Governo Federal

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA APLICADAS (31003010058P2)
Protozoários e Coliformes como indicadores de potabilidade de água de fontes alternativas de Petrópolis-RJ
VIVIAN DE SANTANA VAILLANT
DISSERTAÇÃO
05/02/2014

A água representa um importante veículo para a transmissão de diversos organismos patogênicos, sendo sua importância relatada em vários estudos no mundo e no Brasil. A potabilidade da água de consumo é regulamentada pela portaria Nº 2914 de dezembro de 2011 – MS, a qual preconiza ausência de Escherichia coli em 100 mL de amostra e a pesquisa de formas evolutivas de Giardia sp. e Cryptosporidium sp. Em Petrópolis, região Serrana do Rio de Janeiro, a população apresenta o hábito de consumir diretamente a água de fontes alternativas de captação superficial, sem tratamento prévio o que pode vir a representar um risco para aquisição de patógenos de veiculação hídrica. Com base nessa situação, este estudo objetivou pesquisar a contaminação parasitológica e microbiológica de origem fecal em água doce de 22 fontes alternativas de captação superficial da cidade de Petrópolis, Rio de Janeiro, Brasil. Foram coletadas 88 amostras de água, 44 no período de estiagem e 44 no período de chuva para pesquisa de protozoários. Foram filtrados 500L de água em cartuchos Cuno® de porosidade de um micrômetro e também coletados 4L de água, utilizando garrafas PET de capacidade de 2L similar a forma coletada pela população. Foram realizadas as técnicas de Faust e cols, Sheather modificado por Huber, Ritchie modificado por Young adaptado por Cerqueira, para pesquisa parasitológica, ELISA (EnzymeLinked Immuno Sorbent Assay) e Imunofluorescência Direta para pesquisa de Giardia sp. e Cryptosporidium sp. A amostra para pesquisa bacteriológica foi constituída por 200 mL coletadas em frasco estéril para a contagem de coliformes pela determinação do Número Mais Provável, sendo a presença de E. coli confirmada pelo Enterokit B e de bactérias heterotróficas pela técnica de “Pour Plate”. Após a coleta das amostras mediu-se a turbidez de cada fonte. Das 22 fontes estudadas, 13 (59,1%) apresentaram positividade para Giardia sp. e/ou Escherichia. coli., sendo nove no período de chuva, uma no período de estiagem e três em ambos os períodos, não havendo diferença estatisticamente significativa entre os períodos (P<0,05). Em sete fontes houve apenas a positividade por detecção de coproantígenos de Giardia sp. por ELISA. e em duas positividade por imunofluorescência direta. A coleta realizada por filtração em cartucho detectou um maior número de amostras positivas (8/88- 9,1%) em relação a coleta em garrafas plásticas (4/88- 3,4%), porém sem diferença estatisticamente significativa. Todas as fontes apresentaram a contagem de bactérias heterotróficas dentro do parâmetro estabelecido pela legislação e não houve associação entre turbidez e positividade parasitológica. Esses resultados demonstram que as águas de algumas fontes de Petrópolis encontram-se inadequadas para consumo sem tratamento prévio, representando risco para a saúde de seus consumidores. Recomenda-se, portanto, monitoramento periódico por técnicas parasitológicas, imunológicas e bacteriológicas para avaliação adequada das fontes superficiais com sinalização e orientação da comunidade, objetivando atender a melhores condições de vida sem prejuízo aos hábitos culturais locais.

Giardia sp; Cryptosporidium sp. Escherichia coli; Bactérias heterotróficas, água potável; ELISA, Imunofluorescência.
Water can be a vehicle for transmitting many pathogenic organisms and its importance has been reported by several studies in Brazil and around the world. The portability of water for consumption is regulated by the Ministry of Health Decree N0 2914, 2011, December – MS, which recommends the absence of Escherichia coli in 100 mL sample and the research of evolving forms of Giardia sp. and Cryptosporidium sp. In Petrópolis, mountainous region of Rio de Janeiro, the local population has the habit of consuming non treated water straight from alternative sources of superficial catchments, which can represent risk of contamination by waterborne pathogens. Based on that situation, this study is meant to research parasitological and microbiological fecal contamination of freshwater from 22 sources of superficial catchment of Petrópolis, Rio de Janeiro, Brazil. A total of 88 samples of water were collected for protozoa analysis, 44 during dry season and 44 during rainy season. The amount of 500L of water was filtered using one micron porosity Cuno® filter and 4L were collected using 2L PET bottles. Faust et al. techniques were performed, as well as, Sheather modified by Huber, Ritchie modified by Young adapted by Cerqueira for parasitological analysis, ELISA (EnzymeLinked Immuno Sorbent Assay) and Direct Immunofluorescence for Giardia sp. and Cryptosporidium sp. research. The sample for bacteriological research was composed by 200mL collected in sterile vial for coliforms counting by the most probable number method and for the counting of heterotrophic bacteria by “Pour Plate” technique. The turbidity of each source was tested after the sampling. Out of the 22 sources studied, 13 (59.1%) were positive for Giardia sp. and/or Escherichia coli., of which one was collected during rainy season, one during dry season and three during both seasons, with no statistically proved contrast between the seasons (P>0.05).Seven sources were positive only for Giardia sp. coproantigens by ELISA and two sources were positive by Direct Immunofluorescence. The collection by cartridge filtration detected greater amount of positive samples (8/88 – 9.1%) compared to the collection by PET bottles (4/88 – 3.4%), although without significant statistical difference. All sources presented heterotrophic bacteria counting within the parameters designated by legislation and there was no association between turbidity and parasitological positivity. These results evidence that water from some sources of Petrópolis are inappropriate for consumption without previous treatment, presenting with potential health risks to the population. Therefore, it is recommended periodical monitoring and signalizing of the superficial sources and orientation to the community to improve life quality without jeopardizing local cultural habits.
Giardia sp.; Cryptosporidium sp.; Escherichia coli; heterotrophic bacteria, drinking water; ELISA; Immunofluorescence.
1
109
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

Contexto

PARASITOLOGIA
PARASITOLOGIA
PESQUISA PARASITOLÓGICA E COLIFORMES FECAIS DE ÁGUA DOCE NA CIDADE DE PETRÓPOLIS, RIO DE JANEIRO, BRASIL

Banca Examinadora

ADAUTO JOSE GONCALVES DE ARAUJO
Não
Nome Categoria
OTILIO MACHADO PEREIRA BASTOS Docente
MARCO ANTONIO LEMOS MIGUEL Participante Externo
VALMIR LAURENTINO SILVA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 24

Vínculo

-
-
-
Sim