Governo Federal

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
ARTES CÊNICAS (28001010035P0)
As múltiplas vozes de ananse: reflexões sobre a voz no processo criativo de uma atriz inspirada nos griots
TANIA CRISTINA DE SOUSA SOARES
DISSERTAÇÃO
24/07/2012

Esta pesquisa teórico-prática traz reflexões acerca do uso da voz do ator a partir do processo criativo do monólogo “Na Teia de Ananse” inspirado nos contadores de história de matriz africana, os griots, a partir da invenção de uma contadora de histórias, destacando os procedimentos de criação e de encenação. A dissertação que resultou num exercício de encenação, aborda os meios e modos de atuação utilizados pela atriz Tânia Soares para compor personagens a partir das múltiplas vozes do contador de histórias da tradição oral. Os procedimentos apontados, dialogam intensamente com a pesquisa de Rafael Morais de Souza, intitulado “Na Teia de Ananse: Um Griot no Teatro e sua Trama de Narrativas de Matriz Africana”, do Mestrado em Artes Cênicas da UFBA. O uso expressivo da voz, as experiências vividas, a utilização de improvisação, emoção e memória, a interação com o público, corroboram para o processo criativo e a escrita do texto, revelando a importância do trabalho vocal do intérprete como mobilizador para a construção dramática. As referências bibliográficas destacam diversos autores que abordam as áreas de teatro, cultura e mitologias africanas e afro-brasileiras, memória, improvisação teatral e técnica vocal.

Ator, expressão vocal, Contador de histórias, griot, teatro
Esta pesquisa teórico-prática traz reflexões acerca do uso da voz do ator a partir do processo criativo do monólogo “Na Teia de Ananse” inspirado nos contadores de história de matriz africana, os griots, a partir da invenção de uma contadora de histórias, destacando os procedimentos de criação e de encenação. A dissertação que resultou num exercício de encenação, aborda os meios e modos de atuação utilizados pela atriz Tânia Soares para compor personagens a partir das múltiplas vozes do contador de histórias da tradição oral. Os procedimentos apontados, dialogam intensamente com a pesquisa de Rafael Morais de Souza, intitulado “Na Teia de Ananse: Um Griot no Teatro e sua Trama de Narrativas de Matriz Africana”, do Mestrado em Artes Cênicas da UFBA. O uso expressivo da voz, as experiências vividas, a utilização de improvisação, emoção e memória, a interação com o público, corroboram para o processo criativo e a escrita do texto, revelando a importância do trabalho vocal do intérprete como mobilizador para a construção dramática. As referências bibliográficas destacam diversos autores que abordam as áreas de teatro, cultura e mitologias africanas e afro-brasileiras, memória, improvisação teatral e técnica vocal.
Ator, expressão vocal, Contador de histórias, griot, teatro
1
117
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

Contexto

-
-
-

Banca Examinadora

ELIENE BENICIO AMANCIO COSTA
Sim
Nome Categoria
ELISA MENDES OLIVEIRA SANTOS Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não