Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA
METEOROLOGIA (42002010040P0)
ESTUDO DE EVENTO DE EL NIÑO E LA NIÑA EM ANÉIS DE CRESCIMENTO DE ÁRVORES PARA A REGIÃO SUL DO BRASIL
CAREN DA SILVA LORENSI
DISSERTAÇÃO
24/02/2012

Em climatologia é de fundamental importância que se faça previsões sobre o comportamento de certas variáveis. Para isso se faz necessário que o comportamento atual e passado dessas variáveis seja conhecido. Nesse contexto, o emprego de registros naturais, como os anéis de crescimento de árvores, se tornou uma ferramenta muito eficaz por abranger dados que cobrem uma longa escala temporal. A dendroclimatologia é o estudo do clima através da analise dos anéis de crescimento de árvores e se baseia na determinação de fatores climáticos que estão atuando no local de estudo e assim provocando variações nas espessuras dos anéis de crescimento. De forma geral, dendrocronologia é um trabalho simples e de baixo custo, porém bastante eficaz. No presente trabalho, foi desenvolvido um estudo do clima através dos anéis de crescimento de árvores da espécie Araucaria angustifolia. Obtiveram-se cronologias médias das amostras dos lenhos coletados em Concórdia/SC, Passo Fundo/RS e São Francisco de Paula/RS. Foi utilizado um total de 34 amostras, sendo 08 de Concórdia, 12 de Passo Fundo e 14 de São Francisco de Paula. As variações nas espessuras dos anéis de crescimento foram investigadas considerando-se a variável precipitação registrada nas localidades de Passo Fundo e Caxias do Sul/RS. A série temporal do Índice de Oscilação Sul (IOS) também foi empregada no estudo com a finalidade de se conhecer a influência desse fenômeno no crescimento das árvores. Nas séries temporais de anéis de crescimento de árvores usou-se o filtro passa-baixa, a fim de se remover longas tendências contidas nas séries. Nas séries de precipitação o uso do filtro passabaixa se deu para que as periodicidades correspondentes ao IOS se tornassem evidentes. O método de Análise de Regressão Iterativa de Séries Temporais (ARIST) foi aplicada à série a fim de encontrar períodos comuns entre os anéis de crescimento e variáveis climáticas. Os resultados mostraram que há, nas séries temporais dos anéis de crescimento, sinais semelhantes aos encontrados na série de IOS com períodos em torno de 2 e 7 anos. No estudo sazonal, os resultados identificaram uma tendência de crescimento das árvores na primavera/verão.

climatologia; dendroclimatologia; séries temporais; IOS
-
-
1
117
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

Contexto

METEOROLOGIA
ESTUDOS E APLICAÇÕES EM TEMPO E CLIMA
-

Banca Examinadora

NIVAOR RODOLFO RIGOZO
Sim
Nome Categoria
DAMARIS KIRSCH PINHEIRO Docente

Vínculo

-
-
-
Não