Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
LETRAS (23002018004P7)
Filhos da pátria: a representação de identidades angolanas na literatura de João Melo.
ANA MARIA CARNEIRO ALMEIDA DINIZ
DISSERTAÇÃO
30/10/2012

O presente trabalho propõe o estudo das representações identitárias nos contos: Efeito Estufa, Ngola Kiluanje, Tio me dá só cem, O feto, O cortejo e Natasha, que fazem parte do livro Filhos da Pátria, do escritor angolano João Melo. A análise visa elucidar, a partir da investigação das características das personagens de ficção, uma visão crítica acerca de estratégias de representação da identidade do ser angolano, que tiveram início no período colonial e ainda são mantidas no período considerado pós-colonial. Nesse sentido, a interpretação procura mostrar como o autor questiona, por meio da elaboração dos mais variados perfis de seus personagens, a produção dessas identidades. A crítica gira em torno das imagens criadas e fornecidas como representação de uma identidade angolana estereotipada, una e fixa, produzida pelo colonizador e mantida pelo colonizado pós-independência que perturbam o campo de visão de ambos acerca da realidade. Para isso, a realização deste trabalho propõe a interação entre o corpus e os textos que fundamentam a análise proposta, entre eles, textos dos estudiosos Homi K. Bhabha, Edward Said, Stuart Hall, Nestor Garcia Canclini, Franz Fanon e referências afins.

Estudos Culturais. Pós-colonialismo. Literatura Angolana. João Melo.
This paper proposes the study of identity representations in tales: Greenhouse, Ngola Kiluanje, Uncle gives me only one hundred, Fetus, The procession and Natasha, who are part of the book Children of the Fatherland, the Angolan writer João Melo. The analysis aims to elucidate, by investigating the characteristics of fictional characters, a critical view about strategies of representation of the identity of being Angolan, which began in the colonial period and are still held in the postcolonial period considered. In this sense, the interpretation seeks to show how the author questions, through the elaboration of various profiles of their characters, the production of these identities. The criticism revolves around images created and provided as a representation of a stereotypical Angolan identity, one and fixed, produced by the colonizer and colonized maintained by the post-independence that disturb the field of view of both about reality. For this reason, this work proposes the interaction between the corpus and texts that underlie the analysis proposed, among them texts of scholars Homi K. Bhabha, Edward Said, Stuart Hall, Nestor Garcia Canclini, Franz Fanon and related references.
Cultural Studies. Postcolonialism. Angolan Literature. João Melo.
1
122
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

ESTUDOS DO DISCURSO E DO TEXTO
DISCURSO, MEMÓRIA E IDENTIDADE
Identidade intercultural em produções literárias de países de Língua Portuguesa

Banca Examinadora

SEBASTIAO MARQUES CARDOSO
Sim
Nome Categoria
RONIE RODRIGUES DA SILVA Docente
JESIEL FERREIRA DE OLIVEIRA FILHO Participante Externo
MANOEL FREIRE RODRIGUES Docente

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim