Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
LETRAS (23002018004P7)
A produção textual em exames de seleção: uma análise dos indícios de autoria
FRANCISCO DAMIAO FREIRE RODRIGUES
DISSERTAÇÃO
11/01/2013

Partindo da concepção de autoria como uma tomada de posição, frente às diversas vozes sociais, a partir da apropriação e reestruturação do discurso alheio, neste trabalho, investigamos os indícios de autoria em artigos de opinião, produzidos no processo seletivo para ingresso discente no curso técnico subsequente em Zootecnia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFRN, Câmpus Apodi. A proposta apresentada na prova sugere que o candidato produza um texto no gênero artigo de opinião, em que discuta a educação profissional no Brasil, e disponibiliza dois textos de apoio com a temática com os quais o candidato deverá dialogar para fundamentar a sua argumentação. O trabalho tem suporte teórico na abordagem sócio-histórica de linguagem de Bakhtin (1995; 2010), fundada na perspectiva dialógica, que aponta para a responsividade da linguagem, segundo a qual não há discursos que não apontem para o já-dito, nem para uma resposta. Partimos da concepção de autoria de Bakhtin (2010) e de Possenti (2001; 2002), que analisa a autoria como uma categoria discursiva em que o produtor do texto dá voz a outros enunciadores. Como procedimento de análise, selecionamos 12 textos e analisamos separadamente em cada texto, os indícios de autoria através da apropriação das vozes de outrem e das marcas de subjetividade, que expressam posicionamento do autor. Em dois terços dos textos analisados, percebemos que os alunos apresentaram dificuldades na apropriação das vozes dos textos de apoio, uma vez que, de modo geral, o diálogo que eles estabelecem com as ideias de suporte é através de transcrições de fragmentos dos textos de apoio, de forma descontextualizada. Identificamos textos com autoria construída em apenas um terço do corpus. Dessa forma, a conclusão é que o nosso educando ainda apresenta limitações na produção de textos autorais, e, portanto, tem dificuldade para atuar de forma autônoma e responsiva, marcando sua posição por meio da linguagem.

Artigo de opinião; Autoria; Dialogismo; Produção textual.
From the conception of authorship as a position, against the various social voices, from the ownership and restructuring the discourse of others, in this paper, we investigate the evidence of authorship in opinion articles, produced in the selection process for entering students in technical course subsequent in Animal Science from the Federal Institute of Education, Science and Technology - IFRN, Campus Apodi. The proposal submitted in test suggests that candidates produce a text on genre opinion article, which discusses in professional education in Brazil, and two texts provides support to the theme with which the candidate should talk to substantiate his argument. The work has theoretical support in the socio-historical approach to language Bakhtin (1995, 2010), founded in dialogical perspective, pointing to the responsiveness of the language, according to which there is no discourses that point to the already-said, nor a response. We start from the conception of authorship Bakhtin (2010) and Possenti (2001, 2002), which analyzes the authorship as a discursive category in which the producer of the text gives voice to other speakers. As analysis procedure, and selected 12 texts analyzed separately in each text, evidence of authorship through appropriation of the voices of others and brands of subjectivity, which express the author's position. In two thirds of the texts analyzed, we noticed that the students had difficulties in appropriating the voices of the texts, since; in general, they establish a dialogue with the ideas of support is through transcriptions of fragments of texts of support so decontextualized. We identify texts authored with built in only a third of the corpus. Thus, the conclusion is that our student still has limitations in producing texts copyright, and therefore has difficulty to act autonomously and responsive, marking its position through language.
Opinion article; Author; Dialogism; Production textual.
1
103
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

ESTUDOS DO DISCURSO E DO TEXTO
TEXTO, ENSINO E CONSTRUÇÃO DE SENTIDOS
A produção e o ensino de texto em perspectivas interacionistas: questões de dialogismo e construção de sentidos

Banca Examinadora

MARIA DO SOCORRO MAIA FERNANDES BARBOSA
Sim
Nome Categoria
MARIA MEDIANEIRA DE SOUZA Participante Externo
ANTONIO LUCIANO PONTES Docente
JOAO BOSCO FIGUEIREDO GOMES Docente

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim