Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
EDUCAÇÃO E SAÚDE NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA (33009015068P8)
FORMAÇÃO DE PROFESSORES E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS
ANA CLAUDIA DE AMORIM MACIEL
DISSERTAÇÃO
18/09/2014

O presente trabalho tem como objetivo investigar a contribuição das formações continuadas ofertadas a professores da rede municipal de Guarulhos em relação às práticas antirracistas no ambiente escolar. Relaciona as iniciativas deste campo com o trato das relações étnico-raciais no interior das escolas e analisa a influência que estas formações têm na geração de práticas pedagógicas em sala de aula. Parte da constatação do avanço que a formação contínua de professores tem tido no país nas últimas décadas, muitas vezes impulsionada por deficiências identificadas na formação inicial desses profissionais. Nesta perspectiva, o estudo é direcionado para aproximar o tema das relações étnico-raciais nas formações continuadas de professores, a partir dos estudos de Libâneo (1999, 2004), Candau (1996), Gatti (2010), Formosinho (2011), Gomes (2005), Imbernón (2009), Munanga (2006, 2009) e Cavalleiro (2000). Trata inicialmente da formação continuada de professores, apresentando a trajetória dessa formação nos últimos anos, assim como os desafios que os professores têm enfrentado para participar dos cursos que lhes são oferecidos. Focaliza o trato das relações étnico-raciais nos processos formativos dos professores, a partir do exame conceitual de raça, racismo, etnia, assim como da construção ideológica do mito da democracia racial no Brasil. Apresenta o campo e os sujeitos que fizeram parte da investigação empírica, assim como as entrevistas realizadas com professores da rede municipal de Guarulhos. Conclui-se assim que o crescente número de formações continuadas sobre o tema das relações étnico-raciais na rede, não têm alcançado todos os professores. Quando processos formativos são realizados no ambiente escolar este alcance representa não somente uma porcentagem maior, mas mudanças significativas nas práticas pedagógicas dos docentes participantes. Desta forma, os cursos, palestras e formações oferecidos aos professores, sobre as relações étnico-raciais, podem contribuir e influenciar de forma positiva as práticas docentes propiciando um processo de conscientização e responsabilização em relação ao tema.

Relações Étnico-Raciais. Formação de Professores. Educação.
This work has the objective to investigate the contribution of Continuing Education offered to teachers who works in public schools of Guarulhos in relation to anti-racist practices in the school environment. Relates the initiatives from this area with the treatment of the ethnic-racial relations inside schools and analyze the influence that these courses have in generation of pedagogical practices in the classroom. Part of the confirmation of the advance that the Continuing Education of teachers have been in the country in last decades is many times driven by deficiencies identified in the initial education of these professionals. In this perspective this study is directed to approach the topic of the ethnic-racial relations in the continuing education of teachers through the researches of Libâneo (1999,2004), Candau (1996), Gatti (2010), Formosinho (2011), Gomes (2005), Imbernón (2009), Munanga (2006, 2009) e Cavaleiro (2000). Initially treats of continuing education of teachers presenting the path of these education in last years as well as the challenges that the teachers have faced to participate of the courses which are offered to them. Focus the treatment of the ethnic-racial relations in the formative processes of the teachers through the conceptual examination of race, racism, ethnic as well as the ideological construction of the myth of racial democracy in Brazil. Presents the field and the individuals whose participated of the empirical research even as the interviews performed by teachers of public schools of Guarulhos. Thereby it concludes that the crescent number of the continuing education about the ethnic-racial relations in public schools have not reached all the teachers. When formative processes are carried out in the school environment this reach represents a higher percentage of teachers and significant changes in the pedagogical practices of them. Therefore the courses, discussions and trainings offered to the teachers about the ethnic-racial relations can contribute and induce positively the teachers practices providing a process of understanding and responsibility about the theme.
Ethnic-Racial Relations. Teachers Education. Education.
1
112
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

EDUCAÇÃO E SAÚDE
QUESTÕES RELACIONADAS À INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA NA FORMAÇÃO DE EDUCADORES E PROFISSIONAIS DA SAÚDE
RACISMO E EDUCAÇÃO : A LEI Nº. 10.639/2003 NA REDE PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO

Banca Examinadora

UMBERTO DE ANDRADE PINTO
Sim
Nome Categoria
TERESINHA BERNARDO Participante Externo
JOAO DO PRADO FERRAZ DE CARVALHO Participante Externo
ROSANA BATISTA MONTEIRO Participante Externo
JORGE LUIZ BARCELLOS DA SILVA Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não