Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
CIÊNCIAS SOCIAIS EM DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE (31002013007P9)
A FORMULAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A JUVENTUDE RURAL NO BRASIL: ATORES E FLUXOS POLÍTICOS NESSE PROCESSO SOCIAL
SERGIO BOTTON BARCELLOS
TESE
16/04/2014

A construção desse problema de pesquisa ocorreu de forma a investigar a configuração de políticas públicas para a juventude rural e como está ocorrendo a inserção dessa agenda política no Estado. Essa construção implica em situar o olhar na situação social dos (as) jovens que vivem no espaço rural e estão se organizando por diversos meios e têm representação em espaços de governo para discutir e formular essas políticas. A questão central colocada para a pesquisa é: como ocorreu o processo de configuração das políticas públicas para a juventude rural no âmbito do governo federal? Esse estudo tem como objetivo geral problematizar, sob diversos prismas, como se configuram, material e simbolicamente, as relações de interdependência nos espaços institucionais do governo federal no Brasil. Buscou-se realizar um resgate histórico sobre a inserção da categoria juventude rural na agenda política do Estado e as influências que as políticas públicas para juventude também exercem sobre esse processo, em especial aquelas voltadas ao desenvolvimento rural e ao crédito fundiário e agrícola. Ao longo da pesquisa são evidenciados os atores presentes nesse processo, a partir de uma observação da dinâmica dos espaços sociais de participação e formulação de políticas públicas para a juventude rural no governo e, especificamente, do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar - Linha Jovem (Pronaf - Jovem) e o Programa Nacional de Crédito Fundiário na linha Nossa Primeira Terra (PNCF - NPT). Sob essa perspectiva, foi importante observar, a partir da inserção do tema juventude rural na agenda política do Estado e respectivamente no processo de formulação das políticas públicas, como ocorreram às relações de interdependência nesse processo de constituição relativo à temática da juventude rural nos espaços institucionais de participação social e formulação dessas políticas públicas (GTJR-CONDRAF e GTPPJR /SNJ), conferências, seminários nacionais e algumas reuniões setoriais em que foi realizada observação participante. Nesses espaços foram realizadas entrevistas e observações com um conjunto de atores, como representantes políticos das organizações (ONGs e associações) e movimentos sociais no âmbito da agricultura familiar e do campesinato (CONTAG, FETRAF, PJR, MST, dentre outros), bem como os representantes políticos de governo. A questão da juventude nesse trabalho também é vista a partir da perspectiva de Elias considerando o processo longo, de figuração e interdependência. Desse modo, as relações entre os atores podem ser de disputa e concorrência e também relações de cooperação, que se imbricam com a capacidade de influenciar na configuração de uma política pública, nesse caso, para a juventude rural.

jovens rurais; espaços políticos; políticas públicas; representação política; agricultura familiar e camponesa.
The construction of the research problem occurred in trying to investigate the configuration of public policies for the rural youth and how this political agenda was introduced in the State. This implicated in focusing on the social situation of young people from the rural milieu who are being organized via different means and are represented in government arenas to discuss and formulate those policies. The main issue in the research is how the process of configuration of public policies for rural youth in federal government has occurred. The study aims to problematize, under different perspectives, how the configuration of relations of interdependency occurs symbolically and materially in institutional spaces in Brazil‟s federal government. The study also proposes a historical review of the introduction of the category of rural youth in the political agenda and of the influences by public policies for the youth, especially those for rural development and credit, on this process. The research presents the actors of this process by observing the dynamics of social arenas of participation and formulation of public policies in the government, specifically the National Program for Strengthening of Family Farm - Young range (Pronaf-Jovem) and the National Program of Land Credit - Our First Land range (PNFC-NPT). In this perspective, it was important observing how the relations of interdependency in this process related to the rural youth theme occurred in institutional spaces in federal government (MDA, SNJ) and institutional spaces of participation for the civil society (GTJR-CONDRAF, GTPPJR-SNJ), conferences, national seminars as well as sectorial meetings in which participant observation was performed. Interviews and observation were held in these spaces with a set of actors, such as political representatives of the organizations (NGOs and associations) and peasant and family farm social movements (CONTAG, FETRAF, PJR, MST among others), as well as political representatives of the government. The issue of youth is seen from the perspective of long process, figuration and interdependency. Therefore relations between actors are thought as relations of interdependency that can be of dispute, competition and also of cooperation that are embedded with the capacity of influencing in time and space the configuration of a public policy, in this case, for rural youth.
rural youth; political spaces; public policies; political representatives; peasant and family farm.
1
306
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE
CONFLITOS, MOVIMENTOS SOCIAIS E REPRESENTAÇÃO POLÍTICA
A Juventude no olho do furacão : identidades, repertórios e organizações de juventude no Brasil

Banca Examinadora

ELISA GUARANA DE CASTRO
DOCENTE - COLABORADOR
Sim
Nome Categoria
LEONILDE SERVOLO DE MEDEIROS Docente - PERMANENTE
CLAUDIA JOB SCHMITT Docente - PERMANENTE
MARILDA APARECIDA DE MENEZES Participante Externo
ELISA GUARANA DE CASTRO Docente - COLABORADOR
REGINA CELIA REYES NOVAES Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 48

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Não