Dados do Projeto de Pesquisa

ESTUDOS DE FRONTEIRA (14001012156P0)
A CIDADE COMO QUESTÃO NO PROCESSO DE FRONTEIRIZAÇÃO NA AMAZÔNIA SETENTRIONAL: NOTAS COMPARADAS AMAPÁ-RORAIMA
01/09/2017
PESQUISA
EM ANDAMENTO
Os estudos e reflexões sobre as cidades costumam privilegiar experiências urbanas em grandes metrópoles, desvinculando-as de seus contextos sociais e históricos. Contudo cumpre ressalvar que há especificidades em vivências urbanas merecedoras de uma maior atenção, em especial quando elas se desenrolam na Amazônia, região do Brasil que não costuma ser pensada da perspectiva urbana. Na porção setentrional da Amazônia se situam os estados de Roraima e Amapá, antigos territórios federais transformados em estados na Constituição de 1988. Nesses estados se encontram limites internacionais e, portanto, parte de seus territórios estão dentro da faixa de fronteira brasileira. As cidades que se localizam em áreas de fronteira são afetadas pelos efeitos de suas funções e por isso se pretende ampliar a produção de conhecimento nos estudos que conjugam cidades e fronteiras, os quais possam contribuir para a construção de novos aportes teórico-metodológicos na história, sociologia, antropologia.

Histórico de Linhas de Pesquisa

Linha de Pesquisa Área de Concentração Data de Início
CULTURA, SOCIEDADE E FRONTEIRA Fronteira e Sociedade 01/09/2017

Equipe

Nome Categoria Início do Vínculo Fim do Vínculo
CARMENTILLA DAS CHAGAS MARTINS (Responsável pelo Projeto) Docente - PERMANENTE 01/09/2017 -

Financiadores