Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
CIÊNCIAS SOCIAIS EM DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE (31002013007P9)
DESAFIOS PARA POLÍTICAS DE APOIO À AGRICULTURA FAMILIAR EM ÁREA PERIURBANA: O CASO DA COOPERATIVA UNIVERDE - NOVA IGUAÇU/RJ
VIVIANE SOARES LANCA MOREIRA
DISSERTAÇÃO
15/08/2013

Muitas áreas das regiões metropolitanas têm se tornado espaços desprovidos de infraestrutura, cuja população, por consequência, se apresenta vulnerável aos problemas socioeconômicos e alimentares. Como alternativa a esta realidade e aos reflexos do acelerado processo de urbanização, a agricultura urbana e periurbana (AUP) tem ganhado forças no cenário atual, possuindo um papel fundamental em países como o Brasil. As práticas agrícolas em meio urbano, quando integrada a agroecologia, vão de encontro a sérios problemas que incidem diretamente sobre os sistemas alimentares, auxiliando quanto à equidade social, à melhoria da qualidade de vida e à sustentabilidade ambiental. Isto justifica a necessidade de intervenções governamentais e de políticas públicas para o setor. Como forma de reutilização do solo, entre 2005 e 2008, foi desenvolvido o projeto de Agricultura Familiar em Faixas de Dutos em Duque de Caxias e Nova Iguaçu - municípios da Baixada Fluminense -, em uma parceria entre a Petrobrás/Transpetro e empresas mediadoras. Entretanto, com a finalização deste, alguns agricultores abandonaram a atividade enquanto outros deram continuidade à mesma, criando a Cooperativa de Agricultores Familiares Univerde. Lançando mão do caso dos agricultores membros da Univerde, investiga-se a partir de um olhar sobre a inclusão ou exclusão dos mesmos às políticas governamentais de apoio à agricultura familiar em meio rural/urbano, na tentativa de fazer um paralelo em nível federal a respeito das diretrizes gerais de alguns programas e políticas que direta ou indiretamente tratam da questão agrícola urbana e periurbana. Nesse contexto, o objetivo é verificar os entraves existentes nas políticas públicas no que tange aos desafios para o desenvolvimento da atividade agrícola familiar no contexto periurbano em termos da geração de trabalho e renda.

Agricultura urbana e periurbana. Políticas públicas. Segurança alimentar e nutricional. Agroecologia. Faixa de Dutos.
Many areas of metropolitan regions have become spaces devoid of infrastructure, whose population therefore appears vulnerable to socio-economic problems, and food. As an alternative to this reality and the consequences of the accelerated process of urbanization, urban and peri-urban agriculture (UPA) has gained strength in the present scenario, having a key role in countries such as Brazil. Agricultural practices in urban areas, when integrated agroecology, go against the serious problems that directly affect food systems, as aiding social equity, improving the quality of life and environmental sustainability. This justifies the need for government intervention and public policy for the sector. As a way to reuse the soil between 2005 and 2008, the project was developed in Family Farming Ranges Pipeline in Duque de Caxias and Nova Iguaçu - municipalities of Baixada Fluminense - in a partnership between Petrobras/Transpetro companies and mediators. However, with the completion of this, some farmers abandoned the activity while others continued the same, creating the Cooperative Family Farmers Univerde. Adopting the case of farmers Univerde members, is investigated from a look at the inclusion or exclusion of these government policies to support family agriculture in rural / urban, in an attempt to draw a parallel federal level regarding general guidelines for some programs and policies that directly or indirectly address the issue of urban and peri-urban agriculture. In this context, the goal is to identify existing barriers in public policy with respect to the challenges to the development of family agriculture in peri-urban context in terms of generating employment and income.
Peri-urban agriculture. Public policy. Food and nutrition security. Agroecology. Pipe strips.
1
158
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE
CONFLITOS, MOVIMENTOS SOCIAIS E REPRESENTAÇÃO POLÍTICA
Conflitos e repressão no campo no Estado do Rio de Janeiro (1946-1988): conflitos, movimentos sociais e representação política

Banca Examinadora

RENATO SERGIO JAMIL MALUF
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
RENATO SERGIO JAMIL MALUF Docente - PERMANENTE
FLAVIANE DE CARVALHO CANAVESI Participante Externo
LUCIANA HELENA MAIA PORTE Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 16

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim