Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
LETRAS (23002018004P7)
No eco da voz: memória e identidade nas histórias de vida do quilombo Pau de Leite
ARIANE KERCIA BENICIO DE SA BARRETO
DISSERTAÇÃO
16/11/2012

A presente dissertação visa discutir sobre o processo de (re) constituição da identidade por meio da memória, no contar das histórias de vida. O estudo se detém na análise das histórias de vida de sete moradores da comunidade Quilombola do Pau de Leite, situada na cidade de Catolé do Rocha-PB. A comunidade de remanescentes quilombolas Pau de Leite, assim como muitas outras espalhadas por todo Brasil, traz em suas memórias um histórico de exclusão social, desapropriação cultural e preconceito. Como marca identitária, resta, algumas vezes, apenas a memória que se efetua e se resguarda, ora no silêncio, que quer fazer esquecer tempos difíceis, ora nas histórias de vida, que tentam fazer prevalecer o passado sobre influências de todo um percurso já vivido. As manifestações sociopolíticas e culturais da comunidade Pau de Leite são amparadas e aparadas pela oralidade, de forma a se tornarem indissociáveis à comunidade. Lá, as vozes que narram não leem, mas com habilidade criam e recriam no cenário de suas vidas histórias, que perfeitamente descrevem as identidades individuais e coletivas da comunidade. Para a compreensão e análise dessas histórias recorreu-se a metodologia da história oral com base em Montenegro (2003), Thompson (1992) e Portelli (1997, 2004) e da técnica da história de vida pelo que expõe Queiroz (1991). Para nortear a compreensão do contexto Quilombola e as questões relacionadas a esse universo de resistência sociocultural buscou-se orientação teórica em Arruti 2005), Carril (2006), Fiabani (2005), Leite (2000), entre outros; e para as questões a cerca da identidade negra Munanga (2006), Nascimento (2000, 2003) e Santos (1990). O universo narrativo foi explorado à luz de Benjamim (1994); as implicações da memória à luz de Bosi (1994) e Halbwachs (1990); as inferências dos estudos culturais e da cultura popular em Ayala & Ayala (1987), Ayala (2003), Canclini (1983, 1998), Ortiz (1980, 2006) e Xidieh (1993); para a compreensão da alteridade Bakhtin (1982, 2003) epara compreensão a cerca das problemáticas da identidade Pollak (1992), Bauman (2005), Hall (2003, 2006) e Tadeu Silva (2000). Esses conceitos e categorias de análises direcionaram este trabalho para análises que evidenciaram nas narrativas do quilombo do Pau de Leite identidades no plural. Narradores diferentes em gerações e gênero rememoraram experiências de vida e revelaram traços identitários constituintes de uma gama de valores sociais e culturais. Revelaram o passado na ótica individual e nas relações de grupo e abordaram o presente em seu contexto de transformações. A memória coletiva e a memória individual, com o auxilio da voz, se apresentaram em um exercício racionalizante e voluntário de reconstrução do passado e de submersão dos sentidos reatualizados das lutas políticas, das interações e da identidade.

Quilombo. História Oral. Memória. Identidade
This thesis aims to discuss the process of (re) constitution of identity through memoir, in telling of life stories. The paper focuses on the analysis of the life stories of seven residents of the community Quilombola Pau de Leite, locatedin the city of Catolé do Rocha-PB. The remaining community of Quilombola Pau de Leite, as well as many others throughout Brazil, brings in its memoirs a history of social exclusion, dispossession and cultural prejudice. As identity feature, remains, sometimes just the memory that performs and protects, sometimes in silence, in order to forget the hard times, sometimes in life stories, trying to prevail over the past influences an entire route already lived . The sociopolitical and cultural manifestations in the community Pau de Leite are based on orality, to become inseparable from the community. There, the voices that narrate do not read, but skillfully create and recreate the scene stories of their lives, which perfectly describe the individual and collective identities in the community. To understand and analyze the stories we used the methodology of oral history based on Montenegro (2003), Thompson (1992) and Portelli (1997, 2004) and the technique of the life story that exposes Queiroz (1991). To guide the understanding of the Quilombola context, and issues related to this universe of sociocultural resistance, we found theoretical support in Arruti (2005), Rail (2006), Fiabani (2005), Milk (2000), among others, and for questions about black identity Munanga (2006), Birth (2000, 2003) and Santos (1990). The narrative universe was grounded on the work of Benjamin (1994); memory implications on Bosi (1994) and Halbwachs (1990); inferences of cultural studies and popular culture in Ayala & Ayala (1987), Ayala (2003 ) Canclini (1983, 1998), Ortiz (1980, 2006) and Xidieh (1993); for understanding the otherness Bakhtin (1982, 2003) and for the understanding of the problems about the identity Pollak (1992), Bauman (2005) Hall (2003, 2006) and Thaddeus Silva (2000). These concepts and categories of analyzes directed this work to the analyzes which showed that the narratives of the Quilombo Pau de Leite identities in the plural. Storytellers in different generations and gender remember life experiences and reveal identity features constituting a range of social and cultural values. It revealed the past in an individual point of view and through group relationship and approached this in context of transformations. The collective memoir and individual memoir, with the help of voice, performed an exercise in rationalizing and voluntary reconstruction of the past and the submergence of the senses updated of the political struggles, interactions and identity.
Oral History. Memoire. Identity.
1
150
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

ESTUDOS DO DISCURSO E DO TEXTO
DISCURSO, MEMÓRIA E IDENTIDADE
-

Banca Examinadora

LILIAN DE OLIVEIRA RODRIGUES
Sim
Nome Categoria
MANOEL FREIRE RODRIGUES Docente
RONIE RODRIGUES DA SILVA Docente
ROSILDA ALVES BEZERRA Participante Externo

Vínculo

CLT
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim