Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA
Estudos Literários (28002016003P4)
AS INFLUÊNCIAS DO TRÁGICO NA PROSA DE ADONIAS FILHO
VANESSA DOS SANTOS REIS
DISSERTAÇÃO
28/08/2013

Esta dissertação tem como objetivo analisar a presença do trágico como elemento essencial nos romances Os servos da morte (1946), Memórias de lázaro (1952) e Corpo vivo (1962) de Adonias Filho. Para tanto, faz-se uso do método dedutivo de análise literária. Num primeiro momento, procura-se captar o sentido da tragédia ática e do trágico à luz dos ensinamentos clássicos de Aristóteles e de autores modernos, como Nietzsche, Goethe, Pierre Vernant e Vidal-Naquet, Albin Lesky, Mircea Eliade, Paul Harvey e Junito de Souza Brandão. Nos romances de Adonias Filho focalizaram-se os aspectos que melhor configuram o sentido trágico, ora reelaborado na caracterização das personagens construídas a partir dos arquétipos gregos, ora identificável em elementos textuais que tornam o diálogo romance/tragédia mais latente, tais como as constantes interferências do narrador, e a presença do fatum como elemento que impulsiona a engrenagem que conduz ao desfecho trágico. Por serem Os servos da morte, Corpo vivo e Memórias de lázaro romances contemporâneos, destacam-se neles não somente os elementos conteudísticos de influência clássica, mas também os elementos de ruptura por meio do discurso peculiar do autor. Por meio das releituras dos mitos propostas por Adonias Filho, é possível comprovar que temáticas fundamentais perpassam a história da literatura: a presumida ruptura com os modelos antigos constitui-se, na verdade, um elemento provocador perene da inovação na arte literária, justificando uma constante recorrência aos pressupostos clássicos. Resulta do presente trabalho de pesquisa uma contribuição a mais à fortuna crítica de Adonias Filho, constatando-se que o romancista reatualiza o trágico e, de novo, confere universalidade e atemporalidade à tragédia, com inegável originalidade e arte.

Romances. Adonias Filho.Tragédia. Morte
This dissetation aims to analyze the presence of tragedy as na essential element in the novels. Os servos da morte (1946), Memórias de lázaro (1952) e Corpo vivo (1962) by Adonias Filho. For this, use is made of the deductive method of literary analysis. At first, we tried to capture the sense of Attic tragedy and the tragic in light of the classical teachings of Aristotle and modern authors such as Nietzsche, Goethe, Vernant and Pierre Vidal-Naquet, Albin Lesky, Mircea Eliade, Paul Harvey and Junito Brandão de Souza. In the novels of Adonias Filho focussed aspects that best configure the tragic sense, now reworked the characterization of characters built from the Greek archetypes, now identifiable in textual elements that make dialogue romance / tragedy more latent, such as the constant interference the narrator, and the presence of fatum like element that drives the gear which leads to a tragic outcome. For being Os servos da morte, Memórias de lázaro y Corpo vivo contemporary novels stand out in them not only the elements purport classical influence, but also the elements break trough the author's peculiar speech. Trough rereadings of myths proposed by Adonias Filho, it is possible demonstrate that fundamental themes permeate the history of literature: the presumed break with old models constitutes, in fact, na element perennial provocateur innovation in literary art, justifying a constant recurrence the classical assumptions. Results of this research work one more contribution to the literary criticism of Adonias Filho son, proving that the novelist renews the tragic and, again, gives universality and timelessness to the tragedy, with undeniable originality and art.
Novel. Adonias Filho. Tragedy. Death.
1
95
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

LITERATURA E DIVERSIDADE CULTURAL
LITERATURA, MEMÓRIA E REPRESENTAÇÕES IDENTITÁRIAS
HISTÓRIA DA LITERATURA BAIANA

Banca Examinadora

JORGE DE SOUZA ARAUJO
Sim
Nome Categoria
PAULO SANTOS SILVA Participante Externo
ROBERTO HENRIQUE SEIDEL Docente

Vínculo

-
-
-
Não