Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO
Defesa sanitária animal (20002017005P5)
BRUCELOSE: FREQUÊNCIA, GEORREFERENCIAMENTO DE FOCOS, FATORES DE RISCO EM REBANHOS BOVINOS E EM SERES HUMANOS ENVOLVIDOS NA CADEIA PRODUTIVA DO LEITE NA REGIÃO DO MÉDIO MEARIM, MARANHÃO, BRASIL.
ROBERT FERREIRA BARROSO DE CARVALHO
DISSERTAÇÃO
24/07/2014

Brucelose é uma doença infectocontagiosa crônica cosmopolita, que acomete os animais domésticos, silvestres, mamíferos marinhos e o homem. Ocasiona perdas econômicas produtivas e reprodutivas. É considerada uma zoonose com sérios agravos para a saúde da população. A pesquisa teve por objetivo estimar a frequência da brucelose bovina e humana na Região do Médio Mearim, Maranhão. Foram selecionados, no período de maio a outubro de 2013, bovinos com aptidão leiteira, não vacinados contra brucelose, de ambos os sexos, com idade superior a 13 meses pertencentes a 35 propriedades cadastradas na AGED-MA, de 7 municípios da Regional de Pedreiras, cujos proprietários aceitaram participar livremente do estudo. Em cada propriedade foram selecionados de forma aleatória simples 15 bovinos totalizando 525 amostras. Também foram colhidos hemossoros de 60 ordenhadores e aplicou-se questionário epidemiológico para investigar fatores que poderiam estar associados à infecção. Para diagnóstico adotou-se o teste de triagem com Antígeno Acidificado Tamponado (AAT), seguido dos testes confirmatórios de 2-Mercaptoetanol (2-ME) e Teste de Polarização Fluorescente (TPF). Das 525 amostras bovinas examinadas, verificou-se que a frequência de animais soropositivos foi de 26/535 (4,95%) no teste AAT, 17/525 (3,23%) e 13/525 (2,47%) nos testes de 2-ME e TPF, respectivamente. A frequência de rebanhos focos, com pelo menos um animal soropositivo, nos testes confirmatórios foi de 9/35 (25,71%) e 8/35 (22,85%), respectivamente. Dos hemossoros humanos 1/60 (1,66%) foi reagente no teste de 2-ME. As variáveis que apresentaram p<0,20 na análise univariada e p<0,05 na análise multivariada, no modelo de regressão logística foram consideradas epidemiologicamente relevantes para ocorrência da brucelose. Assim, contatou-se que a presença de ovinos (OR = 6,66, IC 95%= [1,26- 35,03]); compras de animais para reprodução (OR = 4,08, IC 95%=[0,70-23,50]) e ocorrência de abortos nos últimos doze meses (OR = 2,81, IC 95%= [0,59- 13,33] foram fatores de risco. Enquanto que a presença de piquete maternidade (0R = O,26, IC 95%=[0,04-1,63]) foi um fator protetor. Comparando a eficácia dos testes confirmatórios TPF com 2-ME pode-se afirmar que houve boa concordância entre ambos (K = 0,69), com sensibilidade e especificidade de 76,47% e 100%, respectivamente O estudo espacial demonstrou que a brucelose está amplamente disseminada no rebanho leiteiro da regional estudada. Esses achados indicam a necessidade de melhorias nas ações de controle e erradicação da brucelose, tais como: realização de exames sorológicos, identificação e eliminação de animais reagentes, aumento da taxa de cobertura vacinal, estimular a adesão de criadores para certificação de propriedades livres ou monitoradas para brucelose e educação sanitária.

Brucella abortus. Zoonose. Aborto. Doença ocupacional. Bursite. Maranhão.
The Brucellosis is a cosmopolitan chronic infectious disease that affects domestic animals, wildlife, marine mammals and the man.The Brucelose incurs productive and reproductive economic losses. It is considered a zoonosis with serious injuries to the health of the population .Ahead of the displayed one, the research had for aim to estimate the prevalence of the brucelose in milky flocks and involved human beings in the productive milk chain in the Region of the Mearim Midfielder, Maranhão. They were selected, of simple random form, samples of blood of 15 bovines pertaining to 35 properties in 7 cities of the Regional of Pedreiras.During the harvest a Epidemiological questionnaire was applied to research factors that could be associates to the infection. Also Blood samples of 60 milkers of the selected properties were collected.For Diagnostic was adopted the screening test with Buffered Acidified Antigen (AAT), followed by confirmatory testing of 2-Mercaptoethanol (2-ME) and Fluorescent Polarization Test (FPT).For Diagnostic was adopted the screening test with Buffered Acidified Antigen (AAT), followed by confirmatory testing of 2-Mercaptoethanol (2-ME) and Fluorescent Polarization Test (FPT).Of the 525 examined cattle samples, it was verified that the prevalence of positive animals was of 17/5253(23%) and 13/5252(47%), in the tests of 2 ME and TPF, respectively. The prevalence of focos flocks, with at least a positive animal, in confirmatory tests described above, was of 9/35(25.71%) e 8/35 (22.85%), respectively. Of hemossoros humanos 1/60. (1.66%) was positive in variable 2 - ME. As to submit p < 0.20 in the univariate analysis were considered epidemiologically relevant for the occurrence of brucellosis. Thus, it was contacted that the presence of sheeps (OR = 6,66, IC 95%= [1,26 - 35,03]); purchases of animals for reproduction (OR = 4,08, IC 95%= [0,70-23,50]) and occurrence of abortions in the last twelve months (OR = 2.81, IC 95%= [0,59 - 13,33] were risk factors. While the presence of picket maternity (0R = O, 26, 95% CI = [0.04 to 1.63]) was a protective factor The spatial study showed that brucellosis is widespread in the regional dairy herd studied .These findings indicate the need for improvements in the brucellosis eradication and control actions , such as serological tests , identification and elimination of reactor animals , increases of fee of vaccine covering rage , supporting adherence of creators to accreditation of free or monitored properties and health education .
Brucella abortus. Zoonosis. Abortion. Occupational disease. Bursitis. Maranhão.
01
102
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

DEFESA SANITÁRIA ANIMAL
EDUCAÇÃO E DEFESA SANITÁRIA ANIMAL - MEST
BRUCELOSE: FREQUÊNCIA, GEORREFERENCIAMENTO DE FOCOS, FATORES DE RISCO EM REBANHOS LEITEIROS E SERES HUMANOS ENVOLVIDOS NA CADEIA PRODUTIVA DO LEITE NA REGIÃO DO MÉDIO MEARIM, MARANHÃO, BRASIL

Banca Examinadora

LUCIA MARIA COELHO ALVES
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
HAMILTON PEREIRA SANTOS Docente - PERMANENTE
HELDER DE MORAES PEREIRA Docente - PERMANENTE

Vínculo

Servidor Público
Empresa Pública ou Estatal
Outros
Sim

Produções Intelectuais Associadas

Não existem produções associadas ao trabalho de conclusão.