Brasil

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA
METEOROLOGIA (42002010040P0)
EMPREGO DE UM MODELO DE DISPERSÃO TURBULENTO NO ESTUDO DA UNIVERSALIDADE DA TAXA DE DISSIPAÇÃO DA ENERGIA
JULIANA BITTENCOURT GONCALVES
DISSERTAÇÃO
13/08/2010

Neste estudo foram empregadas diferentes funções de autocorrelação e expansões em série de Maclaurin na derivação de expressões que descrevem a taxa de dissipação da energia cinética turbulenta. Estas expressões apresentam a mesma forma funcional, porém são descritas em termos de diferentes coeficientes numéricos. Os valores obtidos para os coeficientes numéricos foram empregados em um modelo de dispersão estocástico Lagrangiano para simular a dispersão de contaminantes na Camada Limite Planetária (CLP). Os resultados das simulações foram comparados com dados de concentração do experimento de Copenhagen. O bom desempenho da parametrização e a análise através de índices estatísticos permitiram concluir que as relações matemáticas que descrevem a taxa de dissipação da turbulenta, apresentam uma incerteza. A análise desenvolvida nesse estudo permite concluir que não existe uma forma funcional universal descrevendo a taxa de dissipação de energia turbulenta.

taxa de dissipação de energia turbulenta; funções de autocorrelação; modelos de dispersão estocásticos Lagrangianos.
This study employed different autocorrelation functions and Maclaurin series expansions in the derivation of expressions describing the dissipation rate of turbulent kinetic energy. These expressions have the same functional form, but are described in terms of different numerical coefficients. The values obtained for the numerical coefficients were used in a Lagrangian stochastic dispersion model to simulate the dispersion of contaminants in the Planetary Boundary Layer (PBL). The simulation results were compared with concentration data observed in the Copenhagen experiment. The good performance of the parameterization and analysis through statistical indices showed that the mathematical relationships that describe the turbulent dissipation rate present an uncertainty. The analysis developed in this study indicates that there is no a universal functional form describing the dissipation rate of turbulent energy.
dissipation rate of turbulent energy; autocorrelation functions; Lagrangian stochastic dispersion models.
1
76
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

Contexto

METEOROLOGIA
MICROMETEOROLOGIA
GER - DESCRIÇÃO DO TRANSPORTE E DA DISPERSÃO DE POLUENTES NA ATMOSFERA: UM ESTUDO ENVOLVENDO TERRENOS COMPLEXOS

Banca Examinadora

GERVASIO ANNES DEGRAZIA
Sim
Nome Categoria
DEBORA REGINA ROBERTI Docente

Vínculo

-
-
-
Sim