que inclui educandos com necessidades educacionais especiais. Porém, mesmo com os diversos Decretos, Resoluções, entre outros documentos oficiais e o considerável aumento de alunos com necessidades educacionais especiais matriculados na rede regular de ensino, temos visto uma pseudoinclusão ocorrendo no cotidiano escolar. Uma das barreiras à inclusão escolar é o despreparo dos professores, seja em sua formação inicial ou continuada, sendo necessário um repensar da prática docente. Desse modo, apresentamos como objeto de pesquisa um estudo sobre as possibilidades e os obstáculos para um ensino de Física, na Educação Básica, na perspectiva da inclusão de estudantes cegos e/ou com baixa visão nas classes comuns das escolas regulares, de modo a constituir elementos que auxiliem os professores de Física na construção de práticas educativas inclusivas. Para tanto, utilizamos a teoria construtivista de Vygotsky como referencial, pois a mesma traz novamente o professor para o processo de ensino-aprendizagem do aluno, sendo ele o companheiro mais capaz que media a construção do conhecimento desse aluno. Em relação ao ensino de Física, o mesmo ainda se encontra preso ao passado, com aulas expositivas e matematizadas. Contudo, nas últimas décadas, é perceptível um abandono dessas práticas e um avanço na aprendizagem significativa, onde a atividade experimental e os saberes do aluno têm papel importante na produção do conhecimento que é construído na interação sujeito-objeto, através da mediação do outro (professores e colegas) e de signos (linguagem). Quanto à atividade experimental, entendemos que os recursos didáticos facilitam a aprendizagem dos alunos e que o aluno cego tem uma percepção diferente dos fenômenos físicos, porém com mesmo entendimento dos demais alunos. Sendo assim, constitui-se como objetivo desta dissertação a apresentação de uma sugestão didático-metodológica para o ensino do tema Energia Mecânica que permita ao aluno cego o acesso e a construção do conhecimento junto com os demais colegas, ou seja, em classe comum do ensino regular.

Inclusão. Deficiência Visual. Ensino de Física
According to the Constitution of the Federative Republic of Brazil, education is a right for all, including students with special educational needs. However, even with the various decrees , resolutions, and other official documents and the increase of students with special educational needs enrolled or registered in regular education, we observed a pseudo-inclusion occurring in everyday school life. One of the hurdles to school inclusion is the unpreparedness of the teachers, in their initial or continuing formation, so the rethinking about teaching is needed. Thus, we present as research object a study on the possibilities and obstacles for teaching Physics, in Basic Education, in inclusion perspective of the blind and/or with low vision students in ordinary classes of regular schools, in order to constitute elements that help physics teachers in building inclusive educational practices. Therefore, we use the constructivist theory of Vygotsky as reference, because it brings the teacher back to the teaching-learning process of the student, once he is the most capable partner that mediates the construction, student knowledge. In relation to teaching physics, it is still trapped in the past, with expositive and mathematized classes. However, in recent decades, it is perceived abandonment of these practices and advance in meaningful learning, wherein the experiential activity and the student knowledge have an important role in the production of knowledge that is built on the subject-object interaction, through the mediation of others (teachers and colleagues) and signs (language). Regarding experimental activity, we believe that the didactic resources facilitate student learning and the blind student has a different perception of physical phenomena, but with the same understanding of other students. Thus, the objective of this dissertation is the presentation of a didactic-methodological suggestion for the teaching of Mechanical Energy theme which enables the blind student access and knowledge building with other colleagues, in common class of regular education.
Inclusion. Visual disability. Physics Teaching
1
80
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

Contexto

ENSINO DE FÍSICA (EF)
EF-ENSINO APRENDIZAGEM
EDUCAÇÃO INCLUSIVA E A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE FÍSICA

Banca Examinadora

LUCIA DA CRUZ DE ALMEIDA
Sim
Nome Categoria
JOSE ROBERTO TAGLIATI Participante Externo
ISA COSTA Docente
RUTH BRUNO Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não