Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
LETRAS (23002018004P7)
Interações virtuais e autodidaxia: a rede como potencializadora de textos de alunos do Ensino Médio
MARIA IEDA DA SILVA
DISSERTAÇÃO
11/06/2013

Processos de aprendizagem nas interações em ambientes virtuais, permitidos pelos avanços da tecnologia, constituem-se num novo campo de pesquisa e estão provocando mudanças culturais profundas, estimulando novas formas de aprender que não estão ao alcance da escola. Partindo do pressuposto de que as interações em redes sociais como o Facebook são potencialmente eficazes para proporcionar novos conhecimentos e habilidades cognitivas, este estudo busca verificar se essas trocas interativas geram aprendizagens que se refletem na produção textual de alunos do ensino médio da Escola Estadual Professor Antônio Dantas, de Apodi-RN e se o uso apropriado dessas tecnologias possibilita a autonomia desses sujeitos aprendentes. Para isso, utilizamos o método comparativo, dividindo os alunos em dois grupos: os que acessam diariamente a internet e os que nunca acessaram. Ao constarmos que 80% dos alunos que têm acesso à internet estão no Facebook, acompanhamos o que eles compartilham na rede e comparamos com o que escrevem em produções textuais exigidas na escola. Utilizamos como suporte teórico o sócio-interacionismo de Vygotsky (1991) e o dialogismo de Bakhtin (1987). Também nos valemos de estudos sobre o a utilização das TICs como instrumentos mediadores de aprendizagens, como os de Belloni (2010) e Freitas (2005). As abordagens teóricas que discutem como se dá essas interações virtuais em rede são na perspectiva de Lévy (1999) e Castells (1999), entre outros. Os resultados apontam que ao compartilharem, curtirem, comentarem ou apenas acompanharem as informações disponíveis nas redes sociais, os alunos passam a transformar, dominar e internalizar conceitos, papéis e funções sociais presentes na sua realidade e dessa forma, os processos de mediação viabilizam os processos de aprendizagem que se refletem nos textos destes alunos.

interações, rede, virtual, dialogismo, aprendizagem
Learning processes in the interactions in virtual environments, allowed by advances in technology, constitute a new field of research and are causing profound cultural changes, stimulating new ways of learning that are beyond the reach of the school. Assuming that interactions in social networks, such as Facebook, are potentially effective to provide new knowledge and cognitive skills, this study seeks to analyze and verify whether these interactive exchanges generate learning that are reflected in the textual production of high school students at Escola Estadual Professor Antônio Dantas in Apodi-RN and appropriate use of these technologies enables autonomy of these learners. For this, we used the comparative method, dividing the students into two groups: those who access the internet every day and those who n ever access. When we found that 80% of students who have Internet access are on Facebook, follow what they share on the network and compare it with what they write in textual productions required at school. Used to support the socio -interactionist theory of Vygotsky (1991) and Bakhtin's dialogism (1987). Used to support the socio-interactionist theory of Vygotsky (1991), dialogism of Bakhtin (1987) and studies on the use of ITCs (Information Technology and Communication) as tools for learning mediators as Belloni (2010) and Freitas (2005). The theoretical approaches that discuss how these interactions happen on virtual network are from the perspective of Lévy (1999) and Castells (1999), among others. The results show that when students share, like, comment or just track the information available on social networks, they begin transform, dominate and internalize concepts, roles and social functions present in their reality. and thus, the mediation processes enable the learning processes that are reflected in the texts of these students.
interaction, virtual network, dialogism, learning
1
81
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

ESTUDOS DO DISCURSO E DO TEXTO
DISCURSO, MEMÓRIA E IDENTIDADE
Identidades, práticas discursiva e culturas na modernidade

Banca Examinadora

GUILHERME PAIVA DE CARVALHO
Sim
Nome Categoria
MARCILIA LUZIA GOMES DA COSTA MENDES Participante Externo
GILTON SAMPAIO DE SOUZA Docente
JULIO CESAR ROSA DE ARAUJO Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim