Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO
Defesa sanitária animal (20002017005P5)
REAÇÕES INESPECÍFICAS EM TÉCNICAS IMUNOLÓGICAS PARA DIAGNÓSTICO DE ANEMIA INFECCIOSA EQUINA E MORMO
CLIDILENE NOGUEIRA DE ALENCAR MIRANDA
DISSERTAÇÃO
28/07/2014

ALENCAR, C. N. Reações inespecíficas em técnicas imunológicas para diagnóstico de anemia infecciosa equina e mormo. 2014. 65f. Dissertação (Mestrado Profissional em Defesa Sanitária Animal) – Universidade Estadual do Maranhão, São Luís, 2014. Anemia Infecciosa Equina e Mormo são as enfermidades mais importantes sob o ponto de vista sanitário e econômico para a equideocultura, de acordo com o Programa Nacional de Sanidade dos Equinos (PNSE), por não possuírem tratamento e vacinas eficazes. Para controlar essas enfermidades, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) instituiu medidas sanitárias obrigatórias em todo território nacional que incluem o diagnóstico oficial pelo teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA) para AIE e Fixação de Complemento (FC) para Mormo, e o sacrifício dos animais soropositivos. Para verificar e avaliar a ocorrência de reações inespecíficas pelas técnicas de IDGA e FC utilizou-se 78 equinos soronegativos para AIE e Mormo, divididos em grupos e inoculados com diferentes vacinas. Após uma semana, os animais foram submetidos a cinco controles sorológicos, intercalados em sete dias. Os resultados indicaram que o uso de vacinas em equinos em período que antecede a realização de exames laboratoriais para diagnóstico de AIE e Mormo, não induz a soroconversão, uma vez que todos os animais confirmaram resultados negativos. Entretanto, 11,11% dos equinos vacinados contra influenza, encefalomielite, rinopneumonite equina e tétano, e 15,38% daqueles vacinados contra leptospirose apresentaram reações negativas inespecíficas ao IDGA. Através deste estudo, a verificação de reações negativas inespecíficas ao IDGA para diagnóstico de AIE demonstra um tipo de resultado não abordado pela Portaria nº 84/1992 – SDA/MAPA, e que, portanto, serve para fundamentar alterações na legislação vigente sobre o diagnóstico dessa enfermidade.

equinos, AIE, Mormo, IDGA, Fixação de Complemento (FC).
ALENCAR, C. N. Unspecific reactions in immunoassay technical for diagnosis of EIA and Glanders. 2014. 65p. Dissertation (Professional Master’s in Animal Health Protection) – State University of Maranhão, São Luís, 2014. Equine Infectious Anaemia and Glanders are the most important illnesses under the sanitary and economic point of view for herds of equines, according to the National Program of Sanity Equine (PNSE) since do not own treatment and effective vaccines. To control these illnesses, the Ministry of Agriculture, Husbandry and Supply instituted compulsories sanitary measures in every national territory that include the official diagnosis by agar gel immunodiffusion test (AGIDT) for EIA and Complement Fixation (CF) for Glanders, and the sacrifice of the animals that are positive. To verify and to evaluate the occurrence of unspecific reactions by AGIDT and CF, it used 78 negative equine for EIA and Glanders, divided in groups and inoculated with different vaccines. After a week, the animals were submitted to five serology controls, repeated every seven days. The results indicated that the use of vaccines in horses before the official exams does not induce the seroconversion, since all the animals confirmed negative results. However, 11.11% of the horses vaccinated against influenza, encephalomyelites, equine rhinopneumonitis and tetanus, and 15.38% of those vaccinated against leptospirosis presented nonspecific negative reactions to AGIDT. Through of this study, the verification of nonspecific negative reactions in AGIDT for EIA's diagnosis it demonstrates a kind of result not boarded by the Portaria nº 84/1992 – SDA/MAPA, and, therefore, it will be able to base alterations in the valid legislation about diagnosis of this illness.
Equine, EIA, Glanders, AGIDT, Complement Fixation.
01
64
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

DEFESA SANITÁRIA ANIMAL
EDUCAÇÃO E DEFESA SANITÁRIA ANIMAL - MEST
REAÇÕES INESPECÍFICAS EM TÉCNICAS IMUNOLÓGICAS PARA DIAGNÓSTICO DE ANEMIA INFECCIOSA EQUINA E MORMO

Banca Examinadora

DANIEL PRASERES CHAVES
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
CLAUDIO LUIS NINA GOMES Participante Externo
LUCIA MARIA COELHO ALVES Docente - PERMANENTE

Vínculo

Servidor Público
Empresa Pública ou Estatal
Outros
Sim

Produções Intelectuais Associadas

Não existem produções associadas ao trabalho de conclusão.